14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Ana Pinho Rodrigues e quarteto do Algés com recordes absolutos no Funchal

 

Ana Pinho Rodrigues esteve hoje em plano de destaque ao bater o recorde nacional absoluto dos 50 livres no terceiro dia do Open de Portugal - CIMAI/MYRTHA Campeonatos Nacionais de Juvenis e Absolutos Funchal 2019. Uma jornada marca ainda, a encerrar, pelo recorde nacional de estafeta de 4x50 estilos femininos pelo Algés e Dafundo.

 

 

Ana Pinho Rodrigues, nadadora do Sanjoanense/FEPSA, superou o recorde nacional dos 50 livres com a marca de 25,56 segundos, melhorando o registo que que já lhe pertencia desde 28 de julho de 2018 no Jamor. A portuguesa, que é também recordista nacional dos 100 livres, 50 e 100 bruços, somou a sua terceira vitória no Funchal depois dos triunfos nos 50 e os 10 bruços.

 

Ana Pinho Rodrigues:Claro que me sinto muito bem. Eu vinha a apontar para este recorde. Já nas Universíadas tinha ficado muito perto de bater o recorde, que era meu e, obviamente, que a intenção era de melhorar. Só posso estar feliz. Ainda tenho alguns pormenores para melhorar, o que só é positivo. Para esta prova, estava a me sentir muito bem. Trabalhei muitos pormenores. Tenho amanhã [domingo] os 100 livres e o objetivo é estar sempre no meu melhor. O meu tempo é recorde nacional, portanto vamos ver como vai sair. Nos 50 ‘crawl’, o mínimo para o Europeu era 25,03, ou seja, fiquei bastante perto de uma prova de 50 metros. São os pormenores que contam. Sei que ainda tenho coisas para melhorar e acho que isso passou a ser o meu grande objetivo para a próxima época, que começa em setembro. Agora, são férias depois disto. Descansar, repousar e fazer um ‘reset’. É sempre bom fazer um recorde nacional e perceber que ainda temos margem para melhorar. Se não tivesse, ficava contente, mas, assim, acho que ainda consigo fazer melhor.

 

 

O Sport Algés e Dafundo - Rafaela Azevedo, Raquel Pereira, Rita Frischknecht e Ana Sousa - venceu hoje a estafeta dos 4x50 estilos com 1.56.39 minutos, superando o recorde nacional absoluto de clubes (1.56,50) na posse do Futebol Clube do Porto - Marta Vieira Marinho, Joana Catarina Carvalho, Sara Freitas Oliveira, Alexandra Paiva Oliveira – desde 10-04-2010 em Coimbra.

 

Miguel Frischknecht, treinador do Sport Algés e Dafundo: “O objetivo que tínhamos era bater o recorde para as três estafetas que estamos inscritos:  nos 4x100 livres falhámos, ontem, por um segundo. Agora conseguimos por um décimo bater o recorde dos 4x50 estilos. Vamos ainda tentar os 4x100 estilos que já é nosso. O objetivo é ficar com os recordes de todas as estafetas no sector feminino. Faltam duas, neste momento: os 4x50 livres e os 4x100 livres. Não fiz ainda o estudo, mas esta foi seguramente uma das melhores épocas da história do clube… se não foi a melhor. Com este recorde, julgo que já vamos em 15 máximos de Portugal absolutos desde o inicio da época. É uma marca muito boa. E que estava fora de qualquer previsão mais otimista. Portanto estou satisfeito. Os resultados nos campeonatos também estão dentro do previsível, porque as melhores atletas já vieram da competição principal e, portanto, é natural algumas não estarem a 100% mas tem competido bem e conseguimos bater agora o recorde na estafeta. Estar em forma neste momento é complicado porque elas em abril têm de ter um ponto máximo para mim da época porque é onde elas conseguem fazer as marcas que lhe permitem ir às competições internacionais. E depois temos dois três meses em que temos de tentar que elas voltem a ter um pico de forma. Muitas vezes não conseguimos ter um pico igual outras sim, mas depois de ter uma competição logo a seguir ao campeonato nacional ainda é mais difícil por isso é que o rendimento delas tem sido bom das estas circunstâncias. Uma participação que está a ser positiva. Podíamos te mais alguns primeiros lugares. Por exemplo hoje tivemos três segundos por muito pouco, mas isto é mesmo assim. Estamos preparados e na próxima vez vamos tentar ganhar mais provas e é sempre nessa busca que trabalhamos diariamente.”

 

Ainda hoje, destaque, em Juvenis para três recordes nacionais deste escalão etário. Paulo Vakulyuk, em juvenis A, e Diogo Ribeiro, em juvenis B, bateram os máximos nacionais das respetivas categorias na prova de 100 mariposa. Vakulyuk (CNTN) venceu com 56,05. O anterior recorde de 56,11 pertencia a Pedro Oliveira desde 29-07-2004 em Lisboa.

