14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

O Dongfeng vence a Sky Ocean Rescue In-Port com uma regata de trás para a frente

 

As três melhores equipas das In-Port Race Series da Volvo Ocean Race ficaram com as posições do pódio hoje em Cardiff, quando o Dongfeng Race Team na última volta passou um adversário para conquistar a vitória.

 

“Estamos muito felizes. É sempre muito bom vencer a In-Port Race ”, afirmou o skipper Charles Caudrelier. "Eu acho que estamos fazer progressos nas regatas costeiras e isto é bom para a nossa moral antes das próximas duas etapas."

 

A líder da classificação das In-Port Series, o MAPFRE de Xabi Fernández, limitou os danos na classificação geral com um segundo lugar, enquanto o Brunel de Bouwe Bekking lutou durante toda a regata para garantir o terceiro lugar.

 

As condições eram boas, com vento perto dos 10 nós e em correntes moderadas durante a mudança da maré. Uma grande frota de espectadores estava a acompanhar a competição. 

 

Nos momentos que antecederam o sinal da largada, ficou evidente que o Vestas 11 Hour Racing estava vulnerável, perto da linha com muito tempo para queimar, a equipa do Charlie Enright foi empurrada para a linha mais cedo pelo Brunel.

 

Uma separação na primeira parte do percurso viu a equipa do Simeon Tienpont, o AkzoNobel, liderar na bóia da bolina e manter essa vantagem durante duas voltas.

 

Mas na segunda perna a favor do vento, Caudrelier e o Dongfeng Race Team optaram por seguir por outro lado e passaram o AkzoNobel e ficaram do lado “bom” do campo de regatas. 

 

Quando os barcos convergiram novamente perto do topo do campo de regatas, Caudrelier estava numa posição forte para atacar diretamente o AkzoNobel, e para aumentar a vantagem até ao final.

 

"Eu acho que nós hoje tivemos uma velocidade muito boa e fomos capazes de atacar e colocá-los no lado mau e, em seguida eles perderam muitos metros", explicou Caudrelier.

 

Na verdade, foi um momento doloroso para o AkzoNobel, que foi empurrado para o terceiro lugar, atrás do MAPFRE, antes de ser batido pelo Brunel no final, terminando em quarto lugar numa corrida que deu duas voltas ao percurso. 

 

O Vestas 11th Hour Racing lutou pelo quinto lugar, à frente do SHK / Scallywag, de David Witt, e do Turn the Tide on Plastic, de Dee Caffari.

 

Se alguma coisa se viu nesta In-Port , foi o que está reservado para as duas últimas etapas da Volvo Ocean Race. 

 

Apenas três pontos separam o Dongfeng Race Team (60) do MAPFRE (59) e do Team Brunel (57) na classificação geral. As três equipas lutaram com intensidade pelo pódio nesta sexta-feira. 

 

E todas as três equipas estão decididas a vencer a próxima etapa em Gotemburgo, para assegurar que estão em posição de garantir a vitória em Haia, no final do mês. 

 

Se no final das etapas houver um empate na classificação geral da prova, a classificação das In-Port Race Series servirá como factor de desempate. Após os resultados de hoje, o MAPFRE mantém uma vantagem considerável neste aspecto (veja as classificações abaixo). 

 

A 10ª etapa da Volvo Ocean Race começa às 16:00, hora local, em Cardiff (15:00 UTC), no domingo à tarde. 

 

Classificação das In-Port Series da Volvo Ocean Race

 

1. MAPFRE - 56 pontos

2. Dongfeng - 49 pontos

3. Brunel - 41 pontos

4. AkzoNobel - 39 pontos

5. Vestas 11th Hour Racing - 26 pontos

6. Sun Hung Kai / Scallywag - 21 pontos

7. Turn the Tide on Plastic - 17 pontos 

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 26 de janeiro de 2020 – 15:13:39

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...