13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Campeonato da Europa - Portugal conquista 4º Lugar

 

Terminou este sábado o Campeonato da Europa de Teamgym 2018. Neste último dia de competição foram consagrados os Novos Campeões da Europa de Teamgym, na categoria Seniores. O evento cumpriu-se noPavilhão Multiusos de Odivelas.

 

Portugal esteve presente com a Equipa Sénior Masculina. Os Ginastas portugueses repetiram a proeza alcançada em 2016 e igualaram a melhor classificação de sempre. A equipa nacional terminou perto do pódio, 4º lugar, apenas atrás das Seleções Nórdicas. Composição da Equipa:

 

 

A primeira Final do dia foi disputada entre as Equipas Mistas:

 

As Seleções da Suécia, Dinamarca, Islândia, Noruega, Reino Unido e França qualificaram-se na quinta-feira e as classificações desse dia mantiveram-se, com a equipa Sueca a sagrar-se Campeã da Europa (56.450 pontos). A equipa dinamarquesa (55.350) e a islandesa (53.000) completaram o pódio.

 

Resultados:

 

 

As Finais das Equipas Seniores continuaram com a vertente Feminina:

 

Numa prova que opôs as equipas da Suécia, Islândia, Dinamarca, Noruega, Finlândia e República Checa, as Suecas voltaram a superiorizar-se à concorrência, arrecadando mais um Título Europeu com 57.650 pontos. As islandesas terminaram na segunda posição, a escassos 0.200 pontos da vitória. A equipa dinamarquesa fechou o pódio com 56.050 pontos.

 

Resultados:

 

 

O evento terminou com a Final das Equipas Seniores Masculinas:

 

Dinamarca, Suécia, Noruega, Portugal, Reino Unido e França foram as últimas 6 Seleções a entrar em prova à procura do título europeu. Os Dinamarqueses repetiram o domínio demonstrado nas qualificações e em 2016, voltando a conquistar o Campeonato da Europa de Teamgym com 63.350 pontos. Com 2.000 pontos de diferença, seguiu-se a Suécia na segunda posição. A Noruega somou 59.400 pontos, o que lhe garantiu o 3º lugar à frente da Seleção Portuguesa.

 

 

Somando todos os Títulos Europeus conquistados neste Campeonato da Europa de Teamgym 2018, a Suécia foi a Seleção mais medalhada com 7 Pódios (3 de Ouro, 3 de Prata e 1 de Bronze), seguida da Dinamarca (Próxima Organizadora do Evento, em Copenhaga), com 5 Medalhas.

 

 

Além das bancadas cheias, a ‘Fan Zone’ montada no exterior do Pavilhão Multiusos de Odivelas também esteve recheada de público. Com uma zona de ‘street food’, alguns curiosos, cidadãos e adeptos da modalidade aproveitaram o espaço e assistiram à competição.

 

Declarações:

 

Presidente da Federação de Ginástica de Portugal – João Paulo Rocha

O balanço final deste Campeonato da Europa de Teamgym é muito positivo a vários níveis. Relativamente à Organização, definimos um padrão diferente dos Eventos que organizámos anteriormente. Em todos os dias da competição, houve vários Países que comentaram esse facto - que foi definido um padrão superior ao que se tem visto. Designadamente ao nível do audiovisual, tratamento do vídeo, sistema de iluminação, decoração do pavilhão, entre outros. Há vários fatores de inovação que tentamos introduzir sempre, de acordo com as normas da UEG, e que neste evento resultaram muito bem. As bancadas estiveram sempre cheias e todos estes fatores resultaram numa atmosfera espetacular. Só podemos estar satisfeitos com o resultado.

