14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

“Canto Curto” com Mónica Pereira, melhor jogadora da época 2012/2013 e uma referência da modalidade

Mónica Pereira, melhor jogadora da época 2012/2013, 6 vezes campeã nacional de hóquei em campo (4 pelo Ramaldense e 2 pelo Sport), vencedora de 4 taças de Portugal (3 pelo Ramaldense e 1 pelo Sport) e sexta atleta mais internacional de sempre pelas linces (38 jogos) é a personalidade deste mês no "Canto Curto".

Começou a carreira no Ramaldense, clube que marcou indelevelmente a sua forma de ser e estar, e nos últimos anos tem estado ligada ao Sport Club do Porto. Moky, como é carinhosamente apelidada, respira hóquei por todos os poros. Aqui e agora, fica uma breve história desta referência do hóquei nacional.

Nome: Monica Pereira (Moky)

Data de nascimento e Signo: 16/04/81, Carneiro

Profissão: Assistente administrativa na Vodafone Portugal

Filme preferido: Todos os filmes de Quentin Tarantino

Banda preferida: Tantas… tenho um gosto muito eclético: "The Smiths", "The Fugees", "Scissor Sisters", "Metallica". Bandas ouvidas antes dos jogos? "Banda Lusa", "Quim Barreiros"… :)

Clube: Sport Club do Porto

Função na modalidade: Jogadora

Como te interessaste pela modalidade: O meu primeiro contacto com a modalidade foi através do Paulo Elias, meu amigo de infância e vizinho, que já jogava. Ia espreitar os jogos no campo pelado do GD Viso, devia ter uns 8 aninhos. Alguns anos depois, já no Ensino Básico, tinha amigos que já jogavam hóquei em campo como o Pedro Santos, o Carlos Silva , o Jorge Santos, a Patrícia Silva.. Convivendo com a família Silva, em que todos os membros jogavam hóquei e pertenciam à grande instituição que é o Ramaldense FC, aconteceu que um dia, enquanto jogávamos hóquei no pátio do Carlos Silva Pai, questionei a Susana Silva (irmã do Carlitos) sobre a possibilidade de se fazer uma equipa feminina.

Achei giro jogarmos com aquelas sainhas de pregas e, além disso, sonhávamos jogar como as  atletas que víamos na Eurosport, queríamos ser como elas. O Carlos Silva Pai ouviu-nos e, em tom de brincadeira, disse-nos para arranjarmos as atletas, ficando ele ficava responsável por encontrar um treinador, estando certo que nunca na vida alguma menina quisesse jogar.

O que é certo é que no dia a seguir tinha uma lista de 27 atletas e ele lá arranjou uma treinadora/preparadora física, a Grande Fátima Silva, que tantos valores nos transmitiu. Ainda hoje me recordo de muitas conversas e, em particular de algo que até hoje nunca me saiu da cabeça: “Nunca percas a carolice, o espírito de equipa! A união de grupo e a humildade são tudo! Sonha alto, trabalha e vencerás!”. Progredimos e, 18 anos volvidos, ainda aqui estamos.

O que mais te atrai na modalidade: A intensidade com que se vive, a alegria, o jogo em equipa, o espírito de sacrifício. A família que se ganha e se conquista, as amizades que são para sempre! O Hóquei faz parte de nós!

Preferes Campo ou Sala: Prefiro… deixa-me pensar… as duas vertentes! Qualquer uma delas é fantástica à sua maneira. O hóquei de praia, por exemplo, foi uma experiência diferente mas o hóquei está lá, na raça e no coração. O bichinho que nunca morre…

Jogador(a) de Hóquei preferido(a): Luciana Aymar

Adversário mais difícil: Não podemos catalogar dessa forma. Temos de encarar cada jogo como o mais difícil de sempre, para sermos campeãs. Quanto mais difícil o adversário mais disputado o jogo.

Melhor golo da carreira: Todos os que dei às minhas colegas de equipa.

Melhor jogo da carreira: Final de hóquei sala com o Dramático de Cascais, todos os jogos do 1º Campeonato Europeu de Clubes em Portugal e, claro, a 1ª selecção de todas em Pádua – Itália (2004).

Conquista mais saborosa: Ser bicampeã de hóquei em campo.

Melhor momento no Hóquei: Piscina na República Checa, todas as partidas pregadas e todos os bons momentos passados com as minhas colegas de equipa e de seleção.

Maior sonho para o Hóquei: Termos muitos benjamins a praticar a modalidade, termos escolinhas, apoio incondicional na formação e, claro, termos sempre os melhores resultados em todos os escalões.

P..S.: Que o Ramaldense FC renasça.

Superstição ou ritual que tenhas no Hóquei: Não posso divulgar. Ficará no segredo dos deuses e no balneário do clube e das seleções :)

Periodicidade Diária

quinta-feira, 21 de novembro de 2019 – 19:18:38

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...