18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Portugal conquista três medalhas em individuais de boccia nos Campeonatos Paralímpicos Europeus

 
Portugal com três medalhas individuais de boccia nos Campeonatos Paralímpicos Europeus
 
Portugal conquistou este sábado, 12 de agosto, uma medalha de ouro, uma de prata e uma de bronze nas disciplinas individuais de boccia nos Campeonatos Paralímpicos Europeus que estão a decorrer em Roterdão, nos Países Baixos.
Carla Oliveira conquistou a medalha de ouro ao vencer Alexandra Szabo, da Hungria, por 7-4 na final de individuais BC4, assegurando desta forma o título de campeã da Europa.
 
"É uma felicidade imensa, um orgulho muito grande chegar ao topo especialmente depois de ter sido mãe. Este resultado permite-me subir no ranking mundial e ter uma boa perspetiva em relação ao próximo ano. Vamos continuar a treinar muito para conseguir chegar a Paris'2024", afirmou Carla Oliveira.
A medalha de prata portuguesa foi para Ana Correia em individuais BC2. A atleta não conseguiu superar a neerlandesa Chantal Van Engelen na final e com o resultado de 8-1 terminou o concurso no segundo lugar.
 
“A minha estreia em termos gerais foi muito positiva. Chegar à final é o objetivo de todos os atletas que aqui estão e desse ponto foi muito gratificante, apesar da medalha de prata ser um dissabor por ter estado tão próxima do lugar mais alto do pódio. É também uma grande motivação para fazer ainda melhor nas próximas competições”, referiu Ana Correia.
A medalha de bronze do dia com selo português foi para André Ramos que com uma última bola espetacular venceu o grego Panagiotis Soulanis por 4-3 e assegurou o terceiro lugar do pódio.
 
“O meu objetivo era chegar à final mas não foi possível. Ainda assim consegui ir ao pódio e isso é um ponto favorável, já a pensar em Paris’2024. O jogo de boccia só acaba no fim, tive que fazer uma boa gestão de bolas para conseguir virar o jogo e assegurar a medalha de bronze”, confessou André Ramos.
 
Nos outros dois jogos de disputa pela medalha de bronze, Cristina Gonçalves foi derrotada pela britânica Claire Taggart por 7-1 e David Araújo cedeu frente ao francês Francis Rombouts por 6-0, terminando ambos a vertente individual BC2 em quarto lugar em femininos e masculinos, respetivamente.
 
Portugal conta já com cinco medalhas nestes Campeonatos Paralímpicos Europeus. Miguel Vieira em -60kg J1 de judo e Carla Oliveira em individuais BC4 de boccia conquistaram o ouro. Ana Correia assegurou a prata em individuais BC2 de boccia. Djibrilo Iafa em -73kg J1 de judo e André Ramos em individuais BC1 de boccia ficaram com o bronze.
 
O dia de amanhã, 13 de agosto, será dedicado às fases finais das vertentes coletivas de boccia.
 
O par BC4 composto por Carla Oliveira e Nuno Guerreiro abre o dia às 08h30 na meia-final contra a Ucrânia e uma hora mais tarde é a vez da equipa BC1/BC2 constituída por André Ramos, Cristina Gonçalves e David Araújo defrontar os Países Baixos também na meia-final. Às 11h10 Ana Sofia Costa e José Gonçalves discutem o acesso à final com a República Checa.
 
Dependendo dos resultados alcançados, os três conjuntos coletivos disputam o jogo da final ou da atribuição do terceiro/quarto lugares no mesmo dia, 13 de agosto, no período da tarde.
 
Portugal está representado nos Campeonatos Paralímpicos Europeus por 26 atletas de seis modalidades – atletismo, badminton, boccia, ciclismo, judo e ténis em cadeira de rodas - que competem nos respetivos Campeonatos Europeus que decorrem em simultâneo de 8 a 20 de agosto na cidade neerlandesa de Roterdão.
 
Os Campeonatos Paralímpicos Europeus envolvem um total de 10 modalidades com a participação de 1500 atletas de 45 países, já com os Jogos Paralímpicos Paris’2024 em perspetiva.
 

Periodicidade Diária

domingo, 25 de fevereiro de 2024 – 08:54:16

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...