18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

João Curva impõe-se no pelotão das TLC e Naked Bikes

 
Curva foi quem melhor lidou com a corrida encurtada e a Pista Molhada no arranque do CNV Estoril 4.
 
A grelha do Troféu TLC e das Naked Bikes foi a primeira a deparar-se com o rograma encurtado no arranque desta quarta visita do Campeonato Nacional de Velocidade ao Circuito Estoril, não devido ao tempo, mas a um significativo derrame de óleo na reta da meta durante os Treinos Cronometrados da Copa Dunlop Motoval. Um contratempo que ditou prolongada limpeza de toda a pista e obrigou à redução de todas as provas do Nacional deste sábado para a distância mínima de dois terços.
 
Em contrapartida, o mau tempo matinal, com forte chuva e momentos de nevoeiro intenso, acabou por dar lugar apenas a céu nublado, se bem que a corrida de seis voltas do Troféu TLC e Naked Bikes fez-se ainda com Pista Molhada. Algo que em nada afetou a prestação de João Curva.
 
O piloto da Yamaha R1 foi quem melhor se deu com as condições da pista neste primeiro dia de ação da jornada do Motor Clube do Estoril. Vindo de nono da grelha de partida, Curva não tardou a ganhar terreno e ao cabo de três passagens pela linha de meta era já terceiro. Um ritmo forte que manteve para ascender a segundo na volta seguinte e reclamar para a si a liderança da corrida a duas voltas do final e não mais a perder até à bandeira de xadrez, resultado que se traduziu também em mais um triunfo para o piloto na categoria Open.
 
Enquanto isso Pavel Bogdanov, o líder incontestado das Naked, viu-se relegado para a segunda posição, a mesma em que largou para a corrida. Contudo, Bogdanov não teve prova fácil, já que chegou a fazer as três primeiras voltas em quinto para só então ecentar a recuperação. Um feito que só concluiu na derradeira passagem pela meta. Ainda assim, o resultado foi o bastante para assegurar mais um triunfo entre as Naked Bikes, bem como na Tuno Cup, o 12º da época e o décimo consecutivo.
 
O terceiro a ver a bandeira de xadrez foi Anselmo Vilardebo. Tal como Bogdanov, aos comandos de uma Aprilia Tuono 1100V 4R, Vilardebo, que partiu da pole position, chegou a estar perto do triunfo na categoria, isto depois de ter mesmo chegado a liderar todo o pelotão na terceira e quarta voltas, mas ao cair do pano acabou por ver-se batido pelo número 7.
 
Entre as BMW, vitória de Duarte Amaral, enquanto na Open R o triunfo ficou a cargo de Bernardo Villar. Já nas SBK, sem oposição, vitória para André Capitão, com Alexandre Laranjeira a levar a melhor nas SS R. Na Z Cup, glória para Frederic Bottoglieri.
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 25 de junho de 2024 – 22:16:05

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...