18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Mário Patrão no Sprint Enduro de Cantanhede

Campeão Europeu de Bajas prossegue com projeto de moto 100% elétrica 

 

Depois de ter estreado com sucesso uma moto 100% elétrica em competição na Baja Oeste, e de em seguida ter disputado duas provas do Campeonato Nacional de Motocross, com idêntica moto, Mário Patrão, atual Campeão Europeu de Bajas e de Rally Raid, prossegue o seu projeto desportivo, assente na sustentabilidade ambiental e vai disputar já no próximo domingo, dia 18 de setembro, em Cantanhede, a jornada inaugural do Campeonato Nacional de Sprint Enduro Motoni 2022.

 

O piloto apoiado pelo CRÉDITO AGRÍCOLA que reúne diversos títulos nas modalidades de Enduro e Todo-o-Terreno, tenciona competir nas quatro provas que integram o calendário desportivo deste campeonato e sobre a sua participação nesta que é a 4.ª edição do Sprint Enduro Marquês de Marialva destaca: “Esta prova tem 5 voltas a um percurso de cerca 25km e a moto consegue ter autonomia para a sua realização. Este é o ano zero com a moto elétrica. Já fizemos Baja, Motocross e agora Enduro. A ideia é dar continuidade ao projeto da moto elétrica e fazer tantas provas quanto possível. Apostamos também na variedade de corridas para que possamos testar a moto na sua plenitude, desde que seja possível em termos de autonomia”, revela o piloto de Seia também apoiado pela LUSÍADAS SAÚDE.

Sobre a importância do seu projeto, Mário Patrão patrocinado pela BAHCO, realça ainda: “Este é um programa assente numa base sustentável e estamos, juntamente com os patrocinadores, a caminhar para conseguir dar o nosso contributo nesse sentido. As pessoas tentem a comparar motos elétricas com motos a combustão e neste momento tal ainda não é possível. Temos tentado junto da Federação que se desse um passo no sentido de ter uma classe especifica para elétricos, seria bom para a modalidade e para os veiculos elétricos. O objetivo é que haja um campeonato com motos elétricas, que haja mais pessoas a disputar estes Campeonatos. A nossa ideia não é abolir os veiculos a combustão, mas poder aumentar gradualmente o número de pilotos que se convertem a este tipo de veiculos mais sustentáveis. O ambiente agradece e a moto acaba por ser divertida e competitiva na mesma”.

 

A prova que se realiza sob a égide da Federação de Motociclismo de Portugal e pelo Sporting Clube Povoense terá o seu centro junto às bombas da Repsol, em Cantanhede onde serão realizadas as habituais verificações e onde ficará alojado o Paddock.

 

Periodicidade Diária

domingo, 25 de fevereiro de 2024 – 09:23:26

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...