13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Bruno Santos (Husqvarna), Luís Engeitado (Yamaha) e a dupla João Monteiro/Manuel Pereira (Can-Am) triunfam na Ferraria

 

130 equipas participaram na prova

Novos vencedores em todas as disciplinas

Quarto piloto e quarta marca diferentes a vencer nas duas rodas

João Duarte (Moto 2) Martinho Pais (Moto 1) e Rodrigo Alves (Quad) foram os vencedores da Mini Baja

 

Bruno Santos (em Husqvarna) nas motos, Luís Engeitado (em Yamaha) nos Quad e a dupla João Monteiro/Manuel Pereira (em Can-Am) nos SSV foram os vencedores da 32ª edição do Raid Ferraria, 4ª etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno que percorreu pistas dos concelhos de Abrantes e Gavião.

 

Depois de três jornadas já realizadas - duas nas Beiras e uma no Algarve – o CNTT rumou agora ao Ribatejo e Alto Alentejo para disputar uma jornada do CNTT em que, depois de uma semana marcada pela chuva, foi o calor e o pó que estiveram na ordem do dia.

 

Bruno Santos (Husqvarna) estreia-se a vencer

 

Justamente considerado o melhor campeonato de todo-o-terreno da Europa, a competição nas duas rodas continua a marcar pontos. Na Ferraria venceu um quarto piloto diferente com uma marca também distinta.

 

 

Apesar do claro domínio de um regressado Sebastian Bühler, que se apresentou aos comandos de uma Husqvarna, uma penalização por reabastecimento com o motor ligado acabou por dar a vitória

 

 

ao campeão de Rally Raid Bruno Santos que, também em Husqvarna, tem mostrado ser um piloto muito rápido nas Bajas.

 

 

O 2º lugar para Salvador Vargas que, aos comandos de uma KTM, venceu as Classes TT3 e Júnior e acima de tudo assumiu a liderança do campeonato que partilhava com Daniel Jordão.

 

 

Na 3ª posição terminou João Lourenço que aos comandos de uma Beta secundou Sebastian Bühler em andamento, mas viu também uma penalização lhe retirar o que seria uma segunda vitória consecutiva.

 

 

Cada vez mais competitivo, Bernardo Megre, em Husqvarna, terminou em 4º lugar à frente do anterior líder do campeonato Daniel Jordão e foi o vencedor da Classe TT1.

 

 

Referência ainda para as vitórias do estreante Nelson Rodrigues (KTM) na Classe Promoção tendo sido ainda um brilhante 7º classificado absoluto e para o 4º triunfo consecutivo de Armindo Neves (SWM) entre os Veteranos.

 

Luís Engeitado vence e reforça liderança

 

A competição Quad começou de forma surpreendente com o espanhol Teo Viñaras a bater no seu território o piloto de Ponte de Sor, Beto Borrego, recordista de vitórias na mítica Baja Portalegre 500. Quando todos se preparavam para um animado duelo, o segundo dia começou com a desistência do favorito piloto alentejano.

 

Da parte da tarde e quando dispunha de mais de cinco minutos de vantagem, também o espanhol Teo Viñaras foi forçado a abandonar

 

 

o que permitiu a Luís Engeitado (Yamaha) voltar a subir ao lugar mais alto do pódio neste que está a ser o seu ano de regresso às competições Quad.

 

 

O 2º lugar foi para o piloto de Góis Luis Pimenta (Suzuki) a 1m24s com Jairo Alves a levar a sua Honda ao 3º lugar.

 

Campeões regressam às vitórias

 

Nos SSV foi muito intensa a luta pelos primeiros lugares, mas o leque de potenciais vencedores e candidatos ao título começa a ter um crivo mais apertado.

 

Uma excelente mais-valia para o CNTT o brasileiro Cristiano Batista, que esteve muito perto de ganhar a Baja Loulé, foi o mais rápido no primeiro dia. O 2º tempo de Nelson Caxias foi uma das grandes surpresas do início de corrida com o ex-piloto de Quad e Trial 4x4 a confirmar que é também uma das boas aquisições do CNTT para esta temporada. Surpresa também no 3º tempo obtido pelo regressado David Tubarão, mas que apenas confirmou o excelente andamento que sempre evidenciou. Atrás dele ficaram três dos principais candidatos ao título. João Monteiro, o atual campeão, foi 4º, Pedro Carvalho realizou o 5º tempo e na 6ª posição colocou-se o líder do campeonato Pedro Santinho Mendes.

