14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Campeonato Nacional de Motocross - 2014: Campeonato arranca em Freixo de Espada à Cinta

O regresso de Rui Gonçalves ao “Nacional” de Motocross constitui um atractivo extra para este Campeonato, que arranca no próximo Domingo em Freixo de Espada à Cinta.

 

A última vez que Rui Gonçalves disputou na íntegra o Campeonato Nacional foi em 2001, quando arrebatou a coroa de 125cc. No ano seguinte iniciou o seu envolvimento contínuo no “Mundial”, que mantém, mas o transmontano vai agora aproveitar o desfasamento de datas das provas mundiais e nacionais para participar nas duas competições, sendo naturalmente o principal favorito à conquista dos títulos Elite e de MX1.

 

O Campeonato Nacional de Motocross na categoria Elite, e nas classes MX1, MX2 e Júnior será constituído por seis jornadas – uma delas ainda em local a designar – em pistas de terreno e perfil variado. Para já, apenas um circuito faz a sua estreia na competição, em Vieira do Minho, naquela que constituirá a jornada de encerramento. Quanto aos Iniciados, além das cinco já definidas para as classes principais, terão ainda mais três provas, num total de oito.

 

Em termos regulamentares, uma novidade significativa: na classe Júnior – cuja classificação é extraída da manga de MX2 – a idade máxima dos participantes passa a ser de 17 anos, em vez de 19.

 

Quanto às principais forças em presença, na classe MX1 Rui Gonçalves (em Yamaha) é “cabeça de cartaz”. Para tentar contestar o maior favoritismo do piloto de Vidago, perfilam-se o actual campeão nacional Elite e MX1, Hugo Santos (KTM), assim como o seu “vice” Hugo Basaúla (Kawasaki) e Miguel Gaboleiro (Yamaha).

 

Na classe MX2, espera-se animado duelo entre os dois primeiros classificados em 2013, o campeão Sandro Peixe (Yamaha) e Pedro Carvalho (Kawasaki). Outros candidatos declarados ao pódio são Fábio Maricato (Kawasaki) e Henrique Nogueira (Honda). Diogo Graça seria outro nome a considerar, mas vai estar alguns meses afastado das pistas, pois recentemente fracturou o fémur de uma perna em treinos privados.

 

Na classe Júnior, Jorge Maricato (KTM 125) é um dos principais candidatos ao triunfo, sendo Ricardo Freire (Suzuki) um dos previsíveis opositores, entre outros “jovens lobos”, incluindo os que ascendem da classe de Iniciados.

 

No Domingo, em Freixo de Espada à Cinta, o programa de corridas é vasto e variado, pois além das classes sénior e júnior vão também competir os Iniciados, assim como os Infantis A e B. Ao todo, o programa inclui dez corridas a marcar pontos, antecedidas por mais três de qualificação.

Periodicidade Diária

quarta-feira, 18 de setembro de 2019 – 23:50:18

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...