13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Gastão Elias recebe wild card para o Millennium Estoril Open

Melhor português em Portugal nos últimos dois anos

Joga quartos-de-final em Savannah ainda hoje

Acertos e desistências na lista do quadro principal

Qualifying começa amanhã, sábado, às 10 horas

 

Na véspera do arranque da primeira edição do Millennium Estoril Open (com o início do qualifying agendado para as 10 horas deste sábado), João Zilhão – director do torneio – divulgou a meio da tarde de sexta-feira o segundo wild card para o quadro principal: Gastão Elias, que assim se junta a Frederico Silva na lista de convidados. O último dos três wild cards para o quadro principal de singulares, que constituem prerrogativa do director do torneio será desvelado aquando do fecho das inscrições para a fase de qualificação, pelas 21 horas de hoje, no palco da competição: o Clube de Ténis do Estoril.

 

“Sempre foi determinação nossa privilegiar a participação portuguesa no maior torneio de ténis português”, refere João Zilhão. “O Gastão Elias é o actual número dois nacional no ranking mundial e não só foi o nosso jogador com melhores resultados em torneios realizados em solo luso nos últimos dois anos como está a provar o seu bom momento de forma actual com o acesso aos quartos-de-final em Savannah, nesta semana”.

 

Gastão Elias atingiu os quartos-de-final do anterior torneio do ATP World Tour jogado em Portugal, o Portugal Open, em 2013 e 2014 – e joga hoje mais logo o seu encontro dos quartos-de-final do Challenger de Savannah diante do coreano Hyeon Chung, quarto cabeça-de-série da prova de 50.000 dólares que se está a jogar naquela localidade do estado norte-americano da Geórgia.

 

ACERTOS NA LISTA DE ENTRADAS DIRECTAS

 

Como sempre sucede, há desistências e entradas de última hora, para além do facto de não ter sido utilizada nenhuma das duas vagas previstas para jogadores inscritos no qualifying mas apurados para as meias-finais de eventos do ATP World Tour nesta semana (os chamados special exempts). Eis as mais recentes rectificações:

 

Desistências:

Adrian Mannarino (França; lesão no pulso direito)

Carlos Berlocq (Argentina; lesão na coxa esquerda que o forçou a desistir de Monte-Carlo e a abdicar de Bucareste)

Marcos Baghdatis (“non-medical issue”)

 

Entradas(que substituem as três desistências mais as duas vagas não utilizadas para special exempts):

 

Alejandro Gonzalez (Colômbia; 93º aquando do fecho das inscrições)

Filip Krajinovic (Sérvia; 103º aquando do fecho das inscrições)

Stéphane Robert (França; ranking protegido de 103º aquando do fecho das inscrições)

Robin Haase (Holanda; 104º aquando do fecho das inscrições)

Albert Montañes (Espanha, 105º aquando do fecho das inscrições)

 

Nesta altura ficam apenas por definir cinco nomes do quadro principal de 28 jogadores: os quatro que irão emergir da fase de qualificação jogada entre sábado e segunda-feira e o último wild card (a divulgar esta noite).

 

O sorteio será efectuado no Slice Lounge montado no Clube de Ténis do Estoril pelas 15 horas de sábado, com acesso livre para a imprensa e transmissão em directo na RTP Informação.

 

 

GASTÃO ELIAS: QUARTOS-DE-FINAL A DOBRAR

 

Nos 25 anos de vida do anterior torneio do ATP World Tour realizado em Portugal, apenas um jogador português logrou atingir os quartos-de-final em anos consecutivos no Jamor. E não foram João Sousa, Frederico Gil e Rui Machado ou tão pouco Nuno Marques e João Cunha e Silva – foi Gastão Elias.

 

O jovem da Lourinhã desde muito cedo se destacou nos escalões juvenis em Portugal e foi um dos melhores juniores do planeta, tendo atingido a sexta posição do ranking mundial de sub-18 após chegar aos quartos-de-final de Wimbledon e ganho o famoso Eddie Herr International em 2007. Nessa altura já estava radicado em Bradenton, na Flórida, para onde foi integrar o sistema ténis/estudos da famosa Nick Bollettieri Tennis Academy sob a égide da IMG, chegando a partilhar quarto com o actual Top 5 Kei Nishikori. E foi dos raros jogadores a servir de sparring-partner, no mesmo dia, aos eternos rivais Roger Federer e Rafael Nadal – tendo referido nesse dia ao jornal espanhol El País que “Primeiro está Federer, depois Deus, depois Nadal”. Antes, tinha sido convidado a passar uma semana de treino em Monte-Carlo com o campeoníssimo suíço... um privilégio ao alcance de muito poucos!

 

A passagem da elite júnior para o circuito profissional foi, como na maioria dos casos, complicada. Mas, ao contrário de muitas outras vedetas do circuito juvenil das quais nunca mais se ouviu falar, o rapaz da Lourinhã tem forjado uma boa carreira com o top 100 à vista. A sua estreia em quartos-de-final do ATP World Tour no Portugal Open de 2013 – perdendo com o futuro campeão Stanislas Wawrinka após derrotar Horacio Zeballos e Denis Istomin – levou-o mesmo à 103ª posição, o seu melhor ranking de sempre. E ainda atingiu as meias-finais de pares ao lado do velho amigo e rival João Sousa! Um ano volvido, e com a pressão de ter de defender os pontos sob o risco de levar um tombo na hierarquia mundial, repetiu a façanha com sucessos sobre os experientes Filippo Volandri e Guillermo Garcia-Lopez antes de ser afastado por Victor Hanescu.

 

Nos escalões inferiores, conta com quatro títulos Future (entre 2007 e 2011) e dois troféus Challenger no Brasil (Rio de Janeiro em 2012 e Santos em 2013) em onze finais. Este ano, no circuito Challenger, chegou ao encontro decisivo de Bucaramanga e às meias-finais de Santo Domingo. Continua a ser treinado pelo ex-profissional brasileiro Jaime Oncins (nº 34 ATP em Maio de 1993) e, após um período em que fixou residência no Brasil, está de regresso a Bradenton. Sempre jovial e bem disposto, ‘Pêpê’ é um dos mais simpáticos tenistas do circuito.

 

Gastão Elias

País: Portugal

Naturalidade: Caldas da Rainha

Residência: Bradenton (EUA)

Idade: 24 anos (24/11/1990)

Físico: 1m80/76kg

Característica: dextro (esquerda a duas mãos)

Ranking inscrição: 127 (melhor ranking: 103)

Prize-Money: $415,146

Periodicidade Diária

segunda-feira, 19 de agosto de 2019 – 12:05:44

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...