18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Copa Dunlop Motoval - Líderes das classificações das duas classes perdem terreno

 
O primeiro dia de ação da Copa Dunlop Montaval viu João Rego e Ricardo Rodrigues recuperarem terreno na classificação face aos líderes das Classe 2 e 1, respetivamente.
 
A Copa Dunlop Motoval foi a segunda competição a ir para a pista do Circuito Estoril este sábado. 
 
Precisamente a categoria que acabou por ditar a alteração de última hora ao programa competitivo deste primeiro dia do CNV Estoril 4 organizado pelo Motor Clube do Estoril.
 
Um derrame de óleo da ZX10 de Carlos Oliveira já na fase final dos Treinos Cronometrados afetou toda a reta da meta, o que obrigou a cuidada e morosa limpeza da pista e acabou mesmo por ditar a redução de todas as corridas do Campeonato Nacional à distância mínima de dois terços do inicialmente previsto. Ainda assim, e contrariando as previsões climatéricas desde o início da semana, a corrida acabou por ser disputada já em condições de Pista Seca, com o céu encoberto, mas com mais claridade que a verificada ao início da tarde.
 
Condições de se revelaram perfeitas para João Rego. O homem da R1, que já tinha assinado a pole position, não fez por menos e entrou ao ataque para liderar cada uma das seis voltas da corrida para vencer com uns claros 8,194 segundos de margem. Um resultado importante para Rego que desta forma começou o fim-de-semana a ganhar terreno para o líder da classificação da Classe 2, Rui Palma.
 
O homem da S1000 RR largou da segunda posição da grelha, mas os mais de um segundo perdidos para Rego nos Cronometrados já deixavam antever prova difícil. O que ele não esperava era ver-se batido por um impressionante Filipe Brites.
 
Apenas 11º nos Cronometrados, depois de perder mais de dez segundos para a frente, o homem da R1 apresentou-se fortíssimo para a corrida, disparando de imediato para a terceira posição ainda na primeira volta. Brites manteve a posição até à quarta volta, mas sempre a ganhar terreno a Palma para acabar por consumar a ultrapassagem e a subida ao intermédio do pódio a duas voltas do fim, posição que não mais perdeu.
 
Já na Classe 1, vitória incontestável para Ricardo Rodrigues que, aos comandos da R6, precisou de pouco mais de uma volta para assumir a liderança e relegar Bernardo Aguiar para a segunda posição e Sérgio Fajardo para terceiro, isto depois deste último ter sido o primeiro líder da Classe. Quem não teve bom início de fim-de-semana foi Miguel Romão. O líder da classificação da Classe não logrou melhor que o quinto posto, perdendo, para já, algum terreno para Rodrigues.
 
Para esquecer, para já, está a ser a jornada de Carlos Oliveira que, depois do contratempo nos Cronometrados, acabou por não ir além de duas voltas na corrida.
 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 – 10:51:21

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...