15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Tudo em jogo na aproximação final

 

As equipas da Volvo Ocean Race, estão-se a preparar para mudar de rumo e apontar para o final da 8ª etapa em Newport, EUA.

 

O Brunel continua na frente, embora a equipa do Bouwe Bekking tenha uma vantagem inferior a 14 milhas sobre o segundo classificado, o Dongfeng Race Team.

 

Além disso, os cinco primeiros barcos estão apenas separados por 36 milhas, após 14 dias no mar e com pouco mais de 800 milhas para o final.

 

As posições são tão próximas, quando a frota passa pela Bermuda, que seria uma lotaria dizer qual será a equipa que chegará em primeiro a Newport.

 

As últimas previsões apontam para as seis primeiras equipas cheguem com um intervalo de seis horas entre elas. entre a meia-noite e as 06:00 UTC na terça-feira (das 20:00 ás 02:00 na segunda-feira à noite em Newport).

 

As velocidades diminuíram para metade, quando a frota sente o efeito da alta pressão das Bermudas, um anticiclone de 800 milhas de largura sitiado a leste.

 

Enquanto as tripulações contornam os limites oeste, eles vão convergir e conseguir apontar os seus barcos em direção a Newport, com um sprint até ao final. 

 

“A sangria em relação ao Dongfeng parou", escreveu Bekking. “O mais perto que estiveram foi da 2,6 milhas, nós conseguimos ler o que estava escrito nas suas velas.”

 

O nosso era plano de não cruzar com os ângulos deles. Eles navegaram mais alto e mais rápido, além de terem melhor vento. Todas as previsões que tínhamos diziam   que estar a oeste seria melhor a longo prazo.

 

“Assim desta forma mantivemos a regra básica de vela, número um, ficar entre a linha de chegada e o seu adversário. Lenta mas seguramente, começou a pagar e nós começamos a andar e eles estão agora a pouco mais de oito milhas, contra o vento atrás de nós. 

 

“Tenho certeza de que eles devem estar muito zangados, já que 24 horas atrás eles estavam mais a oeste do que nós. Nós fizemos na noite passada duas manobras para cima deles, só para mantê-los sob pressão s e não para deixá-los fora do gancho.”

 

Apesar de estar efetivamente na mesma latitude do Team Brunel, o Vestas 11 Hour Racing está mais a leste, mais perto da alta - e isto pode ter implicações nas horas e dias que aí vêem.

 

"Por um breve momento, pareceu que conseguimos chegar ao topo da classificação, e na verdade num determinado momento estivemos muito perto", disse o navegador Simon Fisher, do Vestas 11th Hour Racing. 

 

“No entanto, a realidade é que, embora nos tenhamos aproximado do Brunel e do Dongfeng em termos de distância para o final, eles estão atualmente mais seguros do lado de fora do que nós, quando nos aproximamos da alta das Bermudas.” 

 

"Porém, se pudermos andar com eles nas próximas 18 a 24 horas, tudo pode em aberto, mais uma vez". 

 

Uma vez na estrada para Newport, a frota terá que enfrentar uma frente fria com ventos de mais de 35 nós, antes de enfrentar uma transição difícil para a brisa de nordeste.

 

Isso significa que o pódio da 8ª etapa pode ser decidido nas últimas 24 horas - e cada movimento até essa altura pode ter as suas consequências.

 

"A verdade é que nas próximas 36 horas ainda há muito para ver", disse Xabi Fernández, skipper do MAPFRE, quinto classificado. "Temos uma baixa pressão a vir com muito vento de popa, aí precisaremos de empurrar o barco com tudo o que temos, e depois temos que cruzar uma frente para chegar aos ventos de NE, o que será um desafio e muito frio, tenho certeza." 

 

Com o quarto classificado, Turn the Tide on Plastic, a cerca de 14 milhas a oeste do MAPFRE, Fernandez disse que a sua tripulação tem como objetivo repetir o que aconteceu no final da 6ª etapa em Auckland, quando eles passaram os seus adversários nas últimas milhas.

 

“Ainda nos lembramos quanto tivemos que trabalhar para batê-los em Auckland e tenho certeza que desta vez será ainda mais difícil, mas esse é o nosso objetivo”, acrescentou Fernández. 

 

O tracker permanece ao vivo, para o que parece ser um final emocionante da 8ª etapa. Não deixe de acompanhar os últimos dias, ao vivo.

 

8ª etapa - Classificação às 16:00 UTC

 

1. Brunel (Bouwe Bekking) 536,31 milhas para o final.

2. Dongfeng (Charles Caudrelier) + 8.11 milhas

3. Vestas 11th Hour Racing (Charlie Enright) + 27,53 milhas

4. Turn the Tide on Plastic (Dee Caffari) + 33,81 milhas

5. MAPFRE (Xabi Fernandez) + 38,81 milhas

6. AkzoNobel (Simeon Tienpont) + 61,67 milhas

7. Sun Hung Kai/Scallywag (David Witt) + 133,52 milhas

 

 

Periodicidade Diária

sábado, 19 de junho de 2021 – 22:02:49

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...