13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Nick Kyrgios assegurado no Millennium Estoril Open

 

 

        Jovem australiano: “Evento muito especial”

·       Director do torneio: “O mais popular”

·       John McEnroe: “Protótipo ideal para o ténis”

·       Triunfo em duelo de futuros campeões

·       Bilheteira: packs com preços especiais

 

 

A 3Love, entidade promotora do Millennium Estoril Open, tem o enorme prazer de confirmar a presença de mais uma grande vedeta na terceira edição do único evento nacional inserido no calendário do ATP World Tour. Trata-se do australiano Nick Kyrgios, que nos dois anos anteriores foi um autêntico campeão de popularidade no Clube de Ténis do Estoril. O jovem de 21 anos e atual 16º da hierarquia mundial junta-se assim ao melhor tenista português de todos os tempos, João Sousa, ao ‘Bom Gigante’ argentino Juan Martin del Potro e ao espanhol Pablo Carreño-Busta no lote de participantes já confirmados para a edição de 2017 – agendada entre 29 de Abril e 7 de Maio.

 

“Após muitos meses de negociações com o agente do jogador, recebemos finalmente a confirmação de que estará novamente presente no Millennium Estoril Open”, revela João Zilhão, diretor do torneio. “Nick Kyrgios é dono de um talento enorme e tem confirmado ser um dos mais espetaculares jogadores do ATP World Tour nos últimos anos, para além de ter tido grande sucesso em Portugal tanto dentro como fora do court. É reconhecido por toda a indústria do ténis, desde os aficionados até aos mais prestigiados comentadores, como um fenómeno de entretenimento difícil de rivalizar. Isso faz dele um dos jogadores mais cobiçados e a sua cotação tem subido em flecha, mas as excelentes recordações que levou nos dois últimos anos também contribuíram para a decisão final de regressar ao nosso país em vez de optar por outro torneio. Foi finalista em 2015 e semifinalista em 2016, mas ganhou claramente a todos na popularidade e no impacto junto do público”. E acrescenta: “Vejo nele capacidades para ganhar títulos do Grand Slam e ser número um mundial no futuro, uma vez que é capaz de derrotar qualquer adversário. Provou-o ao tornar-se recentemente no único a bater Novak Djokovic, Roger Federer eRafael Nadal no primeiro encontro que teve com cada um deles. O espetáculo está garantido e, tendo em conta a presença já anunciada deJuan Martin Del Potro, teremos no Clube Ténis do Estoril dois dos mais carismáticos jogadores do circuito”.

 

As declarações do jovem de Camberra denotam bem a relevância que o Millennium Estoril Open teve na sua carreira e as sensações positivas que levou de Portugal e do seu contacto com os adeptos nacionais.

 

“Estou muito entusiasmado por regressar ao Millennium Estoril Open. O torneio em si e a beleza da área de Cascais trazem-me memórias muito especiais, pois foi aí que cheguei pela primeira vez a uma final do circuito ATP e que comemorei o meu aniversário nos dois últimos anos, com a ajuda da organização”, refere Nick Kyrgios na declaração enviada hoje de manhã. “É um evento único, muito especial, com fãs que estão entre os melhores do mundo e estou ansioso por voltar a jogar no Estoril em 2017, perante grandes adeptos”.

 

Em 2015, Nick Kyrgios celebrou o seu aniversário na festa dos jogadores e foi surpreendido com um bolo personalizado. Em 2016 jogou no seu dia de anos e voltou a ser surpreendido, com a organização a colocar nos ecrãs gigantes do Estádio Millennium um vídeo especialmente preparado para a ocasião e que teve a participação dos pais, do irmão, da namorada Alja Tomljanovic e de vários jogadores amigos, incluindo o actual número um mundial Andy Murray; depois foi presenteado com um bolo no court e o estádio inteiro cantou-lhe os ‘Parabéns a Você’.

 

Acabaria por ceder nas meias-finais diante do futuro vencedor Nicolás Almagro, ao passo que em 2015 perdeu somente no derradeiro encontro diante de um Richard Gasquet em estado de graça, mas levou a confiança necessária para bater Roger Federer poucos dias depois no Masters 1000 de Madrid. Em 2016 tornou-se mesmo no primeiro australiano a ganhar três títulos (Marselha, Atlanta, Tóquio) numa temporada desde Lleyton Hewitt (o seu capitão na Taça Davis que também tinha batido Federer, Nadal e Djokovic à primeira mas num estado embrionário das respetivas carreiras). Na época em curso, alinhou meias-finais consecutivas nos últimos dois torneios em que jogou, em Marselha e em Acapulco, onde bateu Novak Djokovic na sequência de uma exibição cintilante. Encontra-se agora no Masters 1000 de Indian Wells e derrotou espetacularmente Alexander Zverev num muito aguardado duelo de jovens estrelas.

 

TÉNIS ESPETACULAR, PERSONALIDADE POLARIZANTE

 

Nick Kyrgiosdeixou excelente cartel por terras lusas, não só revelando-se inexcedível no contacto com os adeptos e nas várias ações de promoção efetuadas durante a sua estadia no concelho de Cascais, mas também seduzindo o público pela espetacularidade do seu ténis. Dotado de um estilo explosivo, o talentoso australiano está apetrechado de argumentos atacantes dignos dos grandes campeões australianos do passado mas com um cunho moderno que assenta sobretudo num serviço-canhão e num poderoso golpe de direita acompanhados de regulares incursões à rede, sem esquecer ousadas pancadas entre as pernas ou de costas para a rede.

 

A elevada estatura (1m93), as origens multi-raciais/culturais(mãe malaia, pai grego) e a aura de ídolo da juventude (corte de cabelo, equipamentos vistosos) também contribuem muito para a sua fama, a par de uma reputação algo controversa, que faz dele um jogador polarizante no circuito profissional masculino. “Nick Kyrgios é o futuro do ténis”, considera John McEnroe; “é o protótipo perfeito para a modalidade. As pessoas querem jogadores que mostrem a sua personalidade, as suas emoções. Querem heróis”. Outro antigo campeão, Mats Wilander, refere mesmo que “Nick Kyrgios é o jovem jogador mais entusiasmante que temos na modalidade. Não sei se terei alguma vez visto alguém melhor como valor de entretenimento”.

 

Será seguramente uma grande mais-valia para o Millennium Estoril Open.

 

PROMOÇÃO DE BILHETEIRA COM PREÇOS ESPECIAIS

 

Os bilhetes para a terceira edição do Millennium Estoril Open já estão à venda e oferecem atrativos descontos.

 

Os maiores fãs têm também ao seu dispor as variantes ‘Pack Torneio’ e ‘Pack Finais’.As crianças até aos 6 anos têm entrada gratuita no recinto (exceto no Estádio Millennium) desde que acompanhadas por um adulto; o recinto dispõe de um Kids’ Place, gratuito para crianças dos 3 aos 6 anos. A idade mínima para aceder ao Estádio Millennium (Court Central) é de 6 anos.

 

A aquisição dos ingressos pode ser feita na Blue Ticket (www.blueticket.pt), bilheteira oficial do Millennium Estoril Open 2017, e nos restantes locais habituais.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 19 de abril de 2019 – 08:46:39

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...