13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

I Ori-BTT de Messejana - Vitória coletiva do BTT Loulé/ BPI

alt
 
No passado fim-de-semana (5 e 6 de Maio) realizou-se o “I Ori-BTT de Messejana”, no concelho de Aljustrel, com a organização da ADFA, em parceria com a Câmara Municipal de Aljustrel, a Junta de Freguesia de Messejana e a Federação Portuguesa de Orientação. Esta prova contou com mais de uma centena de atletas, tendo-se destacado Susana Pontes (CPOC), na Elite Feminina, que venceu as duas etapas e Daniel Marques (COC) que venceu em Elite Masculina. O clube vencedor deste do trofeu foi, mais uma vez, o BTT-Loulé/BPI.
 
O «I Ori-BTT de Messejana» foi uma prova de orientação em BTT aberta a pessoas de qualquer idade, podendo participar nos escalões de competição ou nos escalões de promoção.
 
Este evento, integrado no calendário da Taça de Portugal, foi constituído por dois percursos, um de distância longa e outro de distância média, pontuáveis para os rankings Individual FPO e de Clubes FPO, e decorreu na histórica freguesia de Messejana e nos seus verdejantes campos, estreando com condições climatéricas algo instáveis, no primeiro dia, mas terminando como qualquer conto de fadas, num lindo dia de primavera, deliciando todos aqueles que participaram em mais uma jornada de orientação em BTT.
 
A equipa do Club BTT Terra de Loulé (BTT Loulé/BPI) participou com 18 atletas, 6 nos escalões jovens e nos veteranos, 5 nos escalões seniores, e ainda, um atleta nos escalões abertos, mais acostumado a prova de XCM e XCO, Ângelo Marques, que participou, pela primeira, vez nesta modalidade.
 
No sábado, debaixo de chuva e com o terreno por vezes pesado, na prova de distância media, realce para os mais jovens. Assim, em D16, Sofia Gomes, não teve dificuldade para bater a sua adversária e perspectivar, desde logo, a vitória no troféu. Já em H16, a disputa foi entre os atletas algarvios, ficando Duarte Sousa em 1º, Miguel Gonçalves em 2º, a pouco mais de um minuto, Rui Costa a contas com problemas mecânicos, defendeu-se no 5º lugar. André Guerreiro, em H18, sem resposta à altura por parte dos oponentes, venceu folgadamente, prevendo-se também a conquista do primeiro lugar do pódio. Em H20, o Campeão Nacional da especialidade, Mac-Mahon Moreira, foi muito superior ao adversário direto, e só um incidente poderia arredá-lo da vitória final. Em Seniores, destaque para Ricardo Jerónimo, em Elites, conseguiu um excelente 4º lugar na prova longa. Em H21A, 4 atletas nos primeiros 5 melhores classificados, tendo mesmo Claudio Santos e Paulo Gonçalves conquistado o 1º e 2º lugar, respetivamente. Nas categorias de veteranos, Rita Gomes, em D35, venceu a etapa a mais de 8 minutos da segunda classificada. Helder Faísca, em H45, conseguiu um proveitoso 3º lugar. Em H50, António Rebelo, em forma e sem erros, alcançou o 1º lugar na etapa e Luís Limas o 4º.
 
Na etapa de Distancia Média, no domingo, já com a bênção do sol, Sofia Gomes, em D14, confirmou o resultado do dia anterior. Em H16, de nada valeu a escassa vantagem de Duarte Sousa (3º), que perdeu para Miguel Gonçalves, que foi primeiro na segunda etapa e confirmou o momento que atravessa com a vitória no troféu, Rui Costa, fez o 2º lugar o que lhe valeu a subida ao pódio em 3º lugar na geral.  Em H18, André Guerreiro, comprovou o 1º lugar. Mac-Mahon Moreira, em H20, geriu bem a vantagem do primeiro dia e acrescentou mais seis minutos de vantagem. Em Seniores, aconteceu o golpe face na classificação. Em H21A, Alex Liberato, com um terreno que lhe era favorável, mas que na etapa anterior não tinha ido além do quarto lugar, obteve uma recuperação fulminante, vencendo a etapa de Dist. Média e o troféu, a 0,39 pts, na classificação geral, de Paulo Gonçalves, este o mais regular dos seniores louletanos, também em 2º lugar nesta etapa. Em Veteranos, Rita Gomes, em D35, confirmou mais uma vitória na categoria. H45, João Lavado, trocou com Helder Faísca, e ainda foi a tempo de conquistar o 3º lugar do pódio, arredando o seu colega de equipa para 4º classificado. Em H50, António Rebelo, graças a sucessivos erros na parte final da etapa, deixou arrebatar o 1º lugar para o atleta do Club TAP, ficando ainda o 3º lugar da classificação geral à mercê de Luís Limas, graças à sua regularidade no 4º lugar.
 
Por equipas, mesmo com as desclassificações de três atletas seniores, na segunda etapa, e consequente perda de pontos para a equipa, saldou-se mais uma vitória do BTT Loulé/ BPI, com 2.366,53 pts, seguido do CN Alvito, com 2.039,56 pts e do COC, com 1.549,94.
 
A próxima prova da TP de O-BTT, será o Troféu Ori-BTT do COA, em Abrantes, nos dias 9 e 10 de Junho 2012.
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 25 de junho de 2019 – 16:30:23

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...