13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Artistas da NextGen em destaque na Lista de Inscritos para o Millennium Estoril Open

 

 

Número 8 mundial Kevin Anderson lidera lista

  • Pablo Carreño-Busta e Nick Kyrgios no top 20
  • João Sousa garantido no quadro principal
  • Futuro é agora: Frances Tiafoe e Stefanos Tsitsipas
  • Dois ex-top 10: David Ferrer e Gilles Simon
  • Recorde de internacionalização: 13 nacionalidades
  • Apresentação: 28 Março com anúncio de wild card

 

Cumprido o prazo do fecho das inscrições e após triagem feita pelo ATP World Tour, a entidade organizativa do Millennium Estoril Open tem o prazer de anunciar hoje a lista de jogadores com entrada direta no quadro principal de singulares do maior evento tenístico português – cuja quarta edição se realiza entre 28 de Abril e 6 de Maio, novamente no Clube de Ténis do Estoril. A apresentação oficial está agendada para o próximo dia 28 de março, às 11h00, na Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais.

 

Entre os 19 tenistas com classificação para aceder diretamente à melhor grelha individual do Millennium Estoril Open encontram-se um jogador do top 10, três do top 20 e seis do top 30; quatro elementos com credenciais de top 10 e uma internacionalização alargada a um recorde de 13 países de quatro continentes – com a Espanha (quatro jogadores) a dominar para já o elenco, à frente da Argentina, França e Estados Unidos (dois). O quadro principal de 28 elementos fica completo com quatro tenistas vindos da fase de qualificação, três wild cards e eventualmente dois special exempts.

 

Kevin Anderson, finalista na última edição do US Open e recente vencedor do inaugural Open de Nova Iorque, encabeça a lista graças ao oitavo posto que ocupa na hierarquia mundial; seguem-se o campeão em título Pablo Carreño-Busta e o carismático Nick Kyrgios dentro do top 20; Albert Ramos-Viñolas, Kyle Edmund e Gilles Muller elevam para seis o total de jogadores nos 30 primeiros do ranking aquando do fecho das inscrições (um recorde nas quatro edições). O destaque complementar vai para dois veteranos com credenciais do top 10 (o ex-número três mundial David Ferrer e Gilles Simon) e sobretudo para dois nomes grados da nova geração: o possante norte-americano Frances Tiafoe, que ganhou há duas semanas o título em Delray Beach, e o tecnicista grego Stefanos Tsitsipas, o mais ‘clássico’ de todos os meninos-prodígio que integram a chamada NextGen do ATP World Tour. O histórico número um nacional e melhor português de todos os tempos, João Sousa, faz o pleno ao entrar diretamente no quadro principal pela quarta vez em quatro edições.

 

O COMENTÁRIO DO DIRETOR DO TORNEIO

 

“A edição deste ano tem por mote ‘A Arte do Ténis’ e só posso dizer que estamos muito contentes com o diversificado naipe de artistas da raqueta que marcará presença na quarta edição do Millennium Estoril Open”, sublinha o diretor do torneio João Zilhão, da 3LOVE. “Haverá artistas para todos os gostos e com capacidade para pintar as melhores jogadas nos courts do Clube de Ténis do Estoril. Já arrancámos com a nossa campanha destacando quatro – desde o impressionismo do genial Nick Kyrgios ao realismo do detentor do título Pablo Carreño-Busta, passando pelo expressionismo do gigante Kevin Anderson e o simbolismo do ‘nosso’ João Sousa. Hoje revelamos os restantes protagonistas com acesso ao quadro principal e, para além de ‘velhos mestres’ como David Ferrer e Gilles Simon, destaco sobretudo dois ‘aprendizes’ de grande talento que vêm complementar o cubismo do também jovem Kyle Edmund: Frances Tiafoe, com o seu estilo contemporâneo americano, e Stefanos Tsitsipas, o mais elegante de todos os elementos da NextGen e cujo neoclassicismo faz lembrar muito Roger Federer. Sem esquecer o surrealismo de Benoît Paire, claro. Mas mais felizes ainda estamos pelo facto de termos um grande evento sustentável e consolidado com o apoio incondicional do Millennium BCP e da Câmara Municipal de Cascais, a par de uma família de parceiros e patrocinadores de prestígio que voltou a ser alargada este ano”.

 

A FORÇA DA JUVENTUDE: ‘LEÃO DA SERRA’ E ‘EL GRECO’

 

Para além dos protagonistas já desvelados nas últimas semanas, o grande destaque da lista de inscritos vai para dois jovens artistas que se irão dar a conhecer ao público português: Frances Tiafoe e Stefanos Tsitsipas – dois elementos que estão atualmente no top 8 da chamada Race to Milan, que no final da temporada determina quais os oito jogadores sub-21 que irão competir no torneio dos jovens mestres (NextGen ATP Finals).

