13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Assembleias-Gerais da Federação de Patinagem de Portugal.

 

 

Realizaram-se este sábado duas Assembleias-Gerais da Federação de Patinagem de Portugal.

 

Este sábado, os órgãos da Federação de Patinagem de Portugal estiveram reunidos com os delegados das diversas associações para duas Assembleias-Gerais.

 

A primeira tinha como ponto único a Discussão e Votação do Plano de Actividades e Orçamento para o ano de 2019, sendo o documento aprovado com apenas cinco votos contra entre os 35 delegados votantes presentes.

 

A segunda Assembleia-Geral englobava a Leitura, Discussão e Votação das Actas nº 1 e 2, das Assembleias-Gerais de 2018, sendo ambas aprovadas por unanimidade, e esclarecimento e análise de assuntos de interesse da Patinagem.

 

 

Entretanto, Fernando Claro tomou posse da palavra para anunciar a renúncia do órgão unipessoal de Presidente, para o qual foi eleito em 2003 e reconduzido em 2004, 2008, 2012 e 2016.

 

Em balanço pelos mais de 15 anos de liderança, Fernando Claro recordou os momentos difíceis vividos, em particular a recuperação financeira de uma dívida a rondar o 1,250 milhões de euros e a liquidação – a 12 de Dezembro de 2017 - do empréstimo contraído para a aquisição da sede. O que levou à conquista de credibilidade junto da Banca e demais fornecedores.

 

O Presidente congratulou-se ainda com a conquista de espaço Olímpico através do Skate, antes de enumerar outros eixos fundamentais nos seus mandatos, como os projectos do Mini-HP, Garantia e Ambição da Patinagem Artística ou o estudo longitudinal na Patinagem de Velocidade.

 

A recente chegada do Hóquei em Patins ao Placard seria um toque de pedra final, que permitirá receitas adicionais.

 

Fernando Claro não deixou também de agradecer e reconhecer o papel preponderante de diferentes agentes da modalidade, antes de afirmar que era tempo de dar o lugar e oportunidade a "sangue novo" e de dedicar à família o tempo que lhes retirou nos últimos - largos – anos, mais de 40 ligados ao dirigismo.

 

A renúncia é “irreversível” e “irrevogável” e será solicitado ao Presidente da Mesa da AG que inicie quanto antes o processo eleitoral e que sejam marcadas as eleições intercalares para todos os órgãos sociais da FPP. A assembleia geral electiva e respectiva tomada de posse dos órgãos sociais terão lugar no próximo dia 15 de Dezembro.

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 21 de abril de 2019 – 08:28:18

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...