14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Motocross das Nações - Portugal qualificado para a final

A selecção nacional conseguiu hoje o apuramento para a final do Motocross das Nações. Rui Gonçalves, Paulo Alberto e Hugo Basaúla ofereceram bom rendimento, garantindo a qualificação para as três corridas da Final A.

 

O Motocross das Nações começou hoje em Kegums, na Letónia, com a presença de equipas representativas de 34 países. Após os treinos seguiram-se as qualificações, na qual a formação lusa garantiu o apuramento sem contratempos – conquistou o 16.º lugar, com desempenho positivo a deixar bons auspícios para as três corridas em que amanhã se reparte a Final A.

 

Rui Gonçalves esteve em bom plano na manga da classe MXGP. Numa pista de piso arenoso, tão do seu agrado, o transmontano arrancou mal – na primeira curva rondava apenas o vigésimo posto - mas passou ao ataque e concluída a passagem de abertura ao traçado já era 11.º. Depois evoluiu até ascender ao 6.º lugar na última volta, garantindo um resultado importante para os interesses da equipa das quinas.

 

Em MX2, Paulo Alberto também rodou de forma consistente e fechou o “top 20” na sua classe. Na primeira volta o piloto de Leiria era 21.º, depois baixou duas posições, com queda no activo após choque com um adversário, mas voltou à carga para subir a 20.º na ponta final.

 

Na classe Open, Hugo Basaúla teve igualmente rendimento positivo. Inicialmente andou em 13.º, mas na quinta volta desceu para 18.º. Depois, foi variando o posicionamento até se fixar no 19.º posto em que terminaria, numa corrida em que rodou de forma segura, sem correr riscos.

 

No topo da tabela, a Bélgica obteve o melhor resultado nestas qualificações, com 3 pontos – para a classificação colectiva eram considerados os dois melhores resultados individuais. Nos lugares seguintes ficaram a França, com 5 pontos, e a Grã-Bretanha com 7. Portugal totalizou 25 pontos.

 

Amanhã, o dia abre com o “warm-up” e a Final B, que ainda apura uma selecção para perfazer o total de vinte que participam nas três corridas da Final A, que emparelham sucessivamente os pilotos de duas classes. A classificação colectiva faz-se por pontos, através do somatório dos resultados individuais, descontando para o efeito o pior resultado.

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 17 de outubro de 2019 – 13:29:25

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...