15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Árbitros portugueses fazem o pleno nos mundiais de juniores

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (AIFA) nomeou três juízes internacionais portugueses para exercerem funções de direção técnica e de arbitragem dos campeonatos mundiais de juniores em atletismo, que decorrem na cidade norte-americana de Eugene, de hoje até dia 28 do corrente mês.
 
 
Não sendo caso inédito no panorama internacional da arbitragem, é, contudo, inabitual que a um mesmo país seja concedida a oportunidade de distinguir três dos seus mais cotados elementos para o exercício de funções da maior responsabilidade num evento internacional sob a égide da federação internacional da modalidade.
 
 
A competição, destinada a atletas com idades inferiores a 20 anos, terá, pois, os seguintes oficiais portugueses:
 
 
Joaquim Graça — desde a entrada no painel de juízes internacionais de marcha, em 2010, é a segunda vez que é nomeado para uma competição do âmbito da AIFA. Em 2011 atuou em Lille, nos mundiais de juvenis, tendo este ano, a convite da federação japonesa, atuado nos seus campeonatos nacionais. Completam a equipa de juízes internacionais de marcha o norte-americano Gary Westerfield (juiz-chefe), o espanhol Jordi Estruch, o porto-riquenho Cándido Velez, o guatemalteco Carlos Barrios e o queniano Joseph Ochieng;
 
 
Jorge Salcedo — presidente do comité técnico da AIFA, é o mais internacional dos árbitros portugueses, considerando não apenas o universo do atletismo nacional mas no contexto desportivo nacional. Em Eugene será o delegado técnico, a par da sua colega Esther Maynard, de Barbados. Salcedo, o mais bem-sucedido árbitro desportivo da atualidade, tem desempenhado relevantíssimas funções nas mais importantes competições internacionais da modalidade. Tem já viagem assegurada para Pequim, nos mundiais de 2015, e para o Rio de Janeiro, nos Jogos Olímpicos de 2016, onde vai exercer um trabalho ao mais alto nível técnico;
 
 
António Costa — o mais novato dos oficiais técnicos internacionais do atletismo luso – neste painel internacional, Portugal conta ainda com José Paulo Moreira e Samuel Lopes, além de Jorge Salcedo - estará em Eugene com a função de supervisionar o trabalho dos juízes locais. Este ano atuou em Budapeste, na qualidade de delegado técnico, no Grande Prémio da Hungria, Memorial István Gyulai. Os outros oficiais técnicos internacionais nomeados para o evento são: Peter Hamilton (Austrália), que chefiará a equipa, Elena Barrios (Espanha), John Cronin (Irlanda), Klaus Hartz (Alemanha), Frederico Nantes (Brasil), Chunde Shen (China), Linda Turner (Grã-Bretanha), Luca Verrascina (Itália) e David Weicker (Canadá).

Periodicidade Diária

quarta-feira, 5 de maio de 2021 – 21:31:29

Pesquisar

Como comprar fotos

Reportagens fotográficas em preparação

- CNV Estoril I - 2021

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...