14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Rafaela Azevedo e Algés superam recordes absolutos

 

Rafaela Azevedo, nos 50 costas, e Algés e Dafundo, nos 4x50 estilos, marcaram o segundo dia, com recordes absolutos, do Campeonato Nacional de Juniores e Seniores em Felgueiras. Uma jornada onde Alexis Santos igualou recorde absoluto dos 50 costas.

 

 

Rafaela Azevedo, no primeiro percurso de 50 costas, com 27,45 segundos, e a equipa do Algés e Dafundo - Rafaela Azevedo, Raquel Pereira, Lia Lima e Rita Frischknecht – com 1.53,11 minutos, abriram a sessão feminina de finais de hoje com recordes nacionais absolutos nas respetivas provas.

 

O recorde nacional absoluto de estafeta estava fixado em 1.53.38 pelo FC Porto, no Porto, a 08-12-2012. Nos 50 costas, o máximo absoluto já pertencia a Rafaela Azevedo com 27.68 em Lausanne (Suíça) a 13-12-2019.

 

Rafaela Azevedo:“teria mais oportunidades para bater o recorde na final, mas entendemos que estaria mais fresquinha no primeiro percurso da estafeta e apostamos para aqui. Felizmente consegui bater nos 50 costas e ajudar o Algés a superar os 4x50 estilos, um objectivo que também ambicionávamos.

 

Alexis Santos igualou recorde absoluto na final dos 50 costas (23,69). O nadador do Sporting melhorou o anterior máximo de 23.69 na posse de Gabriel Lopes em Hangzhou (China) a 13-12-2018.

 

Alexis Santos:“Os 50 costas não é uma prova que eu me prepare de forma particlar. O meu foco são os 'estilos', mas estou satisfeito ter feito 23,69 segundos porque é mais um recorde no meu currículo a juntar aos 100 estilos em 25 metros, 200 e 400 estilos, em piscina de 50 metros”.

 

Destaque para Diana Durães ao vencer os 400 livres com mínimos para os mundiais de 2020, com 4.06,62 minutos. Ontem a benfiquista havia vencido os 1500 com mínimos para os mundiais na passagem aos 800 metros (8:28.08).

 

Vitoria Kaminskaya obteve também a marca exigida para participar no Mundial na prova de 200 bruços (2.23,28).

 

Nos juniores, Mariana Cunha (Colégio Efanor) somou o recorde júnior 16 dos 50 mariposa (27,42), de ontem, ao dos 100 de hoje (1.01,05). O anterior recorde de Portugal dos 100 mariposa pertencia a Filipa Tiago com 1.01,56 em SCP S. António Cavaleiros 20-12-2009.

 

Camila Rebelo (Louzan Natação/Efapel) melhorou o seu recorde nacional juniores 17 dos 50 costas para 28,22 segundos. Nas eliminatórias de manhã havia terminado em 28,32.

 

Recorde nacional masculino júnior dos 4x50 estilos para o Sporting com 1.44.33. Ruy Domingos, Francisco Nunes, Salvador Gordo, Eduardo Fernandes superaram o anterior recorde (1.44.80) do FC Porto, em Felgueiras 21-12-2013.

 

De referi a participação de nadadores adaptados nesta competição que aproveitaram para superar recordes nacionais das respetivas classes de deficiência.

 

Tiago Neves (Belenenses) supera recorde nacional nos 100 mariposa (S15) nos 100 mariposa com 58.67 segundos. O anterior recorde de 58.92 já pertencia ao nadador do Belenenses desde 9-12-2017 no Porto.

 

Susana Veiga (CNC Vasco da Gama) soma recorde nos 50 livres (S9) com 29,27 segundos. O recorde que já lhe pertencia estava fixado em 29.55 desde 16-02-2019 na Guarda. Susana Veiga bateu antes o recorde dos 400 livres (S9) com 4.56.55 490. O anterior máximo já lhe pertencia com 5.04.32 desde 17-02-2019 na Guarda

 

Gino Caetano (Galitos/Bresimar) superou também o recorde da sua categoria (S9) nos 50 livres com 25.62. O seu anterior recorde era de 26,02 a 13-10-2019 na Mealhada.

 

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 4 de junho de 2020 – 07:40:31

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...