15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

José Pedro Faria regressa às pistas com vitória categórica em Espanha

José Pedro Faria esteve ausente das pistas cerca de quatro meses devido a uma delicada intervenção cirúrgica a um ouvido e regressou este fim de semana para disputar a terceira prova das Series Rotax em Espanha, na pista de Alcañiz, integrada no Circuito Internacional Motorland, próximo de Zaragoza. Com apenas um treino, o piloto de Amarante surpreendeu até os mais otimistas, pois deu um recital de condução, vencendo de forma categórica a Final 1 perante a 30 adversários!

Com um passado que fala por si, sendo que o mais recente remonta apenas há nove meses, altura em que se sagrou Campeão Nacional de Karting 2012 da categoria X30 – a classe rainha em Portugal –, José Pedro Faria optou esta temporada por disputar apenas as Series Rotax em Espanha. Contudo, o piloto português só pôde participar na primeira prova no início de março, em Zuera, dado que depois foi submetido a uma delicada intervenção cirúrgica a um ouvido, sendo obrigado a estar afastado do karting cerca de quatro meses, não podendo por isso disputar a segunda prova em Vendrell, na Catalunha.
 
Os ‘longos’ 120 dias, aproximadamente, foram algo penosos para o piloto de 17 anos, não só pela recuperação da cirurgia, mas também porque se viu privado de praticar o desporto que tanto gosta. Mas a recompensa chegou – e de que maneira – este fim de semana.
 
Apenas com a realização de apenas um treino em Portugal, José Pedro Faria partiu para Alcañiz na quinta-feira, para sexta e sábado se adaptar a uma pista na qual ainda não tinha corrido. O kart equipado com chassis FA não estava com o melhor ‘set-up’ – ficando os tempos aquém das expetativas –, mas depois viria a ser encontrado o ideal pelo mecânico Filipe Silva, que juntamente com o piloto amarantino integra a equipa espanhola Arakart.
 
No domingo, José Pedro Faria foi o quarto mais rápido nos treinos cronometrados entre 31 participantes e, na Final 1, depois de arrancar bem, à passagem da terceira volta passou para a liderança e não mais a largou até à bandeira xadrez, deixando o espanhol Carlos Gil a 2,043s na segunda posição… e surpreendendo até os mais otimistas, dado que após tanto tempo afastado das pistas e num traçado que desconhecia… deu um recital de condução.
 
Perspetivava-se mais uma vitória na Final 2, desta vez com o piloto português a largar da pole position, mas logo após na partida um toque de um adversário colocou-o fora de pista. José Pedro Faria regressou ao traçado e ainda recuperou da 25ª à 12ª posição, sendo depois 11º em virtude da desclassificação da espanhola Marta Ariza.
 
No somatório dos resultados das duas Finais, o piloto de Amarante terminou a prova espanhola no quarto lugar, mas o mais importante foi o regresso vitorioso de José Pedro Faria.
 
"Quando coloco o capacete ainda sinto um certo desconforto, mas depois passa. Confesso que não estava à espera de ter uma prestação tão positiva depois de tanto tempo parado. E se não tivesse sido colocado fora de pista na Final 2, este regresso poderia ter sido perfeito. Mas estou muito satisfeito com a prova que fiz e espero agora treinar mais, para estar melhor preparado para a Copa Mojo que se realiza nos dias 21 e 22 de setembro, precisamente no circuito de Alcañiz", referiu o Campeão Nacional em título da categoria X30

 

Periodicidade Diária

sábado, 24 de julho de 2021 – 11:15:39

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...