15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Volvo Ocean Race - O MAPFRE espera passar o Natal em Melbourne

 

Quando faltam um pouco mais de 400 milhas para chegar a Melbourne, o MAPFRE está prestes a marcar pontos a dobrar, uma vez que nesta 3ª etapa os pontos valem por dois.

 

Mas antes de poderem aumentar sua vantagem na classificação geral, a equipa espanhola tem que ultrapassar um sistema de altas pressões que surge a oeste, com ela vêm ventos mais fracos, para não mencionar as correntes complicadas e os portões de marés entre eles e a linha de chegada. 

 

Mas com uma diferença de quase 100 milhas náuticas, eles estão numa posição muito favorável.

 

"Olhando dessa maneira, foi uma etapa difícil e até ontem foi tão apertado com o Dongfeng que temos que continuar a dar tudo por tudo", disse o skipper Xabi Fernández hoje. "Agora é verdade, nós aumentamos muito a vantagem, e, se não tivermos nenhum problema, devemos acabar muito bem".

 

A chave para estar hoje nesta posição, explicou Fernández, veio da estratégia no início da etapa, quando resistiram à tentação de fazer algo “louco", e em vez disso ficaram próximos, mantendo a pressão atrás do Dongfeng, enquanto estes lideravam.

 

"Era tão importante mantê-los sempre sobre pressão. E às vezes a melhor maneira de fazer isso é seguir o líder. Nós lutamos muito para mantê-los sempre próximo, e é claro que em cada novo sistema há uma oportunidade para quem vai atrás, e foi o que fizemos . Foi difícil enquanto os perseguíamos - eles são difíceis de apanhar - mas, a sensação quando os passamos foi inacreditável ". 

 

Atrás do par líder, há uma enorme luta pela posição final no pódio, entre o Vestas 11th Hour Racing e o Brunel. A determinada altura, ontem à noite, o Brunel passou-os por uma pequena diferença, mas o Vestas conseguiu recuperar a liderança, nessa altura o skipper Charlie Enright e o navegador Simon Fisher (SiFi) optaram pelo Stealth Mode. 

 

"Usamos o Stealth Mode quando podemos fazer alguma coisa a nível tático", explicou SiFi. “O Brunel perseguiu-nos estes últimos dias ... e pressionou-nos. Rumar a norte e o momento de o fazer é muito importante, então pensamos que entrar em Stealth Mode os manteria na dúvida sobre onde estamos. Existem algumas opções táticas em relação a quão longe queremos ir na direção oeste, e queremos que eles não saibam quando viramos para Melbourne, e se eles não souberem onde estamos, eles vão ser forçados a escolher o seu próprio rumo ".

 

O Brunel fez isso - e está avançando a toda a velocidade, com o vento mais forte, entre toda a frota, segundo a última informação de classificações. A questão é se o Vestas 11th Hour Racing está a ter as mesmas condições, mas isto, só será revelado quando reaparecerem às 1900 UTC desta noite. 

 

Para os três de trás, é uma questão de ir o suficiente para leste, e assim evitar os ventos fracos do sistema de altas pressões antes de virar para Melbourne. Esse rumo será muito bem vindo pelas tripulações, uma vez que cada milha mais a norte traz temperaturas mais altas do vento e da água.

 

L ETA para o MAPFRE é no início da tarde de domingo UTC. 

 

3ª etapa - Classificação geral - Sábado 23 de dezembro (Dia 14) - 13:00 UTC

 

1 - MAPFRE - distância até ao final - 429,9 milhas náuticas

2 - Dongfeng Race Team +94,7 milhas náuticas

3 - Vestas 11th Hour Racing --- Stealth Mode

4 - Brunel +155.3

5 - Sun Hung Kai / Scallywag +408.3

6 - Turn the Tide on Plastic +440.9

7 - AkzoNobel +822.4

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 5 de maio de 2021 – 23:00:33

Pesquisar

Como comprar fotos

Reportagens fotográficas em preparação

- CNV Estoril I - 2021

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...