17 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Aliança entre marcas de café vai dar nova vida às cápsulas em Cascais

 
Iniciativa da Cascais Ambiente e Tratolixo junta Nestlé, Delta, MZBI, UCC 
 
Aliança entre marcas de café vai dar nova vida às cápsulas, com assinatura de protocolo a 25 de novembro às 10h00 na Casa das Artes Escola IBN Mucana.
 
- Otimização da Rede de Ecocentros de Cascais vai permitir a recolha de cápsulas de café de várias marcas e materiais 
- Numa aliança inédita, vários comercializadores de café decidiram juntar-se num projeto liderado pela Cascais Ambiente, para dar uma nova vida às cápsulas de café usadas, independentemente das marcas e dos materiais que as compõem. 
A Cascais Ambiente aumenta assim, de 12 para 13, o número de fluxos recolhidos na Rede de Ecocentros lançada em 2021, numa iniciativa que pretende desviar de aterro materiais com alto potencial de reciclagem.  
 
As cápsulas de café, compostas por plástico ou alumínio e borra de café, podem ser totalmente recicladas. Para isso, serão entregues e armazenadas na Tratolixo, de onde seguirão para o reciclador. Separadas e desmanchadas as cápsulas todos seus os componentes serão usados em novas utilizações. Os invólucros de plástico ou de alumínio transformar-se-ão em novas cápsulas e a borra do café será utilizada para composto natural, ou seja, fertilizante para enriquecer as terras agrícolas. 
 
“Em Cascais, trabalhamos todos os dias para criar soluções que não sejam mais caras para os munícipes e permitam o aumento da circularidade dos materiais”, refere Luís Almeida Capão, Presidente do Conselho de Administração da Cascais Ambiente. “É a primeira vez que se forma uma aliança entre grandes comercializadoras de café para um processo conjunto de reciclagem que visa, em complemento com a separação já existente nas marcas, a recolha de cápsulas de café que todos os anos entram no mercado, e que são atualmente encaminhadas para o fluxo de resíduos indiferenciados ou, pior, que contaminam outros fluxos recicláveis”, acrescenta. 
 
Através deste novo fluxo de resíduos, as várias entidades envolvidas procuram não só estimular uma economia circular, como também obter um balanço global positivo de impacto da sua atividade sobre a biodiversidade. 
 
A iniciativa surge no interesse cada vez mais expressivo por parte de vários parceiros comercializadores de café, nomeadamente Nestlé, Delta, MZBI, UCC e a associação AICC, em conjunto com a Cascais Ambiente e Tratolixo. 
 
Sobre a Cascais Ambiente | A Cascais Ambiente visa contribuir para o desenvolvimento sustentável do concelho de Cascais e melhoria da qualidade de vida dos seus residentes e visitantes, assumindo-se como uma referência na comunidade, através de uma atividade orientada para a preservação, qualificação e valorização do ambiente no respetivo espaço territorial. Para além dos serviços de limpeza urbana e recolha de resíduos com que iniciou a sua atividade, a Cascais Ambiente é também responsável pela gestão de espaços públicos verdes urbanos, de jogo e recreio do concelho, gestão dos recursos naturais e da orla costeira. O seu trabalho inclui ainda a promoção e realização de atividades destinadas à preservação, qualificação e valorização do ambiente, à educação ambiental e ao conhecimento.  A Cascais Ambiente é a marca dos serviços prestados pela EMAC - Empresa Municipal de Ambiente de Cascais, E.M., S.A., cujo capital social é detido na sua totalidade pelo Município de Cascais. 
 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2023 – 06:13:04

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...