15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Eurohockey: Portugal garante subida histórica à divisão A

Hoje, é necessário dar a volta à cronologia: David Franco e William Rogerson marcaram na vitória sobre a Itália e garantiram para Portugal a subida à divisão A. Pela primeira vez na história. E, embora tivesse sido o segundo jogo do dia, teríamos de começar por ele. Por justiça para com o denodo com que a equipa fez das fraquezas forças, partiu de um paradigma de manutenção na Divisão B até aos quatro primeiros. Ou seja que, à partida para a segunda fase do campeonato, éramos pelo menos a 12.ª equipa da Europa e, antes do último jogo, que oporá a Escócia á Irlanda, somos a 8.ª, e por aí ficaremos porque não é crível que a Irlanda se deixe surpreender pela Escócia.



Épico é o adjectivo que sou obrigado a repetir. Não me ocorre outro melhor no calor que ainda envolve todas as pessoas que colaboraram na organização e comunicação deste evento. E o público que foi, de facto, o 12.º jogador, incentivando, saltando, gritando, renovando as forças dos Linces que, em campo, porfiavam pela vitória.



Regressando á cronologia, a Bielorrússia era a anunciada última classificada, e a Rússia não lhe deu quaisquer hipóteses num jogo que se escreveu nos golos – 10 – que a partida produziu. Avassaladores, os russos dominaram inteiramente a partida e chegaram facilmente aos 7-0, permitiram o 1-7, fizeram 1-8 e sofreram o segundo no último minuto (golos: de Mikhail Proskuryakov (2), Alexander Maleyko, Marat Khairullin, Aleksandr Boitcov (3) e Pavel Iurinov, pela Rússia; Mikita Karol e Mikita Yeppishkin, pela Bielorrússia).



Voltando, agora, ao jogo de Portugal, logo aos 4 minutos, os Linces forçaram Testagrossa a grande defesa. Aos 5 minutos, atiraram ao ferro num canto curto, e, aos 10 minutos, David Franco colocou-os na frente. Aos 21 minutos, outra grande defesa de Testagrossa.



No segundo tempo, a Itália tentou pressionar, e conseguiu mesmo marcar, por Thomas Keenan, num canto curto superiormente concretizado, ao ângulo.
O jogo endureceu, mais pela complacência do escocês Alex Fedenczuk, o árbitro cuja nomeação não se entende, mais uma vez, na medida em que a Escócia era parte interessada no resultado de Portugal. Coisas do tal senhor espanhol, Antonio Morales, o dono das nomeações.



Não se atemorizaram os Linces, tiraram cá para fora o que tinham e o que nem pensavam ter, e, a 3 minutos do fim, William Rogerson carimbou a vitória nacional e a subida garantida de divisão, sob a explosão da bancada que não parou um minuto nos aplausos para a selecção nacional.
Como dizia no início, épico!



O último jogo, que acabou por dar o título à Irlanda, foi o protótipo de um desafio entre rivais, batidinho, rápido, forte, com muita adrenalina.

 


Os golos teimavam em não aparecer, até que o goleador da prova, Nick Burns converteu um canto curto e colocou a Irlanda na frente. Reagiram os escoceses, que empataram aos 60 minutos, por Andrew Malcolm. O resultado sorria a Portugal, que a dois minutos do fim era campeão. Só que Mark Loughrey, no que faltava para jogar, marcou dois golos que deram a vitória à Irlanda e, consequentemente, o título.



À luz de todo o campeonato, a Irlanda é um vencedor justo, mas sofreu para esse desiderato. Ou, como escrevia alguém, hoje, na página do evento, “no pain, no gain”. De facto, não há vitórias sem sofrimento. Que o diga também Portugal.


Armindo Vasconcelos



Resultados 7º Dia


Pool C - Bielorrússia 2 - Rússia 8
Pool D - Itália 1 - Portugal 2
Pool D - Escócia 1 - Irlanda 3



Classificação Final


1º Irlanda (qualificado para a Divisão A em 2016)
Portugal (qualificado para a Divisão A em 2016)
3º Escócia
4º Itália
5º Rússia
6º Ucrânia
7º Bielorrússia (despromovido à Divisão C em 2016)



Prémios


Melhor jogador: David Franco (POR)
Melhor guarda-redes: Sean Hadfield (SCO)
Melhor marcador: Nick Burns (IRL), 7 golos
Fair-Play: Ucrânia

Periodicidade Diária

terça-feira, 18 de maio de 2021 – 02:18:27

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...