 

O norte-americano, de 20 anos, alcançou o seu melhor ranking de sempre (60º) na sequência do seu primeiro título do ATP World Tour em Delray Beach, há escassas semanas – o mais jovem tenista dos EUA a ganhar um título no circuito principal desde Andy Roddick, em 2002. Filho de refugiados que escaparam à guerra civil na Serra Leoa, desde muito cedo deu que falar: aos 15 anos foi o mais jovem campeão júnior na história do Orange Bowl e aos 17 anos foi o mais jovem norte-americano a competir no quadro principal de Roland Garros desde Michael Chang em 1989. Ganhou quatro títulos em nove finais no circuito Challenger e no último US Open obrigou o campeoníssimo Roger Federer a uma maratona de cinco sets, pouco depois de ter conseguido o seu primeiro escalpe do top 10 ao derrotar Alexander ‘Sascha’ Zverev no Masters 1000 de Cincinatti. Foi escolhido pelo capitão John McEnroe para substituir o seu ídolo Juan Martin del Potro no Team World que competiu na Laver Cup; este ano já derrotou esse mesmo Juan Martin del Potro e ‘parceiros’ da NextGen, como Hyeon Chung e Denis Shapovalov. Com 1m88, é conhecido pelo seu poderio físico e pancada de direita executada com uma técnica muito original.

 

O grego, de 19 anos, é já o melhor tenista do seu país na Era Open – o primeiro helénico a integrar o top 100 mundial, tendo por melhor ranking o 70º posto. Filho de pai grego e de uma antiga tenista de topo da União Soviética (o avô, Sergei Salnikov, foi um antigo futebolista internacional pela USSR e posteriormente treinador), não pôde contar com o apoio da federação de ténis grega para competir em torneios juvenis fora da Europa no período mais grave da crise financeira, mas conseguiu posteriormente ser número um mundial de juniores e campeão de pares de Wimbledon em sub-18. Já ganhou cinco títulos Future e um troféu Challenger; no circuito principal chamou a atenção ao ultrapassar consecutivamente os qualifyings de Roland Garros e Wimbledon em 2017, acabando o ano com a presença nas meias-finais de Antuérpia e integrando o elenco do NextGen ATP Finals em Milão.  Na época de defeso foi escolhido para treinar em Monte Carlo com alguns dos melhores tenistas do mundo, como Novak Djokovic, Stan Wawrinka, Tomas Berdych e Grigor Dimitrov – e arrancou a presente temporada com a presença nos quartos-de-final no torneio de Doha, após bater Richard Gasquet. Com 1m93, é o mais estilista dos jovens craques e faz recordar o seu ídolo Roger Federer tanto pela técnica como pela elegância, destacando-se a esquerda a uma mão como crucial no seu plano de jogo. Um artista que merece o famoso cognome de ‘El Greco’!

 

APRESENTAÇÃO OFICIAL NO DIA 28

 

A 3LOVE, entidade promotora do Millennium Estoril Open, tem agendada a apresentação oficial do torneio para as 11 horas do próximo dia 28 de Março na Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais. Em breve será feito o convite detalhado via e-mail para uma apresentação onde serão reveladas mais novidades relevantes no plano desportivo e organizativo, incluindo a divulgação do primeiro wild card para o quadro principal.

 

LISTA COMPLETA DE INSCRITOS

 

Com acesso direto                              Ranking

 

Kevin Anderson (AFS)                          8.º

Pablo Carreño Busta (ESP)                 19.º

Nick Kyrgios (AUS)                                20.º

Albert Ramos-Vinolas (ESP)               24.º

Kyle Edmund (GBR)                             26.º

Gilles Muller (LUX)                                28.º

David Ferrer (ESP)                                35.º

Robin Haase (HOL)                                44.º

Leonardo Mayer (ARG)                        45.º

Benoît Paire (FRA)                                 47.º

Daniil Medvedev (RUS)                        52.º

Tennys Sandgren (EUA)                      58.º

Frances Tiafoe (EUA)                            63.º

Nicolas Jarry (ARG)                               65.º

Federico Delbonis (ARG)                     67.º

Stefanos Tsitsipas (GRE)                      70.º

Gilles Simon (FRA)                                 72.º

Roberto Carballes Baena (ESP)         78.º

João Sousa (POR)                                    80.º

 

Alternates

 

Nicolas Kicker (ARG)                             87.º

John Millman (AUS)                               96.º

Marco Cecchinato (ITA)                       97.º

Malek Jaziri (TUN)                                 98.º

Mikhail Youzhny (RUS)                        102.º

Ricardas Berankis (LIT)                       103.º

Cameron Norrie (GBR)                        105.º

Pablo Andujar (ESP)                             105.º *

Gastão Elias (POR)                                 106.º

 

*ranking protegido

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 22 de abril de 2019 – 20:47:02

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...