17 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Lousada Indoor Open 2022 - Océane Babel e Leonie Kung vencem final de pares

Oéane Babel e Leonie Kung vencem final de pares

 
A formação composta pela francesa Océane Babel e a suíça Leonie Kung, conquistaram, esta tarde, a final de pares do primeiro LOUSADA INDOOR OPEN, ao derrotar no encontro de atribuição do título a espanhola Celia Cervino Ruiz e a helvética Tess Sugnaux.
 
Já se esperava um duelo equilibrado e isso veio a confirmar-se naturalmente. Entrou melhor o par franco-suiço, com Babel e Kung a mostrarem mais consistência no fundo do court, aproveitando também os muitos erros não forçados das suas oponentes, que, apesar de mais experientes, sentiram muitas dificuldades para acertar no posicionamento e mesmo em termos táticos (era a primeira vez que jogavam juntas). Babel e Kung venceram no tie break do primeiro set, ripostaram Cervino Ruiz e Sugnaux ao empatar a final a um set, por 7-5, para. No super tie-break, foi novamente a equipa Babel/Kung a sair vitoriosa, por claros 10-2.
 
No final, o Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Lousada, António Augusto Silva, e o Presidente da Associação de Ténis do Porto, Paes de Faria, entregaram os respectivos troféus.
 

Sueca Persson e espanhola Cervino Ruiz discutem título

 
Na prova de singulares ficamos a conhecer as duas finalistas, com a espanhola Celia Cervino Ruiz e a sueca Kajsa Rinaldo Persson a saírem vitoriosas dos seus encontros das meias-finais.
 
A espanhola, vencedora em 2019, voltou a entrar mal no encontro, desta feita ante a belga Clara Vlasselaer, sexta favorita, que após demorada troca de liderança na primeira partida, conseguiu fechar a mesma no tie break, por 7-2. Porém, e tal como sucedeu nas rondas anteriores, a espanhola da Galícia regressou diferente para melhor, variando o jogo, tirando a sua oponente da zona de conforto, graças ao seu slice alto na esquerda de Vlasselaer, e esta tática deu os seus frutos, com Cervino Ruiz a vencer os dois restantes sets por claros 6-1 e 6-2.
 
Na segunda meia-final disputada por duas tenistas suecas, levou a melhor Kajsa Rinaldo Persson sobre Julita Saner, num encontro onde foi sempre mais dominadora e esclarecida.  Persson, segunda pré-designada, que fechou o primeiro parcial por 6-2, precisou de dar tudo para evitar uma terceira partida, isto porque, viu a sua compatriota adiantar-se por 5-2 no segundo set. Com a ponderação necessária e consistência no fundo do court, Persson não só empatou a 5 jogos, como fechou o encontro a seu favor por 7-5, manifestando o seu desejo de repetir o título alcançado no passado mês de Maio na Grécia, em Heraklion. A final está agendada para as 10 horas. A entrada é livre.
 
Foto: Cirilo Vale
 
 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2023 – 06:55:52

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...