18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Depois dos sucessos no Dakar, Mário Patrão tem apostado em competir com uma moto 100% elétrica

Depois dos sucessos no Dakar, Mário Patrão tem apostado em competir com uma moto 100% elétrica

 

Mário Patrão tem estado imparável. Depois de, em janeiro deste ano, ter conquistado a brilhante vitória entre os veteranos e um fantástico lugar no pódio da Original by Motul no Rally Dakar 2023, o piloto, atual detentor do título Campeão do Mundo Cross Country Rallies entre os pilotos com mais de 45 anos, tem vindo a dar continuidade ao projeto de sustentabilidade ambiental que abraçou em 2022.

Mário Patrão, que conta com o forte apoio do CRÉDITO AGRÍCOLA, iniciou a temporada nacional de 2023 um mês após o Rally Dakar, com uma participação muito positiva na prova extra de Motocross que se disputou em Tarouca, aos comandos da moto 100% elétrica. E porque o projeto de sustentabilidade ambiental continua a ser uma forte aposta deste piloto/patrocinadores que tem no seu palmarés mais duas dezenas e meia de títulos, seguiram-se as competições de motocross em Nelas, Vila Nova de Paiva e São João da Pesqueira. Já no próximo fim de semana irá ter lugar o Troféu Estrelas de Seia, uma prova organizada pelo piloto em conjunto com o Município de Seia, com o apoio de todos os patrocinadores. Fica o convite a todos os que queiram participar/assistir.  

Cumprindo o objetivo traçado para o presente ano, às quatro provas já disputadas deverão juntar-se mais quatro jornadas, até dezembro. Sobre esta iniciativa pioneira lançado pelo piloto e os seus patrocinadores, Mário Patrão destaca: “A envolvência nesta vincada política de sustentabilidade ambiental tem permitido demonstrar que é possível competir e contribuirmos de forma positiva para um melhor ambiente. O objetivo é criar um campeonato/troféu sem combustão “ride green”. Claro que as diferenças de potência ainda são muitas. As motos ainda não estão suficientemente evoluídas de forma a competir em igualdade com os modelos de motor a combustão. Estão ainda um pouco atrás em termos de competitividade, também condicionada pela autonomia, mas o nosso objetivo é participar e mostrar que é possível aliar a diversão que este tipo de provas proporciona e contribuir para o espetáculo, de uma forma mais limpa e económica. Temos trabalhado nesta que é uma importante mais-valia e que poderá contribuir para melhorar o futuro, no que diz respeito ao meio ambiente. É um projeto com futuro que passa pela evolução e consolidação, esperando que seja lançada uma moto mais potentes e com mais autonomia. Tem sido muito gratificante”.

 

Não é somente em território nacional que o piloto apoiado pela LUSÍADAS SAÚDE tem dado cartas. Mário Patrão sabe bem o que significa competir inserido numa equipa de fábrica, mas é também um perfeito conhecedor da exigência associada a não poder contar com qualquer tipo de assistência externa à sua moto. A participação nesta categoria, no Morocco Desert Challenge, no final de abril, valeu-lhe a vitória entre os pilotos que competem na respectiva classe, denominada “malle moto”, a vitória entre os veteranos e o fantástico 5º lugar da Classificação geral. 

 

Em Portugal, conquistou também o triunfo entre os pilotos com mais de 45 anos, no 30º Raide “Paraíso do Todo-o-Terreno”, segunda etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 16 de abril de 2024 – 10:33:16

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...