14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Sete líderes no Open de Portugal com Luís Galego a meio ponto

 

À quinta ronda do Open de Portugal de xadrez, que decorre no segundo pavilhão do Complexo Municipal do Casal Vistoso, em Lisboa, um grupo de sete xadrezistas juntaram-se na liderança, com 4,5 pontos.
 
Após o empate na primeira mesa, entre Nhat To (Hungria) e Roberto Ledo (Cuba), deixou de haver jogadores só com vitórias e, aos dois mestres internacionais, juntaram-se outros cinco xadrezistas no grupo da frente: Anton Demchenko (GM, Rússia), Jaime Latasa (MI, Espanha), Andreas Diermair (MI, Áustria), Christopher Repka (MI, Eslováquia) e Mhamal Anurag (GM, Índia). 
 
Este grande mestre indiano provocou a grande surpresa da ronda, ao bater o também grande mestre Baduur Jobava, número 1 do torneio e principal candidato ao triunfo.

 


 
O melhor português no Open passou a ser o grande mestre português Luís Galego, que, ao bater o turco Ahmet Olcum, atingiu os 4 pontos, colocando-se no grupo dos oitavos classificados, a meio ponto dos líderes.
 
Outro jogador luso, o jovem mestre FIDE Francisco Veiga, voltou a conseguir um bom resultado, ao empatar com o grande mestre polaco Tomasz Warakomski. Na sexta ronda, Veiga terá a honra de defrontar Jobava.
 
Numa jornada difícil para os jogadores portugueses nas mesas cimeiras, os mestres internacionais André Ventura Sousa e Sérgio Rocha sofreram as primeiras derrotas, frente, respetivamente, ao eslovaco Christopher Repka e ao russo Artur Gabrielian.
 
O Open de Portugal joga-se até ao dia 9, com rondas diárias, a partir das 19.30 horas, e envolve a participação de 272 xadrezistas, de 42 países.
 

 

Periodicidade Diária

domingo, 22 de setembro de 2019 – 04:34:09

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...