14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Montepio Cascais Pro - Frederico Morais lidera corrida pelo título nacional masculino

 

 

A quinta e última etapa da Liga MOCHE 2015, principal competição nacional e o circuito que define os campeões nacionais de surf, realiza-se já na próxima semana, em Cascais. O Montepio Cascais Pro será decisivo para a atribuição do título nacional masculino, entre Frederico Morais e Tiago Pires, os dois únicos atletas capazes de o conquistar.

 

Morais, campeão nacional em 2013, leva vantagem à partida, uma vez que lidera o ranking nacional e conta já com duas vitórias na Liga MOCHE deste ano. Para conseguir irrevogavelmente o seu segundo título nacional, “Kikas” terá de alcançar pelo menos as meias-finais do Montepio Cascais Pro, enquanto Tiago terá de vencer a prova e esperar que Frederico não chegue a essa fase.

 

Com uma disputa tão acesa entre os dois amigos, seria normal que as emoções estivessem ao rubro... ou não?!... aproveitámos esta fase de preparação, durante as etapas do circuito mundial a decorrerem em Portugal, para colocar algumas perguntas ao cascalense de 23 anos, que já foi o rookie da Triple Crown havaiana, em 2013, e o campeão nacional Pro Junior mais jovem de sempre, aos 14 anos.

 

Como vai ser esta última etapa, a jogar em casa, contigo e o Tiago na luta pelo título?

Não sei como vai ser esta prova... Será com certeza igual às outras no que toca à atitude, a tentar mostrar bom surf e a focar-me heat a heat, não no resultado final ou no título!...

 

Tens estado tão focado no circuito mundial de qualificação que nem te lembras que podes sagrar-te bi-campeão nacional dentro de uma semana?

A minha prioridade este ano é de facto o circuito mundial, mas as etapas da Liga MOCHE têm sido um óptimo treino competitivo e até têm corrido bem, o que me leva a estar na corrida ao título. No entanto, não foi programado!... Se acontecer, aconteceu, se não acontecer, funcionou como um bom treino... é um objectivo que já cumpri. Vamos ver como corre, mas é óbvio que vou lutar pela vitória!

 

Embora leves vantagem nessa disputa, o Tiago pode sempre conquistar o título este ano. Se pudesses, por que ponto fraco lhe pregarias uma “rasteira”?

Acho que não há grandes rasteiras a pregar... se me encontrar com o Saca na competição, será provavelmente na final, se ambos lá chegarmos, por isso não há muito que possa fazer a não ser focar-me no meu surf. Tudo depende de mim. Espero que as ondas estejam boas, para podermos dar um bom espectáculo!

 

E se chegarem ambos à final, no Guincho, com ondas de gala?!... vais lembrar-te da meia-final da primeira etapa do ano, em Ribeira D’Ilhas, discutida entre ambos, com ondas clássicas?!...

Vou! (com um sorriso) Já fizemos também outra final com boas ondas este ano, na Costa de Caparica... vamos ver como vai correr agora no Guincho, como estarão as ondas e, se chegar à final, é claro que vou lutar pela vitória. Será uma final como outra qualquer!

 

O que Frederico não disse é que essa “final com boas ondas, na Costa de Caparica”, foi vencida por ele, deixando o “duelo particular” entre ambos empatado em 2015. “Kikas” iniciou o ano com um terceiro lugar na Ericeira, venceu as duas etapas seguintes, na Costa de Caparica e no Porto, para conquistar o quinto lugar na quarta etapa, na Praia Grande, deixando assim em aberto a discussão do título, que poderia ter sido seu antecipadamente, caso avançasse para as meias-finais nessa prova. Tudo será decidido agora, no Montepio Cascais Pro!

No feminino, o título está já decidido, a favor de Teresa Bonvalot, que aos 15 anos conquistou-o pela segunda vez consecutiva, deixando agora a disputa pelo vice-título entre Carina Duarte, Carol Henrique, Ana Sarmento e Camilla Kemp.

 

Ao nível dos troféus paralelos, o Montepio Cascais Pro contará com a habitual Renault Expression Session, um espectáculo à parte em que só a melhor manobra interessa para a vitória, sendo atribuídos, nas cinco etapas, 2.500€ anuais aos seus vencedores.

 

Também em disputa nesta última etapa estará o Ramirez Junior Award, um troféu que premeia os melhores juniores da Liga MOCHE com 2.500€ anuais e que conta com objetivos intercalados ao longo das cinco etapas.

 

Não perca o Montepio Cascais Pro, quinta etapa da Liga MOCHE 2015, que distribui mais de 70.000€ de premiação aos surfistas ao longo do ano, dias 8, 9 e 10 de Outubro, em Cascais.

 

Todas as etapas da Liga MOCHE têm transmissão em direto no MEO Kanal 202020; pela internet, em www.liga.moche.pt; na app mobile Surf MOCHE, bem como na RTP e n’A Bola TV, através de resumos dedicados.

 

O Montepio Cascais Pro é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MOCHE, Montepio, Allianz Seguros, Renault, Montepio, Ramirez, Red Bull, o apoio local da Câmara Municipal de Cascais e do Clube Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos, os parceiros oficiais RTP, GO-S.TV e Puro Feeling, bem como os media partners Mega Hits, A Bola, Surf Portugal, ONFIRE e Beachcam, contando também com oapoio técnico da Federação Portuguesa de Surf.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 20 de setembro de 2019 – 06:06:45

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...