18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Vitória suada de Borges nas Supersport 300

 
Os dois primeiros classificados das Supersport 300 da época passada não deram tréguas nesta primeira corrida do ano organizada pelo Motor Clube do Estoril, deixando antever que vão, uma vez mais, levar a cabo uma temporada muito renhida no que à luta pelo título diz respeito.
 
Praticamente colocados ao longo da maior parte das 14 voltas de corrida no Circuito Estoril, o desfecho do duelo acabou, contudo, por surgir a uma volta do final. Altura em que o Campeão Tomás Alonso entrou na via boxes para desistir depois da Kawasaki 400 começar a falhar entre a Parabólica Interior e a Variante de Senna. Um final inglório para o que foi um duelo fantástico naquela que foi a primeira corrida do dia com alguns pingos de chuva a levantarem a possibilidade de uma redução da distância de prova.
 
Quem respirou de alívio com os problemas de Alonso foi Dinis Borges. Segundo classificado nos Livres e também nos Cronometrados, Borges entrou mais forte na corrida para se colocar na frente do pelotão ao apagar das luzes. Sempre na frente, o Vice-Campeão não teve, ainda assim, vida fácil, já que enquanto esteve em pista Alonso nunca deu tréguas e rodou quase sempre na roda do líder.
 
Entretanto, quem mais beneficiou com o desaire do Campeão em título foram Martin Jesus e Rafael Damásio. Com um andamento bem mais lento, e sempre afastado da luta que se vivia na frente, Jesus acabou por ver cair-lhe no colo o intermédio do pódio, a mais de 30 segundos da frente. Da mesma forma, Rafael Damásio viu-se promovido ao terceiro lugar, mas a 1:24,187s do vencedor.
 

Periodicidade Diária

domingo, 14 de julho de 2024 – 16:55:51

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...