15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Dia curto em Cascais reserva decisão do título para Sábado

 

Ondas grandes, vento e areia no ar: nada disto foi suficiente para impedir os melhores surfistas nacionais de entrar na água, esta sexta-feira, num dia curto de competição, para a segunda etapa da Liga MEO Surf 2017, o Bom Petisco Cascais Pro.

A segunda ronda masculina cedo foi para a água e por lá se manteve até ao seu fim, revelando que os mais cotados da Liga estão prontos para o dia das finais. Apesar das condições desafiantes, viu-se, mais uma vez, excelente surf, com o líder do ranking Vasco Ribeiro a fazer mesmo a melhor nota e pontuação global da etapa até ao momento.

O candidato ao título nacional de 2017 dominou totalmente a sua bateria, deixando Ivo Cação na 2ª posição e eliminando Ivan Bailote, 3º, e Tomás RIbeiro, 4º. Na terceira fase, seguem-se José Ferreira, João Kopke e Paulo Almeida no caminho até ao título do ex-tricampeão nacional.

Também na disputa pelo troféu máximo do surf português, Miguel Blanco e Pedro Henrique, também não deram azo a dúvidas, qualificando-se com autoridade para a fase seguinte do Bom Petisco Cascais Pro ao vencer as suas baterias. A manhã terminou com Kiron Jabour, Alex Botelho e Filipe Jervis a apresentarem bom surf nas longas paredes que as ondas do Guincho ofereceram.

Sobre a corrida ao título nacional, estes são os cenários do momentos:
- Vasco Ribeiro é campeão nacional se chegar ao 3º;
- Se Vasco Ribeiro perder em 5º lugar, Pedro Henrique precisa de ganhar a etapa para ser campeão nacional;
- Se Vasco Ribeiro perder em 9º lugar, Miguel Blanco precisa de ganhar a etapa;

Neste segundo dia de competição no Bom Petisco Cascais Pro, ficaram, portanto, por entrar na água, a categoria feminina e o MOCHE Groms Cup. Sobre esta última competição, dedicada aos mais novos da Liga, antevê-se uma final muito interessante, uma vez que está nela garantida a presença de Afonso Antunes, Guilherme Ribeiro e João Vidal, sendo eles os surfistas que já provaram o sabor da vitória nesta competição em 2017. Juntam-se a eles Joaquim Chaves, Martim Paulino e João Clara, todos eles surfistas com capacidade de lutar pela vitória.

As grandes decisões do ano e da etapa ficam adiadas para amanhã, Sábado, dia 16 de Setembro, sendo que a chamada para o recomeço da competição, na praia do Guincho em Cascais, está marcada para as 7:30, com um possível início às 8:00.
 
Para além da competição principal, o Bom Petisco Cascais Pro tem ainda em disputa o Cascais Best Surfer, a Renault Expression Session, a Somersby Onda do Outro Mundo, o Moche Groms Cup (uma iniciativa da FPS e ANS), o MEO Rip Curl Fantasy, e o Canon Workshop de Fotografia de Surf com Ricardo Bravo. A premiação global da Liga MEO Surf 2017 é de 90.000€.

Todas as etapas da Liga MEO Surf têm transmissão em directo em www.ligameosurf.pt, no MEO Kanal 202020, e no canal televisivo MCS Extreme, juntando-se ainda os programas diários e de resumo na SIC Radical e Bola TV. As plataformas oficiais são os meios institucionais da Associação Nacional de Surfistas através do seu portal www.ansurfistas.com e as redes sociais em @ansurfistas.
 
A Liga MEO Surf 2017 e o Bom Petisco Cascais Pro são uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Bom Petisco, Allianz Seguros, Renault, Somersby, Moche e Rip Curl, o apoio local da Câmara Municipal de Cascais, os parceiros oficiais SIC e Cidade FM, os media partners A Bola, Diário de Notícias, Jornal I, MCS Extreme, Onfire, Surftotal e MEO Beachcam, e o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf e do Clube Recreativo e Cultural Quinta dos Lombos.

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 20 de setembro de 2020 – 01:09:56

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...