15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

2018 RC44 Cascais World Championship em contagem decrescente

 

O muito aguardado 2018 RC44 WORLD CHAMPIONSHIPtem início na próxima semana, em Cascais. Tendo o Clube Naval de Cascais como anfitrião, pelo sétimo ano consecutivo, a prova vai decorrer entre 27 e 30 de Setembro e será o penúltimo evento do circuito de cinco etapas na Europa. Os resultados no RC44 CHAMPIONSHIP TOURtêm sido bastante imprevisíveis, pelo que será difícil destacar favoritos de entre a frota, cujo nível competitivo apresenta-se muito alto.

 

Até ao momento, a equipa Charisma, de Nico Poons e baseada no Mónaco, tem se destacado mais. Venceu o evento inaugural da época, em Lanzarote (Espanha), mas acabou no sexto lugar na etapa seguinte, em Portoroz (Eslovénia), caindo do topo para o terceiro lugar da classificação geral. O táctico Ray Davies fez as devidas rectificações em Marstrand, saindo da Suécia novamente na frente da tabela, graças à suada vitória obtida na derradeira regata. “Ganhámos por um milímetro, por isso podem constatar como esta frota é competitiva”, admitiu Poons, em Marstrand.

 

Com um ponto menos segue o Team CEEREF, campeão em título, liderado porIgor Lah com o táctico britânico Adrian Stead. Com uma das tripulações mais estáveis da frota, Lah tem baseado a segunda posição na classificação na consistência, tendo raramente, terminado uma regata abaixo do quarto lugar. O Team CEEREF detém uma vantagem de dois pontos sobre o Artemis Racing, depois da equipa sueca, liderada por Torbjörn Törnqvist, ter terminado no segundo lugar em Marstrand.

 

No quarto lugar e a apenas um ponto de distância do pódio, segue o Team Nika, que concentrará muitas atenções, pois é o Campeão do Mundo de 2017. Tal como o Charisma, a equipa russa tem apresentado resultados irregulares, com um 2.º, 7.º e 3.º lugares registados esta época. O russo Vladimir Prosikhin conta com a experiência do prestigiado Dean Barker como táctico. Depois de conduzir o Quantum Racing à vitória no Rolex TP52 World Championship, o velejador neo-zelandês volta às águas de Cascais, antes de se ocupar do leme do barco do New York Yacht Club na America’s Cup de 2021.

 

“O melhor desta classe é que temos oito barcos e todos têm a capacidade de ganhar o Campeonato do Mundo. A dado momento, qualquer um pode ganhar uma regata como pode, rapidamente, terminar em último; o truque é ser consistente. Se conseguirmos ficar sempre entre os três, quatro primeiros, ganhamos a etapa. Não é fácil competir com este tipo de velejadores”, explica Michele Ivaldi, táctico do Aleph Racing.

 

Reconhecida mundialmente como um centro de vela, Cascais apresenta uma brisa consistente, típica da costa ocidental da Europa e das condições normais do Oceano Atlântico que esperam as equipas. “Esperamos ventos fortes do Norte, grandes ondas e muita diversão. O objectivo para a semana é prepararmo-nos e acompanharmos as condições oceânicas”, acrescentou Ivaldi.

 

Enquanto os primeiros classificados do Championship Tour centram as atenções, as outras equipas preparam-se para oferecer uma forte competição. O Team Aqua quer repetir em Cascais a boa exibição realizada em Portoroz, de onde saiu no primeiro lugar.

 

O Peninsula Petroleum vai tentar melhorar o actual sexto lugar, enquanto que Aleph Racing e Bronenosec Sailing Team continuam a tentar subir na classificação, depois de se juntarem à frota com novas tripulações. “Vemos melhorias a cada evento que passa. Sendo uma equipa nova, Cascais vai ser um desafio difícil para nós, se encontrarmos as grandes condições que todos esperamos, mas teremos dois dias para treinarmos e, com o talento que temos a bordo, para o fazer”, resumiu Ivaldi.

 

Classificação Geral do RC44 CHAMPIONSHIP TOUR

(após três etapas)

     

Equipa                                                 Proprietário                                       Total         E1 E2 E3   

                                                                                             

1  Charisma (Mon)                               Nico Poons                                           8            1   6  1

2  Team CEEREF (Slo)                       Igor Lah                                                 9            3   2  4

3  Artemis Racing (Swe)                     Torbjörn Törnqvist                                11           4   5  2

4  Team Nika (Rus)                            Vladimir Prosikhin                                 12           2   7  3

5  Team Aqua (Gbr)                            Chris Bake                                           13           5   1  7

6  Peninsula Petroleum (Gbr)             John Bassadone                                  16           6   4  6

7  Aleph Racing (Fra)                          Lepic Hugues                                      18           7   3  8

8  Bronenosec Sailing Team (Rus)     Vladimir Liubomirov/Kirill Frolov          23           9   9  5

9  Tavatuy Sailing Team (Rus)           Pavel Kuznetsov                                  27           9   9  9

 

Acerca dos RC44

 

O veleiro RC44, um dos mais competitivos monocascos one design do mundo, foi projetado por Sir Russell Coutts (cinco vezes vencedor da America’s Cup), com a ajuda do arquiteto naval Andrej Justin, em 2005. Os barcos foram construídos pela Pauger Carbon Composite/Pauger Yachts. O conceito dos RC44 tem como alvo velejadores amadores com tripulações profissionais.

 

O primeiro RC44 CHAMPIONSHIP TOURrealizou-se em 2007 e desde então já passou pela Europa, EUA e Médio Oriente. A classe foi reconhecida pela Federação Internacional de Vela em Novembro de 2009 e o RC44 WORLD CHAMPIONSHIP teve lugar pela primeira vez em 2010.

 

O RC44 CASCAIS WORLD CHAMPIONSHIP é uma prova que tem o alto patrocínio da Câmara Municipal de Cascais, o apoio da Marina de Cascais e organização do Clube Naval de Cascais.

 

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 22 de setembro de 2020 – 08:02:48

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...