18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Luís Cidade na Baja Portalegre 500

Piloto do Team Can-Am Off Road Portugal quer repetir pódio alcançado em 2022

 

Luís Cidade vai disputar entre os dias 26 e 28 de outubro a Baja Portalegre 500, a sétima e última jornada do CNTT 2023, com o objetivo de repetir o lugar de pódio alcançado em 2022 nesta mítica prova alentejana .

 

O piloto do Team Can-Am Off Road Portugal irá apresentar-se na prova aos comandos de um Can-Am, sendo navegado por Pedro Mendonça, e está muito motivado para a mais importante competição nacional da modalidade que vai percorrer as fantásticas pistas alentejanas dos concelhos de Portalegre.

 

No ano passado o piloto Luís Cidade teve um desempenho notável na prova organizada pelo Automóvel Clube de Portugal ao alcançar o terceiro posto da classificação geral dos SSV e este ano quer repetir o bom resultado. Tendo já mostrado que é um piloto muito rápido, o objetivo continua a ser rolar entre os primeiros e acredita que tem condições para fazer uma boa corrida. Luís Cidade reconhece as dificuldades da prova, mas está apostado em conquistar uma boa classificação.

“A Baja Portalegre 500 é uma competição muito importante para nós. Apesar das dificuldades que apresenta sempre aos seus concorrentes, é uma corrida fantástica onde tanto pilotos como o muito público que vem assistir criam um ambiente único e singular que faz desta prova uma das mais importantes competições do todo-o-terreno nacional e internacional. Estamos muito motivados para esta corrida, que marca o encerramento do CNTT 2023, e estamos certos de que podemos conquistar um bom resultado. Sabemos que será uma vez mais um grande desafio, mas estamos confiantes que podemos fazer uma boa prova”, afirmou Luís Cidade.

 

A 37ª Baja Portalegre 500 será a derradeira jornada pontuável para o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. A prova que percorrerá os concelhos de Alter do Chão, Abrantes, Crato, Extremoz, Fronteira, Gavião, Monforte, Nisa, Ponte de Sor e Portalegre terá um total de 536,72 km, 383,32 dos quais cronometrados, distribuídos por três setores seletivos a disputar ao longo de dois dias. A prova alentejana arranca na sexta-feira, dia 27 de outubro, com um prólogo com 3,71 km e um troço de 59,61km. No sábado cumpre-se o setor seletivo final de 320 km.

 

Piloto do Team Can-Am Off Road Portugal quer repetir pódio alcançado em 2022

 

Luís Cidade vai disputar entre os dias 26 e 28 de outubro a Baja Portalegre 500, a sétima e última jornada do CNTT 2023, com o objetivo de repetir o lugar de pódio alcançado em 2022 nesta mítica prova alentejana .

O piloto do Team Can-Am Off Road Portugal irá apresentar-se na prova aos comandos de um Can-Am, sendo navegado por Pedro Mendonça, e está muito motivado para a mais importante competição nacional da modalidade que vai percorrer as fantásticas pistas alentejanas dos concelhos de Portalegre.

No ano passado o piloto Luís Cidade teve um desempenho notável na prova organizada pelo Automóvel Clube de Portugal ao alcançar o terceiro posto da classificação geral dos SSV e este ano quer repetir o bom resultado. Tendo já mostrado que é um piloto muito rápido, o objetivo continua a ser rolar entre os primeiros e acredita que tem condições para fazer uma boa corrida. Luís Cidade reconhece as dificuldades da prova, mas está apostado em conquistar uma boa classificação.

“A Baja Portalegre 500 é uma competição muito importante para nós. Apesar das dificuldades que apresenta sempre aos seus concorrentes, é uma corrida fantástica onde tanto pilotos como o muito público que vem assistir criam um ambiente único e singular que faz desta prova uma das mais importantes competições do todo-o-terreno nacional e internacional. Estamos muito motivados para esta corrida, que marca o encerramento do CNTT 2023, e estamos certos de que podemos conquistar um bom resultado. Sabemos que será uma vez mais um grande desafio, mas estamos confiantes que podemos fazer uma boa prova”, afirmou Luís Cidade.

A 37ª Baja Portalegre 500 será a derradeira jornada pontuável para o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. A prova que percorrerá os concelhos de Alter do Chão, Abrantes, Crato, Extremoz, Fronteira, Gavião, Monforte, Nisa, Ponte de Sor e Portalegre terá um total de 536,72 km, 383,32 dos quais cronometrados, distribuídos por três setores seletivos a disputar ao longo de dois dias. A prova alentejana arranca na sexta-feira, dia 27 de outubro, com um prólogo com 3,71 km e um troço de 59,61km. No sábado cumpre-se o setor seletivo final de 320 km.

Periodicidade Diária

domingo, 3 de março de 2024 – 22:33:51

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...