15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Volvo Ocean Race - Luta cerrada, com o Vestas 11th Hour Racing a liderar a frota na saída de Melbourne

 

O MAPFRE, líder da Volvo Ocean Race, estava na frente da frota quando cruzaram a linha de partida em direcção a Port Phillip Bay, imediatamente após o início da 4ª etapa com final em Hong Kong.

 

Mas estavam todos muito próximos, e quatro horas após o início, quando a frota enfrentou o pesado estado do mar para passar a estreita entrada da baía de Melbourne, foi o Vestas 11th Hour Racing a passar em primeiro, com o barco espanhol logo atrás e o Brunel em terceiro. 

 

A 4ª etapa são 6.000 milhas náuticas, começam por subir a costa leste da Austrália, passam no Mar do Coral e depois seguem para norte até Hong Kong, sendo esta a primeira vez que a Volvo Ocean Race visita a histórica cidade. 

 

Pouco depois do início da etapa, o vento aumentou de 10 para cerca de 20 nós, com o MAPFRE a liderar, seguido do Vestas 11th Hour, Team Brunel, Turn the Tide on Plastic e Dongfeng Race Team todos a rumar para o lado direito da baía de Melbourne 

Enquanto isso, as equipas AkzoNobel e SHK / Scallywag separam-se dos outros e foram para a esquerda. As primeiras indicações mostraram uma ligeira vantagem para o MAPFRE, com o skipper Xabi Fernández inicialmente numa posição favorável depois de mudar de rumo e seguir para a bóia perto de Mornington.

 

Mas o Scallywag, talvez a beneficiar do conhecimento local do skipper australiano David Witt e do novo membro da equipa, Grant Wharington, juntamente com o Vestas 11th Hour Racing, juntaram-se à batalha pela liderança.

 

Os Scallywags passaram novamente para trás na rondagem da bóia, deixando o Vestas 11 Hour Racing, MAPFRE e Team Brunel numa luta taco-a-taco na frente. O Dongfeng, recuperou bem depois de completar uma penalização na linha de partida, está em quarto lugar. 

 

Para o Vestas 11th Hour Racing, é o começo ideal com skipper Mark Towill, a assumir este papel na 4ª etapa substituindo Charlie Enright, que foi para casa devido a uma emergência médica familiar. Para Towill e a equipa, vencedores da 1ª etapa, esta é uma excelente oportunidade para pressionar o líder da competição o MAPFRE. 

 

"Esta perna é muito difícil e haverá muitas opções em aberto", disse Xabi Fernández antes de partir.

 

"Vamos puxar o máximo pelo barco desde o início, para avançar ... O barco e a equipa estão em boa forma, tivemos um bom descanso e estamos prontos para regressar à competição". 

 

A frota enfrentou condições difíceis na saída da Baía, com um forte vento sul que se opõe à maré, o que criou dificuldades.

 

Mas após entrarem no Estreito de Bass, as equipas vão virar à esquerda e rumar a leste, na primeira noite no mar vão andar muito rápido.

 

A ETA para Hong Kong ficará mais certa depois de os barcos passarem o equador, mas a data prevista é 20/21 de janeiro. 

 

4ª etapa - Classificação geral - Terça 2 de janeiro (Dia 1) - 07:20 UTC

 

Vestas 11th Hour Racing - distância até ao final - 5.532,6 milhas náuticas

MAPFRE +0,3 milhas náuticas

Brunel +0,7

Dongfeng Race Team +0,9

Turn the Tide on Plastic +1.4

Sun Hung Kai / Scallywag +2,6

AkzoNobel +3,9

 

 

Periodicidade Diária

sábado, 15 de maio de 2021 – 20:57:46

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...