15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Francisco Milheiro no pódio na Rampa de Murça

 

 

O jovem piloto de Guimarães, Francisco Milheiro foi o segundo classificado na sua categoria no passado fim de semana na Rampa de Murça, jornada inaugural do Campeonato Portugal de Montanha JC Group 2020, organizado sob a égide do Cami Motorsport.

 

Na subida da warm up, Francisco Milheiro ao volante do seu Peugeot 106, faria um tempo de 3.11.679 à média de 78,8 km/h, para na primeira subida oficial de treinos logrou alcançar um crono de 2.48.859 à média de 89,5 km/h, sendo o terceiro classificado em termos da Taça de Portugal de Montanha.  Na segunda subida oficial de treinos, o jovem vimaranense não conseguiu melhor do que 2.48.450 à média de 89,7 km/h, mantendo a terceira posição em termos da Taça de Portugal de Montanha.

 

Mas a verdade é que na primeira subida oficial de prova, Francisco Milheiro consegue melhorar de forma substancial o seu crono com 2.44.030 à média de 92, 1 km/h, ascendendo  à segunda posição em termos de Taça de Portugal de Montanha.

 

No domingo de manhã, na subida da warm up, Francisco Milheiro ao volante do seu Peugeot 106 com piso húmido, obteria um tempo de 3.07.188 à média de 80, 7 km/h, para na derradeira subida de treinos conseguiu melhorar de forma substancial com 2.52.071, à média de 87,8 km/h, ocupando a terceira posição na Taça Portugal de Montanha. Chegados à segunda subida oficial de prova, Milheiro faz o seu melhor tempo de todo o fim de semana com 2.44.113 à média de 92, 1 km/h, subindo  à 2ª posição em termos de Taça de Portugal de Montanha.

 

Motivado, Francisco Milheiro ainda faria a terceira subida, mas a mesma seria anulada motivado pelo temível acidente ocorrido.

 

Na altura em que se preparava para colocar o Peugeot 106 dentro do camião de transporte, descreveu-nos o fim de semana, dizendo “ sem dúvida alguma muito triste com este acidente, quero expressar as mais sentidas condolências às famílias das vítimas deste terrível acidente, esperando que os oito feridos recuperem rapidamente. Em relação ao Luís Silva, espero que volte a competir de novo o mais breve quanto possível.  Sobre a prova, correu bem, sem problemas e continuamos a evoluir o carro, estamos no bom caminho, mas há ainda muito trabalho a fazer para o tornar ainda mais competitivo, mas esta foi uma boa prova “, disse-nos Francisco Milheiro.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

TAÇA PORTUGAL DE MONTANHA

 

1º Leonel Brás – Citroen AX

2º FRANCISCO MILHEIRO – PEUGEOT 106

3º Tiago Santos – Citroen AX

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 15 de junho de 2021 – 13:24:15

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...