15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

O Scallywag lidera, enquanto o Brunel arrisca

 

O Brunel saiu do modo furtivo durante a noite, apareceu a leste e é o barco mais distante da frota e, no relatório das 13:00 GMT, a equipa do Bouwe Bekking está em segundo lugar, medindo a distância até ao final, apesar de ser o barco mais a norte da frota.

 

"Ontem, era óbvio que estávamos com menos pressão que a que os três principais barcos tinham", explicou o skipper Bouwe Bekking. "Podiamos ter continuado atrás deles, mas então sabíamos íamos continuar perdendo.

 

"Os modelos que tínhamos diziam para navegar num rumo direto em direção ao norte da Nova Zelândia. Foi por isso que entramos em Stealth Mode ... Felizmente para nós, os outros continuaram para o oeste, com isto não perdemos nenhuma distância para eles. Por isso foi acertado entrar em Stealth. "

 

Agora é claro que o Brunel está numa rota direta para a Nova Zelândia. Eles vão navegar muito menos milhas do que o grupo líder, que estão comprometidos com o oeste, esperando encontrar mais vento para compensar a distância adicional navegada.

 

"O principal objetivo para nós é chegar ao sul", disse a navegadora do Scallywag, Libby Greenhalgh. "A previsão ainda é incerta, mas definitivamente há pressão para sul, e quanto mais podermos apanhar essa pressão, mais rápido chegamos à Nova Zelândia, antes que as previsões mudem e fiquem pouco claras.

 

“Esta é uma dessas situações em que há que escolher um lado, e tentar ganhar por esse lado. Para nós, se pudermos apanhar o AkzoNobel e passá-lo era o ideal, no pior cenário ficamos em quarto, e no melhor ganhamos a etapa”

 

Para trás e tomando uma opção pelo meio no eixo Oriente / Ocidente estão o Dongfeng e o MAPFRE, os dois líderes da classificação geral, agora em território desconhecido na parte de trás da frota.

 

Mas nem toda esperança está perdida, eles continuam a recuperar em termos de distância para o líder, que agora está a cerca de 37 milhas.

 

"A previsão do tempo continua a mudar muito nos ficaeiros que recebemos durante o dia", disse o skipper do MAPFRE, Xabi Fernández. "Nós temos quase 1000 milhas náuticas até ao final, por isso vamos manter a nossa esperança até ao fim.

 

"A equipa está a descansar o máximo possível e a preparar-se para qualquer oportunidade que possa vir no final da etapa. A nossa competição particular com o Dongfeng continua a ser cansativa, e todos sabemos que será assim o caminho todo até Auckland. Vamos ver como termina. Espero que o Brunel também venha a participar nesta batalha. "

 

Greenhalgh do Scallywag concorda que poderia ser um final fantástico: "Este vai ser outro final épico, com as equipas excepcionalmente perto e possivelmente com as ondas a varrer o convés. Será incrível de ver, enquanto vamos acreditar que chegamos com luz do dia”.

 

6ª etapa - Classificação geral - Sábado, 24 de fevereiro (dia 17) - 13:00 UTC

1- Scallywag - 883,30 milhas até ao final

2- Brunel - +5,47 minhas

3 - AkzoNobel - +6,42 milhas

4 - Turn the Tide on Plastic - +9,95 milhas

5 - MAPFRE - +31,79

6 - Dongfeng - +37,69

Vestas 11th Hour Racing - Não participa nesta etapa

 

 

Periodicidade Diária

sábado, 15 de maio de 2021 – 21:51:56

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...