13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Trial Indoor 2015 - Abertura animada em Esposende

 

 

Mais de 1000 pessoas assistiram em Esposende à abertura do campeonato nacional de trial indoor 2015, a cidade escolhida para receber esta ronda de abertura da especialidade, com a organização do experiente Moto Clube do Porto a proporcionar uma excelente noite de trial a todos os que acompanharam o evento que visitou Esposende pela terceira vez.



Numa noite onde os termómetros indicaram 21 graus de temperatura os quatro pilotos portugueses que habitualmente discutem as melhores posições na categoria Elite do campeonato receberam a companhia do espanhol Javier Piñeiro, piloto que já em 2014 esteve nos campeonatos portugueses conseguindo a segunda posição final tanto na vertente Indoor como Outdoor.



Neste arranque de campeonato o experiente Moto Clube do Porto, um dos clubes com maior tradição da modalidade em Portugal e com provas de campeonato do mundo a seu cargo, desenhou um total de 10 zonas de obstáculos com um nível de dificuldade bastante acertado que não deixavam qualquer margem para erros que poderiam ser impossíveis de recuperar. As zonas 1 e 6 foram construídas com paletes, as 2 e 7 foram desenhadas com recurso a contentes metálicos, as 3 e 8 com pequenas caixas de metal, sendo ainda as zonas 4 e 9 compostas por triângulos e grandes caixas de metal e finalmente as zonas 5 e 10 utilizando as também tradicionais bobines de madeira.

 



Após ter ganho as duas primeiras provas do nacional Outdoor o campeão nacional Diogo Vieira esteve mais uma vez superior ao conseguir passar a dezena de obstáculos sem qualquer penalização.

 

O piloto do Bubbles Racing Team ficou mais confortável quando na zona quatro Javier Piñeiro falhou pela primeira vez e somou os cinco pontos máximos, o que ajudou igualmente Miguel Rodrigues a subir ao segundo posto, ele que tinha perdido um ponto apenas na zona três.



Este trio estava assim nos lugares de pódio no final da primeira metade da prova, com Vieira a liderar com 3 pontos de vantagem para Miguel Rodrigues e seis para Piñeiro que voltou a perder um ponto na quinta zona.



Na segunda metade Vieira manteve a sua folha de penalizações limpa enquanto que Piñeiro somou apenas mais um ponto no sexto obstáculo, em contraste com Miguel Rodrigues que perdeu a segunda posição ao perder um ponto na zona 8, isto depois de cinco pontos entregues aos adversários na zona anterior. Contas feitas Rodrigues acabou por perder o segundo posto por apenas dois pontos, fechando a prova com 10 pontos face aos oito do rival espanhol, tendo ambos perdido ainda um ponto cada nas paralelas finais.

 

A quarta posição foi para Filipe Paiva com 19 pontos de penalização no final, sendo a classificação encerrada com a quinta posição de Ricardo Damil com 28 pontos de penalização. No final a sensação era de satisfação para todos os pilotos, animados com a forte presença de público no que foi uma excelente noite de arranque do campeonato e também divulgação da modalidade.



Classificação final
1º Diogo Vieira – Ossa com 0 pontos; 2º Javier Piñeiro – Gas Gas com 8; 3º Miguel Rodrigues – Jotagas com 10; 4º Filipe Paiva – Jotagas com 19; 5º Ricardo Damil – Jotagas com 28


 


 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 19 de abril de 2019 – 09:13:04

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...