14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Setúbal recebe qualificação olímpica para os Jogos do Rio 2016

 

Marathon Swimming Olympic Games Qualification Tournament Setúbal

 

A FINA Maratona de Águas Abertas 10 km Setúbal 2016 de qualificação olímpica para os Jogos do Rio de Janeiro 2016, realiza-se na Baía do Sado em Setúbal nos dias 11 (femininos, 16.00) e 12 (masculinos, 16.00) de junho de 2016.

 

Na derradeira oportunidade para o apuramento olímpico, mais de 125 nadadores da elite mundial de águas abertas – 71 masculinos e 54 femininos -  em representação de 52 países estarão a competir pelas derradeiras 30 vagas (15 masculinas e 15 femininas) na competição em cada escalão, naquela que é considerada a única prova à escala mundial de apuramento para o Rio 2016, organizada em Portugal.

 

Portugal estará representado com uma seleção de quatro nadadores (dois masculinos e dois femininos) que procuram também um lugar em cada sector na prova de 10 km de águas abertas dos Jogos Olímpicos que se disputa no mar da Praia de Copacabana dia 15 e 16 de agosto.

 

Setúbal integrou em 2015, pela oitava vez, o calendário do circuito mundial de natação em águas abertas, com a primeira prova a realizar-se em 2006. Após uma qualificação olímpica em 2012, seguiu-se um ano de interregno no qual foi celebrado um acordo para a realização, em Setúbal, de mais quatro edições da maratona aquática.

 

A cidade do Sado volta a receber a elite mundial de nadadores de águas abertas, à semelhança do que aconteceu em 2012 quando acolheu a qualificação olímpica para os Jogos de Londres, em que o tunisino Oussama Mellouli e a húngara Eva Rizstov foram os vencedores da prova, apurando-se no percurso de 6 voltas nas águas do Sado para depois se sagrarem campeões olímpicos na capital britânica.

 

O sistema de classificação para os Jogos do Rio 2016 é o mesmo utilizado em Pequim 2008 e Londres 2012:  25 nadadores de cada sexo serão selecionados no Mundial de agosto 2015 e na Marathon Swimming Olympic Games Qualification Tournament Setúbal. Dez nadadores asseguram já a presença olímpica no Mundial de Kazan. Para as 15 vagas restantes, será realizada em Setúbal, onde se classificam os 10 primeiros e mais 5 (um de cada continente).

 

 

Hoje, no decorrer da apresentação da prova em conferência de imprensa realizada no Parque Urbano de Albarquel, Setúbal, a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira destacou o elevado nível competitivo da prova. “Apesar da distância elevada, cerca de 10 km, e de a maioria dos atletas nadar em grupo, a chegada à meta é feita com diferença de milésimos de segundo tornado esta competição extremamente dura e altamente tática, já que pode garantir o apuramento olímpico e marcar toda a vida desportiva de um atleta. Por isso as emoções vão estar ao rubro no nosso Sado e que vamos ter um lote dos melhores atletas de todo o mundo a dar o tudo por tudo por um lugar no pódio”, afirmou Maria das Dores Meira.

 

 

António José Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação destaca a confiança da FINA na organização portuguesa. "A Federação Internacional de Natação confiou na nossa experiência e atribuiu a Setúbal a organização do qualifying olímpico para o Rio 2016 mas também a Setúbal Bay International Swim Marathon, que se mantém no rio Sado entre 2017 e 2020. A FINA considerou que a Federação Portuguesa de Natação possui as condições ótimas em termos logísticos, competitividade e de organização locais para assumir esta grande responsabilidade. Tal como 2012, cabe à FPN e à Câmara Municipal de Setúbal organizar esta tão importante competição que apurará os nadadores de águas abertas para os Jogos do Rio de Janeiro, que para além do aspeto desportivo se traduz numa mais valia social e turística passível de ser traduzido em valor económico acrescido para a região e para o País", refere o dirigente.

 

 “O trabalho entre a FPN e Câmara Municipal de Setúbal na organização da Setúbal Bay tem sido de tal forma profícuo que mesmo antes de terminar o ciclo fechámos o contrato de extensão da organização da Taça do Mundo de Natação em Águas Abertas”, assume António José Silva.

