13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Ex Top-10 David Goffin, com derradeiro Wild Card no Estoril Open

 

  • Melhor ranking: 7º ATP
  • Liderou a Bélgica a duas finais da Taça Davis
  • Finalista do ATP Finals (Masters) em 2017
  • Domingues e Elias em qualifying fortíssimo

 

A dois dias do arranque da quinta edição do Millennium Estoril Open, a 3LOVE divulgou a atribuição dos últimos três convites que ainda estavam em aberto para o quadro principal e para o qualifying do maior evento tenístico português – que se joga no Clube de Ténis do Estoril entre 27 de Abril e 5 de Maio.

 

No que diz respeito ao quadro principal, e após os dois primeiros wild cards terem sido entregues ao número dois nacional Pedro Sousa e ao espanhol campeão da edição de 2017, Pablo Carreño-Busta, a escolha recaiu sobre o belga David Goffin – atual 22º da hierarquia mundial, mas com um currículo que inclui um 7º lugar como melhor ranking, a presença na final do ATP Finals em 2017, quatro títulos individuais e a liderança da seleção do seu país a duas finais da Taça Davis nos últimos quatro anos (em 2015  e 2017).

 

 

“Estou muito contente por receber um wild card em cima da hora”, afirmou David Goffin numa mensagem enviada à organização. “Agradeço ao diretor do torneio e à sua equipa pelo convite. Será uma bela oportunidade que me permite jogar na próxima semana e estou muito entusiasmado por conhecer o novo evento que se realiza no Estoril. O meu treinador falou-me muito bem da zona de Cascais e espero corresponder com um desempenho de alto nível”.

 

João Zilhãoesclareceu a escolha de David Goffin: “Tínhamos vários pedidos em carteira, incluindo jogadores do top 10, mas que estavam dependentes da evolução da condição física de uns e da participação de outros em torneios do circuito que estão a decorrer esta semana”, explicou o diretor do torneio. “Optámos pelo David Goffin, um tenista de reconhecida qualidade que vem reforçar o nosso lote de cabeças-de-série e a competitividade global do elenco. Para mais, o seu treinador Thomas Johansson, antigo campeão do Open da Austrália, é alguém que nos é próximo e que conhece bem a zona de Cascais, tendo feito muita força para que o seu pupilo competisse no Millennium Estoril Open”.

 

PORTUGUESES CONTEMPLADOS PARA O QUALIFYING

 

Quanto aos dois únicos wild cards para a fase de qualificação, foram hoje entregues a João Domingues (214º ATP) e a Gastão Elias (307º ATP). O nível do qualifying está muito elevado, com o último jogador com acesso direto a ocupar o posto 151.

 

“Foi uma escolha óbvia. O João Domingues está em forma e vem de alinhar quartos-de-final e final em dois Challengers com um quadro de 64 elementos; o Gastão Elias já foi jogador do top 60 mundial, tem sido um esteio da seleção portuguesa na Taça Davis e poderá aproveitar o apoio do público português para ganhar confiança e regressar ao seu melhor ténis”, referiu João Zilhão.

 

João Domingues, 25 anos, é um dos jogadores mais queridos do público português ou não tivesse estado em destaque nas duas últimas edições do Millennium Estoril Open, ao passar o qualifying em ambas as ocasiões. Em 2017, brilhou a grande altura no quadro principal, ao derrotar Kyle Edmund e forçando depois Kevin Anderson a uma grande luta em três sets. Este ano, já assinou o seu melhor resultado num Grand Slam, ao passar duas rondas do

qualifying do Open da Austrália, ficando a uma terceira vitória para aceder ao quadro final. Mais recentemente fez quartos-de-final em Alicante e final em Tunis. A alternar entre o Challenger Tour e o ATP Tour, tentando a sua sorte através das fases de qualificação, o atual número três português continua a perspetivar um salto no ranking que traduza toda a sua competitividade e talento.

 

Gastão Elias, de 28 anos, pertence ao restrito lote de seis tenistas portugueses que já figuraram no top 100 do ténis mundial, tendo atingido o 57.º posto, em 2016. Membro indiscutível da seleção da Taça Davis, é igualmente um dos tenistas mais experientes no panorama do ténis nacional atual, mas também um dos mais fustigados com problemas físicos. O jogador da Lourinhã estava a começar bem o ano, com a presença nas meias-finais do challenger de Orlando – e a confirmar a boa decisão de ter ido trabalhar com Franco Davin, antigo treinador de Juan Martin del Potro – quando nova lesão o afastou dos courts. Mas, recentemente, começou a dar sinais mais animadores da sua forma, levando a crer que o seu melhor ténis está a ressurgir.

 

O Millennium Estoril Open decorre de 27 de Abril a 5 de Maio e os bilhetes estão à venda nos locais habituais. Já há vários dias com lotação esgotada! O sorteio do quadro principal terá lugar às 15h15 do dia 27 de Abril no Slice Lounge, com transmissão em direto na TVI24.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 24 de maio de 2019 – 18:51:26

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...