 

Diogo Ribeiro (CUC) foi segundo com 56,61 e melhorou o seu recorde nacional de 57,23 de 06-04-2019 em Coimbra. O nadador de Coimbra bateu já no Funchal o recorde de 200 livres (1.53,96).

 

O Open de Portugal - CIMAI/MYRTHA Campeonatos Nacionais de Juvenis e Absolutos 2019 decorre até domingo nas Piscinas Olímpicas do Funchal com a participação de 728 nadadores (399 masculinos e 329 femininos) em representação de 109 clubes.

 

HORÁRIOS

 

4 DE AGOSTO 4.ª JORNADA 1.ª SESSÃO - 09H00 2.ª SESSÃO - 16H00

 

PARTICIPAÇÃO

Estes campeonatos destinam-se às categorias Juvenil, Júnior e Sénior, podendo nelas participar os nadadores que tenham cumprido os critérios de admissão nas distâncias e técnicas da respetiva categoria, entre 26 de julho de 2018 e 21 de Julho de 2019.

O número de estrangeiros nas provas de 1500 e 800 Livres será limitado a um máximo de 6 inscrições e o número de nadadores estrangeiros na série mais rápida não poderá ser superior ao definido para a participação nas finais.

Nas provas de estafeta da categoria Juvenil, as equipas serão compostas sem distinção de ano de nascimento, sendo considerado apenas o Mínimo de Juvenil A.

No Open de Portugal o limite máximo de participação de nadadores estrangeiros por final será entre 2 (dois) e 4 (quatro), a ser definido após a conclusão das inscrições e anunciado aquando da publicação da lista de participantes.

 

ORGANIZAÇÃO DA COMPETIÇÃO

Nos Campeonatos Nacionais de Juvenis, cada prova individual compreenderá eliminatórias e Final (Final Juvenil) em função dos tempos realizados nas séries. Se numa dada prova se verificarem 10 ou menos inscrições, haverá apenas lugar a “final direta”, sendo os nadadores ordenados pelos tempos de inscrição.

 

As finais serão formadas por nadadores classificados do 1º ao 10º lugar das eliminatórias, sendo suplentes os 11º e 12º classificado.

 

No Open de Portugal / Campeonatos Absolutos de Portugal, cada prova individual compreenderá eliminatórias e finais A e B (esta apenas quando se verificar um mínimo de 20 participantes), com exceção dos 800m e 1500 livres, que se disputará no sistema de séries, disputando-se as mais lentas durante as eliminatórias, e a mais rápida durante as finais (conforme o programa).

 

As provas de estafetas absolutas disputar-se-ão por séries, nas sessões das finais. Nas eliminatórias a atribuição de pistas será efetuada utilizando o sistema de cabeças de série. Se numa dada prova se verificarem 10 ou menos inscrições, haverá apenas lugar a “final direta”, sendo os nadadores ordenados pelos tempos de inscrição. As finais A serão formadas por nadadores classificados do 1º ao 10º lugar das eliminatórias, sendo suplentes o 11º e 12º classificado. As finais B são formadas pelos nadadores classificados do 11º ao 20º lugar das eliminatórias, sendo suplentes o 21º e 22º classificado. As finais B serão nadadas em primeiro lugar, seguidas das finais A.

 

CLASSIFICAÇÃO INDIVIDUAL

As finais A classificarão os nadadores do 1.º ao 10.º lugar. As finais B, quando for caso disso, apurarão os nadadores do 11.º ao 20.º lugar.

 

PRÉMIOS

Nos Campeonatos Nacionais de Juvenis, as classificações serão separadas por prova e sexo sendo apenas considerados os nadadores de nacionalidade portuguesa. Serão concedidos prémios aos 3 (três) primeiros classificados de cada prova e sexo. Nos Campeonatos Absolutos de Portugal, as classificações serão absolutas em cada prova e sexo, sendo atribuídos prémios aos 3 (três) primeiros classificados. No Open de Portugal, as classificações serão absolutas em cada prova e sexo sendo atribuído um prémio ao vencedor.

 

De acordo com o número de nadadores estrangeiros presentes no Open de Portugal, a organização poderá decidir atribuir prémios aos 3 (três) primeiros classificados de cada prova e sexo. Esta situação será definida após a conclusão das inscrições e anunciada aquando da publicação da lista de participantes.

 

Diretor à Prova: Alexsander Esteves

Responsável Técnico: José Machado e Paulo Franco 

 

 

Periodicidade Diária

sábado, 14 de dezembro de 2019 – 19:16:00

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...