18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

EKO/Birel ART Portugal mais líder no Campeonato de Portugal Rotax

Equipa sediada no Bombarral em evidência na categoria Mini-Micro em Baltar
 
A Escola de Karting do Oeste/Birel ART Portugal (EKO) conquistou, este fim de semana, no Kartódromo de Baltar, em Paredes, o lugar mais alto do pódio na categoria Mini-Micro Max, reforçando assim a liderança no Campeonato de Portugal Rotax, quando já estão cumpridas três de cinco provas.
 
João Maria Pereira regressou às vitórias na terceira jornada do Campeonato de Portugal Rotax da categoria Mini-Micro e reforçou a liderança, confirmando assim na pista de Baltar que é um dos principais favoritos à conquista do título, assim como para garantir um lugar nas Finais Mundiais Rotax, que em 2023 serão disputadas entre 2 e 9 de dezembro, no Bahrain. O jovem piloto da Escola de Karting do Oeste/Birel ART Portugal – que venceu a primeira prova em Braga com a pontuação máxima (79 pontos) e foi segundo classificado na segunda ronda em Portimão – começou por ser o segundo mais rápido nos treinos cronometrados, ficando a escassos 0,060s de conquistar a pole-position. Na Final 1, João Maria Pereira foi 2.º classificado, mas na Final 2 bateu toda a concorrência e com a volta mais rápida em 51,559s. Na Final 3, o jovem piloto de Alcobaça voltou a vencer e acumulou os pontos necessários para subir ao lugar mais alto do pódio, bem como somou preciosos pontos para as contas do campeonato, onde é agora mais líder. 
Tomás Lemos fez apenas a sua quarta prova com as cores da Escola de Karting do Oeste/Birel ART Portugal. O jovem piloto bracarense, que na jornada de abertura do Campeonato de Portugal Rotax da categoria Júnior, em Braga, foi segundo classificado, e na segunda ronda, em Portimão, garantiu o terceiro lugar, desta vez, em Baltar, a contar para a terceira prova, não teve muita sorte.
                                                                                                                                                                                                                                                                
Na pista localizada em Paredes, Tomás Lemos começou por ser o quinto mais rápido nos treinos cronometrados e na Final 1 garantiu a sexta posição. Na Final 2, onde rubricou a volta mais rápida (49,338s), viu a bandeira xadrez no quinto lugar, mas uma penalização de cinco segundos fez com que fosse relegado para o oitavo posto. Já na Final 3, o bracarense garantiu um sexto lugar, sendo assim sétimo classificado no final da prova de Baltar. Ainda na categoria Júnior e com as cores da EKO/Birel ART Portugal, Eduardo Nicolau fez a sua estreia absoluta no Karting de competição e foi um honroso 11.º classificado.
Raquel Ferrajão tem sido um dos destaques do extenso pelotão da categoria Sénior Max, pois apesar de ainda só ter feito seis provas num Campeonato de Portugal, tem rodado no meio da tabela classificativa, que conta sempre com mais de 30 participantes. A jovem piloto de Sintra começou por ser a 18.ª mais rápida nos treinos cronometrados (entre 32 concorrentes), sendo depois 14.ª classificada na Final 1. Já na Final 2 foi 17.ª classificada e na Final 3 foi forçada a abandonar à passagem da segunda volta. Mesmo assim, somados todos os resultados que alcançou, foi uma meritória 17.ª classificada em Baltar. Igualmente na categoria Sénior Max, Oscar Soirey fez apenas a sua terceira prova no Campeonato de Portugal Rotax, sendo a quarta em competições Rotax. O jovem piloto francês radicado em Portugal, perante 31 adversários, começou por ser o 26.º mais rápido nos treinos cronometrados e na Final 1 foi 24.º classificado. Na Final 2 obteve a 23.ª posição e na Final 3 terminou no 21.º lugar, sendo assim 29.º classificado na prova de Baltar.
 
Afonso Lopes fez a sua terceira prova com as cores da Escola de Karting do Oeste/Birel ART Portugal. Integrado na categoria DD2, o piloto de Vila Nova de Gaia, depois de ser o 5.º mais rápido nos treinos cronometrados, obteve um 5.º lugar na Final 1, sendo depois forçado a abandonar na Final 2, enquanto que na Final 3 terminou na 7.º posição. Tudo somado, Afonso Lopes foi 8.º classificado na prova nortenha.
 
Em Baltar, Charles Delbrassine fez apenas a sua terceira prova esta temporada e começou por ser o 8.º mais rápido nos treinos cronometrados da categoria DD2 Master, obtendo depois três oitavos lugares nas Finais, concluindo assim a prova na 8.ª posição.
 

Periodicidade Diária

sábado, 24 de fevereiro de 2024 – 02:36:02

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...