18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Andebol Adaptado distinguido com Prémios de Mérito pela Câmara Municipal do Porto

Três distinções foram levadas a cabo, esta sexta-feira, nos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Porto, entre elas a Federação de Andebol de Portugal, Rodrigo Vieira, Campeão do Mundo e da Europa de Andebol em Cadeira de Rodas e Associação Portuguesa de Deficientes (APD).
 
A autarquia portuense entregou esta sexta-feira, dia 23 de dezembro, três troféus de Mérito Desportivo à Federação de Andebol de Portugal, à Associação Portuguesa de Deficientes (APD) e ao atleta Rodrigo Vieira, Campeão do Mundo e da Europa de Andebol em Cadeira de Rodas, como forma de reconhecimento de todo o esforço direcionado para a promoção do desporto adaptado, em particular o Andebol.
 
Com estes prémios a autarquia reconhece o trabalho desenvolvido para a promoção do desporto adaptado, na modalidade de andebol, como exemplo de integração das pessoas com deficiência na sociedade, promovendo ao mesmo tempo o bem-estar físico e emocional como elemento-chave do desenvolvimento pessoal e desportivo. 
 
Estiveram presentes na cerimónia Miguel Laranjeiro, Presidente da Federação de Andebol de Portugal, Catarina Araújo, vereadora da Juventude e do Desporto da Câmara Municipal do Porto e César Navio, administrador da Ágora – Cultura e Desporto do Porto, Joaquim Escada, coordenador do projeto Andebol4All, Rodrigo Vieira, atleta campeão do Mundo e da Europa de Andebol em Cadeira de Rodas e João Limões, secretário da direção da APD.
 
Para Miguel Laranjeiro, líder da Federação de Andebol de Portugal, este foi o “culminar de um processo que tem já há alguns anos de trabalho, de compromisso, de empenho de um conjunto de atletas extraordinários, de uma equipa técnica de enorme valor. Portanto, foi um grande orgulho poder, num campeonato do mundo e da europa, com vários países, de várias latitudes, podermos elevar mais alto o nome de Portugal”. O Presidente da instituição salientou ainda a valorização que a Câmara do Porto tem dado ao desporto adaptado e garante que ainda há um investimento direto e assumido para que esta vertente do Andebol possa crescer ainda mais: “este tem sido o nosso trabalho enquanto Federação, criar as condições de igualdade de oportunidades, em função das circunstâncias, mas criar as condições para que o andebol seja mesmo 360º, como nós defendemos. O desporto deve ser mesmo para todos, não podem ser só nas palavras, ou nos relatórios, tem de que ser mesmo no concreto, na realidade. E portanto, um enorme e imenso orgulho nestes atletas, campeões do Mundo e da Europa.” – referiu.
 
O responsável máximo reforçou ainda a importância dos apoios dados pelo IPDJ, Instituto Nacional de Reabilitação, autarquias e APD’s ao projeto Andebol4ALL: “Qualquer euro investido no desporto, mas em particular no desporto adaptado e a projetos como este, vale muitos euros na sociedade, enquanto comunidade em geral, e se todos os poderes públicos tiverem esta noção, de que é um investimento e não um custo, estaremos todos a contribuir para um bem comum. Isto é um investimento para ter pessoas mais integradas, mais capazes, mais autónomas, mais livres.”
 
A vereadora Catarina Araújo, realçou a aposta clara da autarquia na criação de condições para a evolução desportiva: “É um orgulho termos sido campeões mundiais e europeus de andebol em cadeira de rodas. Esta é uma forma que o município tem de agradecer e reconhecer, ao Rodrigo [Vieira] e a todos os envolvidos neste feito. Temos ao longo do tempo vindo a adotar um conjunto de medidas de promoção e de facilitação da prática desportiva, quer através da existência de preços discriminativos positivamente para o desporto adaptado, com condições diferentes que fomentem a prática do desporto adaptado, quer apoiando ao nível de eventos com a Federação e a Associação, mas também nós, nos nossos programas desportivos, nomeadamente junto dos mais jovens, criar um conjunto de vagas que permitam, desde o início que crianças com deficiência estejam presentes e tenham acesso à prática desportiva de forma gratuita ou em condições positivas que lhes permita ter esse acesso.”
 
Rodrigo Vieira, um dos atletas lusos que se sagraram Campeões do Mundo e da Europa, no passado mês de novembro, em Leiria, sente-se feliz por ter sido homenageado e pelo feito que a Seleção Nacional alcançou ser reconhecido num local emblemático: “Muita alegria por ser recebido aqui na Câmara Municipal do Porto, um sítio bastante importante, não só para a cidade mas também para os campeões. Não posso dizer que seja um sonho porque nem sequer tinha imaginado um momento como este.”
 
O atleta portuense de 22 anos, foi um dos homenageados na sua terra natal, tal como grande parte dos companheiros e companheiras de seleção responsáveis pela conquista do título inédito da modalidade, de Norte a Sul do País. Rodrigo Vieira descarta o estatuto de referência para as gerações mais novas: “Quem esteve comigo nesta caminhada sim, são referências. O meu percurso desportivo foi tranquilo, enquanto que alguns atletas como o João Jerónimo, o Ricardo Queirós ou a Etelvina Vieira, trabalharam muito mais para que possamos ter chegado aqui. Esses sim são referências.”
 
Foto: Filipa Brito/CM Porto
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024 – 14:04:40

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...