Dupla vitória portuguesa no Europeu de Batumi

 

A sexta jornada do Campeonato da Europa de Xadrez, que decorre em Batumi (Geórgia), correu de feição aos dois representantes de Portugal na prova. Jorge Ferreira e André Sousa obtiveram triunfos nas respetivas partidas e deram saltos significativos na classificação geral.

 


 
A jogar na mesa 51 com as peças brancas perante o grande mestre israelista Ilia Smirin (2594 pontos Elo), o mestre internacional Jorge Ferreira impôs-se com classe, obtendo um dos triunfos mais importantes da carreira. Recorde-se que Smirin, de origem russa, já foi 15.º do ranking mundial, quando, em julho de 2001, atingiu 2702 pontos Elo.
 
O triunfo de Jorge Ferreira, que em Portugal representa o GD Dias Ferreira, deixa-o com 4 pontos averbados, no grupo dos 29.ºs classificados, num torneio que é liderado por sete jogadores, com 5 pontos. No entanto, mais importante do que a classificação de Jorge Ferreira é a performance de 2634 pontos Elo, o que o coloca na rota da norma de grande mestre, a definitiva para a conquista do grau mais importante do xadrez mundial.
 
Na sétima das 11 rondas da prova, Ferreira, atualmente com 2492 pontos Elo, defronta outro grande mestre cotadíssimo, o alemão Falko Bendrich (2602).
 
Igualmente muito saborosa foi a vitória de André Sousa, que levou a melhor sobre o mestre FIDE arménio Sargis Sargissian. O campeão nacional e mestre internacional da Academia de Xadrez de Gaia fez valer a diferença pontual no Elo (2417 contra 2284) e soma agora 3 pontos, estando situado no grupo dos 187.ºs classificados.
 
Mais difícil será, seguramente, a tarefa do jovem campeão nacional na sétima jornada, pois defronta o mestre internacional russo Vadim Moisenko.
 
 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...