18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Museu Municipal de Santarém

Localidade: Concelho: Distrito:
Santarém Santarém Santarém

 

Antecipando o seu momento fundacional à maioria dos seus congéneres, o Museu Municipal de Santarém tem procurado abraçar o futuro adotando as mais modernas práticas da museologia e do marketing cultural. Tendo sempre como objetivo último a prestação de serviços públicos de qualidade, a lógica do processo museal tem apostado no estudo e divulgação do variado espólio, onde pontificam objetos de beleza e raridade assinaláveis, tornando única e particularmente enriquecedora a experiência do visitante.

 

Criado por alvará de 16 de Fevereiro de 1876, por iniciativa do Governador Civil, esta instituição tinha por finalidade ser simultaneamente um museu arqueológico e um núcleo de exposições permanentes dos produtos das indústrias do Distrito. Foi escolhida a igreja de S. João do Alporão como sede do museu.

 

As suas primeiras coleções, essencialmente ligadas à natureza do Museu, foram constituídas a partir de 1870-1876. Personalidades como Laurentino Veríssimo e Zeferino Sarmento trouxeram para o velho museu de S. João de Alporão, algumas ideias de musealização do espaço, segundo modelos dinâmicos, já numa perspetiva nucleada. Com a morte de Zeferino Sarmento, o Museu de S. João de Alporão transforma-se numa instituição com fim anunciado, face ao epíteto como passou a ser conhecido – “museu dos cacos”.

 

Após essa longa hibernação, em 1992 o município de Santarém determina o fecho do velho Museu, iniciando uma reestruturação e remodelação, que passou pela inventariação e classificação do espólio de S. João do Alporão, pela classificação do património móvel e sua exposição em eventos temáticos, pela adaptação do espaço interior a fins museológicos, pela constituição de uma Reserva Museológica Municipal e, finalmente, pela inauguração dos núcleos museológicos: o Núcleo Museológico de Arte e Arqueologia (S. João de Alporão), o Núcleo Museológico do Tempo (Torre das Cabaças), a Casa Museu Anselmo Braamcamp Freire e o ‘Urbi Scallabis – Centro de Interpretação’

 

Núcleos 

 

Núcleo Museológico de Arte e Arqueologia (Igreja de S. João de Alporão)

 

Núcleo Museológico do Tempo (Torre das Cabaças)  

 

Casa-Museu Pinacoteca Bramcamp Freire

 

Urbi Scalabis – Centro de Interpretação (Jardim das Portas do Sol)

 

Conteúdos da responsabilidade do museu e editados pela DGPC

 

Outras Informações: http://www.museu-santarem.org/‎

Periodicidade Diária

sexta-feira, 1 de março de 2024 – 04:47:24

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...