 

Este ano, os nadadores de águas abertas voltam ao Sado, não para disputar a Taça do Mundo mas para almejar uma presença no verão nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Brasil. “Estamos a falar da cidade que acolhe a única organização à escala mundial de apuramento nas águas abertas”, conclui António José Silva.

 

Luís Liberato Batista, presidente do Comité Organizador, destacou em conferência de imprensa as diferenças entre o apuramento de 2012 para Londres e os de 2016 para o rio 2016. “Em 2012 estiveram representados 25 países no Sado. Em 2016 estão inscritos nadadores de 52 países o que é bem evidente o crescimento qualitativo e quantitativo das águas abertas na projeção como desporto olímpico.

 

Já Manuel Freitas, vice-presidente da FPN, destacou a parceria entre a Câmara Municipal de Setúbal e a FPN como o fator determinante para o sucesso deste evento em termos organizativos e competitivos. “Um evento que tem qualidade superior em termos organizativos competitivos que leva a FINA a manter em Portugal este evento até 2020”. Já no plano competitivo, o dirigente acredita que “Portugal irá ter nadadores a competir nas águas abertas no Rio”. Destacando “Rafael Gil e Angélica André, recentes campeões de Portugal, assim como Vânia Neves e Vasco Gaspar como representantes nacionais no Sado”.

 

UM POUCO DE HISTÓRIA

 

Designa-se por natação de águas abertas, natação de alto mar, natação de águas livres, natação de longa distância ou natação de fundo a natação de grandes distâncias, realizada em lagos, rios ou mar aberto. Normalmente, toma a forma de travessias ou provas de mar.

 

Dadas as grandes distâncias percorridas, é por vezes designada por maratona aquática, embora não sejam por norma disputadas distâncias iguais à longa corrida terrestre de mais de 42 km.

Esta modalidade remete às origens da natação, quando ainda não havia piscinas. Nos finais do século XIX as competições em águas abertas tiveram uma grande aceitação porque, devido à existência de poucas piscinas, as competições de natação desenrolavam-se utilizando os meios aquáticos naturais.

 

Tornaram-se célebres as travessias do canal da Mancha e as longas maratonas natatórias que ocorriam nos rios e no mar de todo o mundo. Há uns anos a esta parte, estas competições têm renascido e algumas delas são já consideradas um marco na Europa. Hoje as provas são divididas entre as de distância inferior e superior a 10km.

 

Nos campeonatos mundiais, são realizadas três provas da modalidade, nas distâncias de 5km, 10km e 25km, sempre para mulheres e homens.

 

Em 27 de Outubro de 2005, o Comité Olímpico Internacional decidiu integrar as águas abertas no programa dos Jogos Olímpicos de Verão Pequim 2008. Portugal iniciou também o processo de desenvolvimento do rendimento das águas abertas com a participação internacionais a partir de 2006. Em Pequim participou com dois atletas: Arseny Lavrentyev (SAD Algés) e a Daniela Inácio (CF Belenenses). Em Londres 2016, Portugal voltou a estar representado por Arseny Lavrentyev.

 

Em Portugal, durante décadas realizou-se anualmente a Travessia do Tejo, no percurso clássico da Trafaria a Algés, prova que arrastava muitos espectadores, às suas margens, para assistir.

 

Durante os anos 40 e 50, o maior expoente português, deste tipo de competição, foi o nadador Baptista Pereira que efetuou diversas travessias em todo o mundo e bateu inúmeros recordes.

 

Mais recentemente nadadores de maratonas aquáticas como Miguel Arrobas e Nuno Vicente efetuaram travessias de grande relevo em Portugal Continental e Ilha da Madeira, bem como a travessia do Canal da Mancha, seguindo os passos do mítico Baptista Pereira.

 

Nos dias 21 de maio realizaram-se os Campeonatos de Portugal na barragem de Castelo de Bode com a vitória pertencer a Rafael Gil e Angélica André.

 

No dia 10 de junho será realizada em Setúbal uma conferência de imprensa com a presença dos nadadores portugueses e estrangeiros.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 18 de outubro de 2019 – 19:19:29

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...