14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Alexis Santos recupera recorde nacional dos 200 estilos com mínimos para Tóquio 2020

 

Alexis Santos superou esta tarde o recorde nacional dos 200 estilos com mínimos para Tóquio 2020 na final da competição do Campeonato Nacional de Juvenis Juniores e Absolutos que decorre em Coimbra de quinta feira a domingo. Para além de Alexis Santos, também Diana Durães (1500 livres), Gabriel Lopes (200 estilos) e Ana Catarina Monteiro (200 mariposa) garantiram nos três dias de provas mínimos para Tóquio 2020.

 

A terceira jornada destes campeonatos ficou ainda marcada por Miguel Nascimento (Benfica) que venceu a final dos 200 livres com recorde nacional 1.47,97 minutos.

 

Alexis Santos (Sporting) terminou os 200 estilos com 1.58,19 minutos, melhorando a marca de recorde nacional que Gabriel Lopes havia realizado nas eliminatórias (1.58,59) da manhã pelas 10h20. Gabriel Lopes (Louzan Natação) que garantiu mínimos para o mundial da Coreia 2019 e os Jogos de Tóquio 2020, não competiu na final.

 

Alexis Santos recupera assim o recorde nacional que tinha desde Coimbra a 01-04-2017 (1.58,88).

 

Na prova mais emotiva da tarde, Diogo Carvalho (Galitos/Bresimar) foi segundo nos 200 estilos (2.00,55) e José Lopes (SC Braga) terceiro, com 2.04,36.

 

 

Alexis Santos: "Objectivo é sempre fazer o melhor. O Gabriel Lopes ao bater o recorde de manhã motivou-me. Não tenho duvidas que se o Gabriel não tem feio recorde eu não teria feito. Ele também está de parabéns. Estou muito feliz. O ojectivo no Rio foi a meia final fiz 12.º. Em Tóquio o objetivo é a final. Sei que é difícil, mas vou continuar a trabalhar para chegar à final olímpico… que tanto se fala no mundo da natação. No que toca a objetivos futuros: “Amanhã ainda tenho os 50 Mariposa e os 200 Bruços, é tentar conquistar mais medalhas, pelo Sporting. Para a semana, então, o objetivo muito importante é o Nacional de Clubes, queremos voltar a revalidar o título de campeões nacionais, por isso, vamos ver. Obrigado a todos que me vieram ver: Sporting, família e amigos.

 

A terceira jornada destes campeonatos ficou ainda marcada por Miguel Nascimento que venceu a final dos 200 livres com recorde nacional 1.47,97 minutos.

 

O benfiquista, que ontem havia superado o máximo dos 50 livres (22,17), voltou a estar em grande plano para vencer e superar o anterior máximo 1.48,39 de Alexis Santos desde 31/03/2017.

 

O benfiquista afirmou: “Ainda falta um ano para o apuramento dos Jogos fechar vamos continuar a tentar. Continuar a trabalhar, fazer sempre o melhor possível. “Já estava com este recorde na mira. Foi uma prova dura, fiquei com um sabor, na boca, um bocado agridoce, porque estava à espera de conseguir fazer mínimo para o Mundial. Fiquei a cinco décimos. De qualquer forma, é um passo muito importante para mim, porque melhorei dois segundos do meu antigo recorde pessoal. Portanto, é seguir em frente e continuar a trabalhar. Estes campeonatos estão a ser positivos para mim, três provas, três recordes pessoais, estou muito contente, muito feliz. Quer dizer que o trabalho está a ter resultado, é continuar com a cabeça levantada e continuar a trabalhar. É este o caminho.

 

Victoria Kaminskaya (Benfica) garantiu hoje a presença no Mundial da Coreia de 22 a 28 julho Gwangju. A benfiquista venceu os 400 estilos com 4.41,04 minutos. Ana Catarina Monteiro (Fluvial Vilacondense foi segunda com 4.52,26 e Francisca Mesquita (Colégio Monte Maior) foi terceira com 4.55,04, mínimos para o Europeu de juniores.

 

Victoria Kaminskaya: “obrigado por puxarem por mim. Estou feliz por fazer mínimos para o Mundial. Desde já era este o objetivo, não eram mínimos para os Jogos. Uma coisa de cada vez. Passo-a-passo iremos lá e o próximo objetivo é os jogos. Queremos sempre mais e o recorde pessoal e nacional é sempre objetivo.

 

Nos escalões jovens destaque para:

 

Diogo Ribeiro (Clube União de Coimbra) bateu o recorde nacional dos 200 livres com 1.56,35, mínimos pré-júnior para melhorar o anterior recorde de Miguel Agostinho (1.57,11) em Coimbra a 24-07-2015.

 

O nadador do Clube União Coimbra voltou a melhorar o recorde nacional dos 100 mariposa juvenis B, para 57,23 segundos, na final depois de nas eliminatórias o nadador de Coimbra ter realizado 57,24.  O anterior máximo estava fixado em 57,39 por Paulo Vakulyuk em Oeiras a 28-07-2018.

 

Mariana Cunha (Fluvial Portuense) bateu hoje o recorde nacional de juvenis A dos 100 mariposa para 1.02,34 melhorando o máximo obtido nas eliminatórias (1.02,49). O anterior melhor registo pertencia a Ana Francisco (1.03,14) desde em Coimbra a 05-08-1995.

 

Carolina Fernandes (Galitos/Bresimar) superou o máximo de juvenis B na final com 1.33,66. O anterior máximo era de Mariana Cunha (Fluvial Portuense) com 1.03,77 em Coimbra 19-05-2018.

 

Pedro Santos (FC Porto) assegurou hoje mínimos nos 200 livres (1.52,67) para os Campeonatos da Europa de Juniores Kazan (Rússia) de 3 a 7 de julho.

 

NATAÇÃO ADAPTADA

 

Tiago Neves superou o recorde nacional dos 100 mariposa na categoria S15. O nadador do Belenenses terminou as eliminatórias em 1.00,16 do Campeonato Nacional de Juvenis, Juniores e Absolutos Coimbra 2019.

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 7 de junho de 2020 – 08:53:50

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...