 

No dia seguinte seriam estes três pilotos que repartiriam entre si os lugares de pódio.

 

 

Mesmo sem ter tido uma prova isenta de problemas o campeão João Monteiro, navegado por Manuel Pereira, regressou aos triunfos.

 

 

A 35s atrás, em 2º lugar, ficou mais um Can-Am pilotado por Pedro Santinho Mendes que reforça assim a sua posição de liderança no Campeonato.

 

 

O 3º lugar permite à dupla Pedro Carvalho/André Guerreiro manter-se na luta pelo título.

 

 

Luís Cidade, que foi o mais rápido no derradeiro troço e venceu entre os Juniores, foi 5º classificado atrás de um dos grandes animadores deste Raid Ferraria o brasileiro Cristiano Batista que venceu entre os veteranos.

 

 

Mário Franco, aos comandos de um Yamaha, terminou em 7º lugar e assim “impediu” a Can-Am de preencher na totalidade o Top 10.

 

Luta emocionante pela vitória na Classe SSV TT2 com quatro piloto a partirem separados por 9s para o derradeiro troço.

 

 

André Rodrigues em Yamaha saiu vitorioso desse confronto que envolveu ainda Nuno Gameiro (Yamaha), Roberto Viñaras e Tiago Guerreiro, ambos em Polaris RS1. Os quatro terminaram separados por 23s.

 

João Monteiro e Pedro Santinho Mendes venceram respetivamente a Classe Stock e Open do Troféu Can-Am. Mário Franco venceu a Classe Open da Taça Yamaha que teve em Eric Steichen o vencedor da Classe Stock.

 

 

No Troféu Polaris Tiago Guerreiro foi mais uma vez o vencedor.

 

Classificação do Campeonato (após 4 provas)

 

MOTO

Absoluto: 1º Salvador Vargas, 81; 2º Daniel Jordão, 72; 3º Bernardo Megre, 62; 4º João Lourenço, 41; 5º Gonçalo Amaral, 33; 6º Tiago Santos, 30; 7º Jorge Brandão, 27; 8º Bruno Santos, 25.

TT1: 1º Bernardo Megre, 100; 2º Gonçalo Amaral, 60; 2º Tiago Santos, 52; 4º Rui Cebola, 40.

TT2: 1º Daniel Jordão, 95; 2º Jorge Brandão, 52; 3º Arcélio Couto, 48; 4º Armindo Neves, 42.

TT3: 1º Salvador Vargas, 95; 2º Nelson Vassalo e Paulo Cardoso, 50; 4º João Lourenço, 45

 

QUAD

Absoluto: 1º Luís Engeitado, 85; 2º Roberto Borrego, 50; 3º Luís Pimenta, 36; 4º Filipe Martins, 29.

 

SSV

Absoluto: 1º Pedro Santinho Mendes, 80; 2º Vítor Santos, 66; 3º João Monteiro, 60; 4º Pedro Carvalho, 54; 5º João Dias, 47; 6º Nuno Fontes, 35; 7º Aristides Júnior, 31; 8º Cristiano Batista; 26; 9º Luís Cidade, 20; 10º Avelino Luís, 18.

TT2: 1º José Manescas, 68; 2º André Rodrigues, 61; 3º Eric Steichen, 58; 4º Nuno Gameiro, 53; 5º Tiago Guerreiro, 49; 6º David Gomes, 34; 7º Paulo Figueiredo, 34; 8º Fernando Pinheiro, 31; 9º Paulo Fernandes, 26; 10º João Franco, 22.

Equipas: 1º The Racing Factory /Speedfreak, 111; 2º SGS Car Racing, 101 e Can Am Off-Road Portugal, 101; 4º Benimoto Racing Team, 82; 5º Sharish Gin Racing Team, 56.

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 26 de junho de 2019 – 02:10:18

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...