15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Volvo Ocean Race - Luta cerrada no Índico

 

Os lideres da 3ª etapa, o Dongfeng Race Team e o MAPFRE estão lado-a-lado, enquanto os Mares do Sul continuam a testar a frota da Volvo Ocean Race.

 

Depois de oito dias no mar repletos de emoção, menos de três milhas separam os líderes, Dongfeng, e os arqui-rivais MAPFRE na sua perseguição, as duas equipas estão a 2.700 milhas da linha de chegada em Melbourne, Austrália.

 

A luta na frente é tão apertada, que o MAPFRE teve que folgar as velas para evitar uma colisão com o Dongfeng, num dos muitos cruzamentos entre ambos nas últimas 12 horas. 

 

É uma luta fabulosa, dada a sua posição a milhares de quilómetros de qualquer lugar. Na verdade, nas últimas 24 horas, a frota navegou a algumas centenas de quilómetros a norte das ilhas Kerguelen, um dos lugares mais isolados do planeta.

 

O MAPFRE durante a noite perdeu quase 20 milhas para o Dongfeng, mas quando o sol nasceu, a equipa espanhola de Xabi Fernández estava de volta ao contacto com Charles Caudrelier.

 

"Não faz muito tempo que tivemos uma situação de bombordo-estibordo com o MAPFRE, e aconteceu algo fabuloso", relatou Carolijn Brouwer, do Dongfeng. "Os tripulantes do MAPFRE tiveram que folgar a genoa para evitar bater-nos. Nós estivemos a lutar taco-a-taco durante toda a noite, com provavelmente uma hora no máximo entre cada cambadela. Tem sido bastante cansativo.

 

"Para nós é um pouco frustrante que eles estejam tão perto, porque afastamo-nos deles, mas eles durante a noite navegaram melhor e fomos apanhados. É incrível, estar aqui no meio do nada com os seus opositores ao seu lado. É um pouco surreal, mas faz-nos puxar ainda mais pelos barcos. 

 

Os tripulantes do MAPFRE, entretanto, foram impulsionados pela capacidade de recuperar e empurrar o Dongfeng. O navegador Juan Vila revelou que, por enquanto, estão felizes em manter contato e aguardam o momento oportuno para atacar.

“Eu, tenho o Dongfeng no AIS permanentemente", disse Vila. "Nós recuperamos muitas vezes, mas é para frente e para trás. Há muitas oportunidades para fazer algo diferente. Espero que encontremos a opção certa e isso funcione".

 

O Brunel, quarto classificado, recebeu um golpe cruel com um tripulante chave, Annie Lush, sofreu uma lesão nas costas. 

 

Lush e o companheiro de equipa, Peter Burling, estavam a trabalhar no pedestal da popa, e quando o Team Brunel estava muito perto do limite da Zona de Exclusão de Gelo da Antártida, veio uma grande onda que os varreu para a parte de trás do barco. 

 

Burling não ficou ferido, mas Lush ficou com muitas dores e dificuldade em mexer a perna direita. 

 

A tripulação respondeu imediatamente, levou-a para baixo e ficou no seu beliche, onde permanece desde então.

 

A velejadora britânica, de 37 anos, foi prescrita com analgésicos e muito descansado pelo médico da regata, o Dr. Spike Briggs. Enquanto ela se recupera, o resto da equipa vai ter que a substituir, tornando a sua tarefa ainda mais difícil.

 

"Mesmo que tivéssemos passado a Ice Gate, não importava - teríamos uma penalidade, mas a segurança vem primeiro", disse Bekking. "Annie ficará no seu beliche mais 24 horas e espero que ela fique bem. Ela é um osso duro! " 

 

Apenas 220 milhas atrás dos líderes, o Akzonobel está a trabalhar duro para voltar à luta, depois que uma pate da calha do mastro se ter partido na semana passada , e os ter relegado para a parte de trás da frota. 

 

Agora a toda a velocidade, o navegador Jules Salter passou o seu dia de aniversário (49 anos) a fazer previsões meteorológicas de longo prazo, e aproveitam uma frente vinda de leste.

 

"O que obtiver-mos agora deste sistema, poderá pagar mais tarde", disse ele. "Com uma distância ainda tão longa para percorrer até Melbourne, o fato de olhar para modelos com apenas uma semana de previsão, é como olhar para uma bola de cristal, temos que esperar que algo mude". 

 

3ª etapa - Classificação geral - Segunda-feira 18 de dezembro (Dia 9) - 13:00 UTC

 

1- Donfeng Race Team - distância até ao final da etapa - 2.683,3 milhas náuticas

2 - MAPFRE +2,7 milhas náuticas

3 - Vestas 11th Hour Racing +55.8

4 - Brunel +65,4

5 - Sun Hung Kai / Scallywag +85.0

6 - Turn the Tide on Plastic +144.3

7 - AkzoNobel +280.7

 

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 9 de maio de 2021 – 08:49:59

Pesquisar

Como comprar fotos

Reportagens fotográficas em preparação

- Cascais 49er & 49er Fx Chamnpionship Act I

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...