Richard Gasquet é a novidade na lista de inscritos do Millennium Estoril Open

 

 

·        Richard Gasquet: a principal novidade

·        Nick Kyrgios: primeiro da lista

·        João Sousa: no lote dos eventuais cabeças-de-série

·        Qualidade: dois top 20; cinco ex-top 10

·        Cut Off: 72º, o mais baixo na curta história do evento

·        Multinacional: 12 nacionalidades representadas

·        Gastão Elias: quatro lugares fora

 

Na sequência do fecho das inscrições, a entidade organizativa do Millennium Estoril Open anunciou nesta terça-feira a lista oficial de participantes na terceira edição do maior evento tenístico português – que este ano se realiza entre 28 de Abril e 7 de Maio. Após a triagem feita pelo ATP World Tour, a 3LOVE tem o prazer de revelar o elenco que estará presente no Clube de Ténis do Estoril e a grelha competitiva afigura-se muito interessante.

 

Num quadro principal de 28 elementos, a lista dos 19 jogadores que têm antecipadamente garantida a sua entrada directa (acompanhados depois de quatro qualifyers, três wild cards e eventualmente dois special exempts) apresenta dois nomes do top 20, cinco elementos no top 30, outros cinco com credenciais de top 10 e um contingente de 12 países bem representativo dos quatro cantos do mundo – com a Espanha (cinco jogadores), a Argentina (quatro) e a França (dois) a destacarem-se nessa mundialização que faz da edição deste ano a mais internacional até ao momento.

 

O elenco é encabeçado por esse grande protagonista do ténis da actualidade que é o jovem australiano Nick Kyrgios, com o argentino Juan Martin del Potro, o francês Richard Gasquet e o muito português João Sousa a completarem um quarteto de relevo – sem esquecer os dois espanhóis finalistas na edição transacta, Nicolas Almagro ePablo-Carreño Busta. No total, cinco integrantes do top 30 aquando do fecho das inscrições (iguala registo de 2015; mais um do que em 2016); a lista também inclui cinco tenistas com credenciais de top 10 (Richard Gasquet, Juan Martin del Potro, Nicolas Almagro, Tommy Robredo, Juan Monaco) e o cut off de 72 melhora o último ranking de admissão nas edições de 2015 (76.º) e 2016 (89.º) – e mais baixo que os cut offs de Munique (82.º) e Istambul (87.º), que se realizam na mesma semana.

 

O COMENTÁRIO DO DIRECTOR DO TORNEIO

 

“Estou muito satisfeito com o naipe de jogadores reunido para a terceira edição do Millennium Estoril Open. Mais ainda do que nas edições anteriores, teremos um belo conjunto de estilos e personalidades no Clube de Ténis do Estoril que é garantia de um excelente espetáculo para os aficionados presentes no local e os telespectadores que nos seguem por esse mundo fora”, refere João Zilhão, o director do torneio.“Após o anúncio prévio de Juan Martin del Potro e Nick Kyrgios como principais cabeças-de-cartaz na companhia do melhor tenista português de todos os tempos, revelamos hoje o regresso de um tenista tão virtuoso e consagrado como Richard Gasquet, campeão da primeira edição. Todos os ingredientes estão reunidos: muito carisma e muito talento, veteranos experientes com estatuto de top 10 e jovens emergentes da NexGen do ATP World Tour como Daniil Medvedev, actual segundo classificado na Corrida para Milão, um tomba-gigantes do Open da Austrália como Denis Istomin e vencedores de títulos ATP neste ano como Gilles Muller e Ryan Harrison. Mas sobretudo teremos um torneio sustentável e consolidado, que este ano será ainda melhor graças à experiência adquirida nas bem sucedidas primeiras duas edições e o apoio incondicional do Millennium BCP e da Câmara Municipal de Cascais, a par de uma excelente família de parceiros e patrocinadores”.

