14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

João Rodrigues com prestação positiva em condições difíceis

Vento forte tem estado em grande destaque

João Rodrigues apesar das más condições meteorológicas conseguiu mais uma boa prestação no quarto dia de regatas do Campeonato do Mundo de RS:X, a decorrer em Cádis, Espanha. Esta competição tem sido marcada pelos ventos muito fortes que se têm feito sentir, que inclusive já provocaram o cancelamento das regatas no segundo dia de prova.

O quarto dia de competição não foi exceção (o primeiro dia foi o único em que o tempo esteve bom) e o vento voltou a ser presença constante: “O vento não pára de soprar por estas bandas! Sempre do quadrante leste, o famoso Levante já leva 5 dias consecutivos com muita intensidade. Hoje, sempre acima dos 30 nós, com rajadas registadas de 37, tornou tudo uma questão de sobrevivência” – explica João Rodrigues.

Mas apesar da intensidade do vento, tanto em masculinos como em femininos realizaram-se três regatas, com as velejadoras a largarem primeiro, num dia que foi propício a algumas surpresas: “O dia deixou marcas na classificação geral, com as duas estrelas espanholas a não conseguirem lidar com este vento e a caírem na classificação para lá de décimas, elas que eram favoritas.

Em masculinos, as três regatas foram disputadas ao metro, o que não deixa de ser impressionante com estas condições. Apesar de algumas quedas pelo meio, a maioria da frota mostrou-se à altura do desafio e não houve resultados anormais. A disputa pelos primeiros lugares continua acesa, embora o atual campeão do mundo, Dorian Rijesselberge tenha tido um dia atípico.

Quanto a João Rodrigues teve mais uma vez uma prestação regular, mantendo-se sempre perto dos dez primeiros da classificação geral: “Larguei finalmente bem nas três regatas, tendo tomado a opção da linha de largada um pouco mais conservadora. Na primeira regata continuei a registar problemas de velocidade, sobretudo à popa. Mas nas duas regatas seguintes, arrisquei ao máximo e pude fazer duas regatas mais interessantes. Assim, os resultados de hoje foram 21.º, 11.º e novamente 11.º. Estou atualmente em 12º da geral, um pouco abaixo do 10.º posto, ocupado pelo polaco Piotr Miska, terceiro classificado no Europeu da Madeira. Aliás, os polacos têm três velejadores nos 11 primeiros, o que não deixa de ser relevante” – concluí o velejador.

Hoje a previsão é de vento ainda mais forte. Se tal acontecer, uma vez que as condições ontem já estavam no limite, pode ser um dia de longa espera, tal como sucedeu anteriormente.
   

Periodicidade Diária

terça-feira, 11 de agosto de 2020 – 09:03:22

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...