Empate histórico das portuguesas com a Inglaterra nas Olimpíadas

 

 

A seleção feminina de xadrez de Portugal brilhou na quarta jornada das Olimpíadas da modalidade, que decorrem em Baku (Azerbaijão), ao obter um empate (2-2) frente à forte seleção de Inglaterra.


O mérito do empate luso veio das vitórias parciais nas terceira e quarta mesas, nas quais Mariana Silva e Rita Jorge superaram adversárias muito mais cotadas.


Nos dois primeiros tabuleiros, Ana Baptista e Margarida Coimbra foram derrotadas.


Com este resultado, a equipa feminina de Portugal passou a somar 3 pontos e colocou-se em 85.º lugar, com tendência para subir na tabela, até porque defronta a acessível seleção de Aruba na quinta jornada.


Inglaterra-Portugal, 2-2:

 

Resultados parciais:


Dagne Ciuksyte (MI, 2323) - Ana Baptista (MFF, 2125), 1-0.
Margarida Coimbra (MFF, 2078) - Akshaya-Kalaiyalahan (MF, 2017), 0-1.
Sara Longson (MFF, 2103) - Mariana Silva (1789), 0-1.

 


Rita Jorge (1791) - Kanwal Bhatia (MFF, 2133), 1-0.


No setor absoluto, a equipa de Portugal também registou um empate, frente a Luxemburgo. Os triunfos dos grandes mestres Luís Galego e António Fernandes nas segunda e quarta mesas compensaram as derrotas dos mestres internacionais Jorge Ferreira e Rui Dâmaso, nas primeira e terceira.


Portugal segue em 57.º lugar e defronta a equipa do Qatar na quinta sessão das Olimpíadas, que juntam 1600 xadrezistas de 180 países no megapavilhão Crystal Hall de Baku.


Luxemburgo-Portugal, 2-2.

 

Resultados parciais:


Michael Wiedenkeller (MI, 2458) - Jorge Ferreira (MI, 2511), 1-0.
Luís Galego (GM, 2458) - Fred Berend (MI, 2328), 1-0.
Philippe Linster (2233) - Rui Dâmaso, MI, 2444), 1-0.
António Fernandes (GM, 2413) - Marc Mertens (2181), 1-0.

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...