Em termos desportivos, participámos pela primeira vez com equipas mistas (Sénior e Júnior) que fizeram o seu trabalho. Penso que podia ter sido um bocadinho melhor, mas foi uma experiência bastante interessante. Dignificaram a Ginástica Portuguesa e queremos dar continuidade a esse trabalho, têm muita margem de progressão. A nossa equipa sénior masculina, à semelhança da edição anterior, ficou muito perto das medalhas. Apresentaram-se de uma forma muito boa, sem grandes falhas e ao melhor nível.

O legado desportivo que esta competição vai deixar, ainda não podemos prever, mas pelas reações do público, há um entusiasmo que se está a gerar em torno desta disciplina e penso que terá repercussões muito positivas no desenvolvimento do Teamgym em Portugal. É uma disciplina que ainda está muito centrada na zona de Lisboa, com algumas exceções. Espero que seja desta que o Teamgym se espalhe e generalize por todo o país. Tem uma atmosfera muito positiva, uma camaradagem muito grande entre todas as equipas e público, independentemente de ganharem ou perderem. Este “fair-play” é um valor que devemos preservar e acarinhar, porque são valores que nos interessam e fazem parte da Ginástica. O público de cada país, obviamente aplaude mais entusiasticamente a sua equipa, mas aplaudem e puxam igualmente pelas outras equipas e ginastas, é fantástico. Isto transforma uma competição desportiva num convívio e espetáculo inesquecível.

A Federação de Ginástica de Portugal está sempre à procura de trazer grandes competições para o nosso país, este ano tivemos 7 e fechámos com chave de ouro.

 

Ginasta da Seleção Nacional Sénior Masculina – João Peixinho

Tenho 31 anos e comecei a praticar Teamgym aos 15. Escolhi esta disciplina por ser em equipa, onde trabalhamos todos em conjunto para um fim comum. Cada um dos aparelhos têm a sua especificidade. No Solo é maravilhoso criar coreografias e fazer as dificuldades. O Tumbling é completamente diferente e entra na categoria dos saltos, (onde se pode também saltar à frente) e que não existe em mais nenhuma disciplina da Ginástica. O Mini Trampolim tem uma grande espetacularidade que mistura vários tipos de salto. Hoje olho para um longo percurso que começou em 2005, com o primeiro Campeonato Nacional, onde participei. O nosso caminho começou aí e temos crescido imenso. Nos últimos meses trabalhámos muito, os Treinadores foram excelentes connosco. O nosso grupo é extremamente equilibrado e todos contribuíram de uma forma brutal. Toda a equipa esteve bastante disponível, não só fisicamente, mas também psicologicamente e na gestão familiar, com treinos quase todos os dias. No final, é um gosto imenso entrar neste pavilhão, ver as bancadas cheias, principalmente em Portugal. Valeu tudo a pena e daqui a dois anos estamos cá outra vez.

 

Treinadora Campeã da Europa pela Seleção Sénior Mista Sueca – Johanna Borgstrom

Entrámos nesta competição para vencer. Temos uma equipa bastante forte e todos sabem o que têm de fazer. Durante a prova, uma das raparigas lesionou-se, mas mesmo assim a equipa reagiu bem porque sabia exatamente o que fazer. Treinámos muito na Suécia, a preparar esta competição, no último treino ainda aperfeiçoámos alguns pormenores e tudo correu como planeado. Penso que o evento está muito bem organizado, gostámos muito de participar.

 

Ginasta Campeã da Europa pela Seleção Sénior Feminina Sueca – Stina Langerius

Estávamos muito bem preparadas para esta competição. Praticámos durante um ano inteiro na Suécia. Penso que o segredo esteve na nossa preparação, trabalhámos muito por isto. Quisemos mostrar tudo aquilo que treinámos e foi muito divertido. A Islândia e a Dinamarca são as nossas maiores adversárias e fizeram uma grande prova hoje, mas conseguimos sair por cima e estamos muito felizes. Comecei a fazer ginástica com 2 anos, já pratico há muito tempo, mas estou com esta equipa há cerca de um ano.”

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 19 de abril de 2019 – 08:52:14

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...