15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Raposeira Bubbles Racing Team - Dois Campeões Nacionais em Valpaços

 

Poucas semanas depois da vitória conseguida na Baja Idanha, no mundial de bajas, pelas mãos de Rita Vieira, o Raposeira Bubbles Racing Team regressou no passado Domingo ao campeonato nacional de enduro para enfrentar a ultima prova do campeonato. Valpaços foi a localidade anfitriã do evento, trazendo à vila uma modalidade com bastante história no nosso país, para mais uma etapa que se previa bastante exigente, devido á muita chuva.

Para a equipa do Porto foi uma prova onde todos os objetivos foram compridos, logo no início da competição Rita Vieira dominou todas as operações levando a sua CRF250R a aguentar todas as adversidades do percurso.



· Que dia.... a palavra ideal para o descrever acho que é: intenso. Choveu o dia todo, as especiais foram ficado cada vez mais degradadas a cada passagem, lama por todo o lado, buracos enormes, e muita água. Isto tudo originou algumas quedas, uma delas que me fez ficar sem travão da frente a meio da Enduro Test e ter sido obrigada a fazer a Cross Test e uma grande parte do percurso sem travão da frente. Foi uma aventura... a todos os que chegaram ao fim Parabéns! A todas aquelas pessoas que nos apoiavam incondicionalmente e passaram horas à chuva só para nos ver chegar e dar algum conforto durante uns míseros minutos (luvas, óculos limpos, água e força) o meu sincero agradecimento, em especial aos meus Pais e Cristiano Morais!
Grande época de Enduro.. tanto suor, sangue e lágrimas! É isto que me faz lutar... a adrenalina, o nervosismo e ansiedade presente em cada prova!
Um GIGANTE obrigada à Raposeira que tornou tudo isto possível, criando todas as condições para que eu e o meu irmão conseguíssemos alcançar os nossos objetivos! Ao Health &Training - Centro Eduardo Salgado por todas as horas passadas lá em prol do meu estar, ao Pedro Quadrado por ser o melhor PT do mundo, à Goldentyre, Nutrimania.pt, Motowash, Masac, Polisport, á equipa Bianchi Prata pela assistência e preparação das motos em todas as provas onde nada falhou, á Honda Portugal pelas motos espectaculares que aguentaram um ano de muito trabalho sem nunca dar problemas, kroftools, Codices e Galp motoaction..’

Diogo Vieira voltou a ser um dos protagonistas da classe Open e fechou esta ronda, que contou com um percurso com pouco menos de quatro dezenas de quilómetros desenhado no concelho de Valpaços, na segunda posição da sua categoria, que lhe permitiu ganhar o campeonato e cumprir os seus objectivos no seu primeiro ano do nacional de enduro, após um dia em que demonstrou mais uma ver ser um dos grandes valores futuros do enduro Português.



Estou super feliz por este titulo e não podia pedir mais no meu primeiro ano de Enduro. Foi um campeonato bastante duro e muito competitivo no qual entrei sem qualquer tipo de preparação mas apliquei-me e no fim saí campeão. É um titulo especial pois a minha irmã foi também campeã de Senhoras.
Esta ultima prova foi duríssima, talvez a prova mais difícil que já fiz. As 2 primeiras voltas foram desastrosas. Nunca tinha feito nenhum Enduro à chuva e então foi muito difícil habituar-me a tanta lama, água e regos. Nas ultimas 2 voltas comecei a entrar no ritmo e a perceber as especiais e então comecei a recuperar tempo mas tinha em mente o campeonato e não arrisquei tanto quanto podia com medo de estragar a mota e assim terminei em 2º.
Um GIGANTE obrigada à Raposeira que tornou tudo isto possível e dar-nos as melhores condições que algum dia tivemos, à Goldentyre, Nutrimania.pt, Motowash, Masac, Polisport, ao Team Bianchi Prata e Honda Portugal por terem preparado e assistido as motos durante todo o ano sem falhar e onde tudo foi perfeito, Codices e Galp moto action.
Alem dos patrocinadores, tenho de agradecer aos meus pais que apesar de todas as dificuldades que tiveram durante a nossa prova estiveram sempre lá para nos apoiar em tudo o que precisamos, ao Luís Oliveira por todas as dicas antes e durante a prova e a todos os meus amigos que me apoiam constantemente.
Este título também é vosso.
.’

Diogo Vieira conquistou o título na categoria Open após esta oitava prova do campeonato, num nacional que foi marcado pela muita competitividade de todas as classes e pelo grande aumento dos nrs de participantes, onde muitas vezes a lista de inscritos ultrapassou os 200 pilotos. Um campeonato com um balanço positivo que o responsável da equipa, Pedro Bianchi Prata, não conseguia esconder o seu contentamento.

‘Sem dúvida é um grande dia, dois campeões, num campeonato onde o nosso trabalho foi 100% eficaz, onde as HONDA CRF250R mostraram ser as motos mais fiáveis do mundo, que onde entre provas e treinos fizeram mais de 150 horas, cada uma, sem uma única avaria e só sendo trocadas peças de desgaste. O Diogo e a Rita mostraram todo o ano uma grande vontade de fazer mais e melhor e a evolução foi notória de prova para prova, a Rita teve no inicio do ano muita concorrência que a levou a sair da sua zona de conforto e a ter de arriscar mais, o Diogo teve durante todo ano a tarefa muito dificultada, pois cada prova os seus adversários estavam mais fortes, mostrou uma maturidade muito grande e uma vontade muito grande de aprender e cada prova foi sempre a melhor do ano, sem duvida que é um campeão e se continuar nesta linha o vai ser por muitos anos. Foi um prazer trabalhar de perto com os dois, tive muita pena de não poder estar nesta prova final presente para poder festejar de perto. Não sei o que o futuro nos reserva, mas sei que os seus pais tem em casa uma fabrica de campeões!!!! ’

A equipa termina assim a sua época desportiva no Enduro aguardando agora as próximas provas do campeonato nacional de trial, modalidade em que o título nacional absoluto está nas mãos de Diogo Vieira.

 

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 26 de novembro de 2020 – 14:41:33

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...