 

O REGRESSO DE RICHARD GASQUET

 

Entre os nomes hoje desvelados, e após os anúncios feitos previamente relativamente a Juan Martin del Potro eNick Kyrgios, aquele que mais se destaca é o de Richard Gasquet – o francês que ganhou a edição inaugural de 2015 na sequência de uma tremenda demonstração de virtuosismo.

 

“Estou encantado por regressar ao Millennium Estoril Open, onde tive imenso sucesso em 2015 com a conquista do título. Gosto muito de Cascais, do maravilhoso Hotel Miragem com a sua vista sobre o mar, e também do novo evento no coração do Estoril. Espero voltar a jogar o meu melhor ténis outra vez, em frente a todos os meus fãs em Portugal. Vemo-nos na primeira semana de Maio!”.

 

GASTÃO ELIAS PERTO DA ENTRADA DIRECTA

 

Na actual lista, o lote de 19 entradas directas pode passar a 21 nas vésperas do torneio, já que os dois lugares reservados para os ‘special exempts’ – jogadores inscritos no qualifying do Millennium Estoril Open, mas que não o poderão jogar em virtude do apuramento para as meias-finais de um torneio do ATP World Tour na semana anterior – raramente são utilizados. O primeiro de fora da lista é o sul-africano (e ex 10.º mundial) Kevin Anderson. O número dois nacional Gastão Elias está quatro lugares fora – apenas dois, se forem descontados os ‘special exempts’. As probabilidades de poder entrar directamente são boas, após os acertos de última hora ou desistências por lesão.

 

NOMES E CLASSIFICAÇÃO*

 

1.    Nick Kyrgios (Austrália), 16.º

2.    Pablo Carreño-Busta (Espanha), 19.º

3.    Richard Gasquet (França), 22.º

4.    Albert Ramos-Viñolas (Espanha), 27.º

5.    Gilles Muller (Luxemburgo), 29.º

6.    Juan Martin del Potro (Argentina), 34.º

7.    João Sousa (Portugal), 35.º

8.    Benoît Paire (França), 39.º

9.    Kyle Edmund (Grã-Bretanha), 45.º

10.                     Ryan Harrison (EUA), 47.º

11.                     Malek Jaziri (Tunísia), 53.º

12.                     Nicolas Almagro (Espanha), 56.º

13.                     Federico Delbonis (Argentina), 57.º

14.                     Tommy Robredo (Espanha), 57.º (ranking protegido)

15.                     Yoshihito Nishioka (Japão), 58.º

16.                     Daniil Medvedev (Rússia), 60.º

17.                     Carlos Berlocq (Argentina), 69.º

18.                     Denis Istomin (Uzbequistão), 70.º

19.                     Juan Monaco (Argentina), 72.º

 

ALTERNATES

20.                     Kevin Anderson (África do Sul), 74.º

21.                     Evgeny Donskoy (Rússia), 81.º

22.                     Stéphane Robert (França), 88.º

23.                     Gastão Elias (Portugal), 89.º

24.                     Guillermo Garcia-Lopez (Espanha), 90.º

25.                     Hyeon Chung (Coreia do Sul), 92.º

 

*ranking de 20 de Março de 2017

 

PROMOÇÃO DE BILHETEIRA COM PREÇOS ESPECIAIS

 

Os bilhetes para a terceira edição do Millennium Estoril Open já estão à venda e oferecem atrativos descontos.

 

Os maiores fãs têm também ao seu dispor as variantes ‘Pack Torneio’ e ‘Pack Finais’.As crianças até aos 6 anos têm entrada gratuita no recinto (exceto no Estádio Millennium) desde que acompanhadas por um adulto; o recinto dispõe de um Kids’ Place, gratuito para crianças dos 3 aos 6 anos. A idade mínima para aceder ao Estádio Millennium (Court Central) é de 6 anos.

 

A aquisição dos ingressos pode ser feita na Blue Ticket (www.blueticket.pt), bilheteira oficial do Millennium Estoril Open 2017, e nos restantes locais habituais.

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...