18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Henrique Cruz com grande recuperação na Taça de Portugal de Karting

Jovem piloto do Sporting fez 13 ultrapassagens na Final em Braga
 
Henrique Cruz com grande recuperação na Taça de Portugal de Karting X30 Super Shifter
 
Depois de se ter sagrado vice-campeão nacional na época de estreia na categoria X30 Super Shifter, Henrique Cruz fez uma corrida de garra na Taça de Portugal de Karting, no Kartódromo Internacional de Braga, onde um problema mecânico o obrigou a recuperar de 19.º até ao 6.º lugar.
Campeão de Portugal na categoria X30 Sénior em 2022, Henrique Cruz foi este ano vice-campeão nacional na estreia ao volante dos potentes karts de 175cc e caixa de velocidades, na categoria X30 Super Shifter. A emblemática Taça de Portugal de Karting era outra das apostas do jovem piloto de Leiria, num fim de semana marcado pela instabilidade das condições atmosféricas.
 
Terceiro mais rápido nos treinos cronometrados em Braga, Henrique Cruz conseguiu a volta mais rápida na primeira manga de qualificação, e depois foi terceiro classificado na manga seguinte. No domingo, contudo, tudo se complicou na Pré-Final, quando o kart de Henrique Cruz passou por uma zona da pista que estava completamente encharcada, entrando água para o filtro do motor. Com o kart a falhar, Henrique Cruz foi obrigado a desistir na Pré-Final e a arrancar para a Final do 19.º lugar entre 21 pilotos.
 
Sem baixar os braços, fez uma corrida ‘de garra’, recuperou 13 posições e terminou no 6.º lugar, mostrando andamento para discutir a vitória na Taça.
“A Taça de Portugal é aquela prova que todos querem ganhar e confesso que foi difícil não ter oportunidade de lutar pela vitória na Final”, afirmou o jovem piloto do Sporting Clube de Portugal. “Mostrámos um bom andamento no sábado, mas na Pré-Final acabámos por sair da trajetória ideal e passar por uma zona de água que encharcou por completo o filtro, levando o motor a falhar. A partir daí, sabendo que iríamos largar do fundo do pelotão, só havia uma estratégia possível: atacar ao máximo. Recuperei várias posições mas confesso que queria mais do que o 6.º lugar. Tínhamos capacidade, pelo menos, para o pódio. As corridas são mesmo assim e acabou por ser uma época de estreia na X30 Super Shifter muito positiva, com várias vitórias e pódios no campeonato”, referiu Henrique Cruz, que este ano também foi escolhido para o FPAK Junior Team, uma seleção de jovens talentos nacionais que competiram nos automóveis, no Campeonato de Portugal de Velocidade.
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024 – 12:30:22

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...