15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Rangel entrega primeiro lote de vacinas para a Covid-19

 

A Rangel Logistics Solutions, operador logístico com 40 anos de experiência em transporte e logística, foi selecionada pelo Governo de Portugal como um dos parceiros no transporte da vacina da Covid-19.  

A operação iniciou-se este sábado e ficou a cargo da Rangel Pharma, unidade do grupo, com mais de 10 anos de experiência no transporte e armazenamento de medicamentos.
 
“Estamos muito honrados e orgulhosos por fazer parte deste momento histórico, toda a equipa da Rangel está completamente envolvida e entusiasmada com esta iniciativa. Estamos a contribuir com o nossa estrutura e conhecimento, para ajudar a erradicar esta pandemia de Portugal e do mundo, é uma missão para salvar vidas“, afirma Nuno Rangel, CEO da Rangel Logistics Solutions.
 
Operador logístico licenciado pelo Infarmed, a unidade Pharma da Rangel, expediu em 2019 mais de 112 milhões de unidades de medicamentos, e entregou mais de 460 mil encomendas ao cliente final, incluindo entregas de produtos farmacêuticos que carecem de temperaturas específicas de conservação.
 
Desde que o tema “vacina” surgiu como solução para a Covid-19,  e sendo a logística um fator chave de sucesso, a Rangel Pharma, iniciou de imediato um processo interno de alinhamento de equipas e processos. Em termos operacionais, do lado da Rangel estavam garantidas todas as condições para que esta fosse uma operação bem-sucedida, ficando apenas a aguardar a aprovação da mesma, o que veio a acontecer.
 
Na operação de hoje, assegurou-se com sucesso, o chamado transporte capilar ou last mile, onde se recolheram as vacinas no centro definido pelo Governo, em Coimbra, e se entregaram nos maiores hospitais de Lisboa.

Foram utilizados veículos específicos para o transporte de medicamentos, com temperatura interior controlada e nos quais está incorporada uma tecnologia da Rangel que permite controlar permanentemente essa temperatura.
 
O esforço da Rangel Logistics Solutions para combater esta pandemia, iniciou logo em Março, devido ao papel ativo e crítico que tem na continuidade das cadeias de abastecimento, e isso obrigou a uma responsabilidade acrescida na perspetiva económica e social.

"Trabalhamos 24h por dia para encontrar soluções no sentido de mitigar os impactos negativos do Coronavírus no transporte internacional. Além de muitos transportes que fizemos de carga aérea, contratámos diretamente 8 aviões charters que fizemos chegar da China a Portugal, alguns destes aviões como é o caso do Antonov 124 um dos maiores aviões do mundo. Transportamos ventiladores, máscaras, e todo o tipo de material de proteção individual.  Depois quando chegaram a Portugal houve a necessidade rececionar, triar, montar kits de vários equipamentos e distribuir pelos vários armazéns e hospitais do país", recordou o mesmo responsável.
 
A unidade Pharma é o operador logistico farmaceutico líder em Portugal, com umas das maiores redes de temperatura controlada e com capacidade para continuar este esforço e manter as cadeias de abastecimento críticas em movimento durante este período sem percedentes.

"Temos o compromisso de entregar o que é importante pelo tempo que for necessário", conclui Nuno Rangel.

SOBRE A RANGEL PHARMA:
 
A unidade pharma da Rangel foi criada em 2009 e é atualmente uma referência como operador logístico farmacêutico em Portugal, assegurando a totalidade dos serviços logísticos ao longo da cadeia de abastecimento farmacêutica, desde a receção, armazenamento, expedição, transporte e entrega no destino final.
 
Com cobertura total do território nacional, a Rangel Pharma tem crescido de forma sustentada ao longo dos últimos 10 anos, a um ritmo de dois dígitos ao ano, fruto do constante investimento e inovação.

Principais marcos de inovação:
 
- aposta num novo sistema de automação, que permite maior eficiência e produtividade no processo de triagem dos volumes;
- implementação do portal My Rangel, uma plataforma web especialmente concebida em linha com os interesses e necessidades dos nossos clientes, que permite a monitorização em tempo real e de forma totalmente transparente de todas as etapas do processo de distribuição;
- investimento no sistema eKooler, unidades de contentorização estanques e isotérmicas que funcionam de forma totalmente autónoma das viaturas de transporte, e que através de uma tecnologia inovadora, gera condições estáveis de refrigeração a uma temperatura entre os 2 e os 8ºC positivos;
- aposta numa solução tecnológica interligada ao repositório nacional da MVO Portugal (Associação Portuguesa de Verificação de Medicamentos), que permite a verificação diária dos medicamentos que entram em distribuição, evitando a falsificação ou adulteração de medicamentos.
 
Em 2019, a operação farmacêutica expediu mais de 112 milhões de unidades de medicamentos, e entregou mais de 460 mil encomendas ao cliente final. Atualmente, a equipa Rangel pharma é composta por cerca de 200 colaboradores, tem uma frota de mais de 80 viaturas com temperatura controlada e monitorizada, e uma área de armazém de 18.500m2, com capacidade para cerca de 30.000 paletes.
 
A Rangel vai investir 12 milhões de euros na operação logística da sua unidade pharma, com o objetivo de quase duplicar a capacidade de armazenagem para 33,500 m2, e criar mais 130 postos de trabalho até 2025 : nove milhões em infraestrutura, com quase a duplicação da capacidade dos seus armazéns pharma em Portugal para cerca de 33.500 metros quadrados, e mais três milhões em equipamentos, tecnologia e inovação
 

SOBRE A RANGEL LOGISTICS SOLUTIONS:
 
Fundada em 1980, a Rangel Logistics Solutions rapidamente marcou posição no mercado, sendo atualmente reconhecida como um parceiro logístico global com capacidade de integração de uma vasta gama de serviços de transporte e logística.
 
Hoje, com presença direta em cinco países e com uma rede de parceiros mundial, apresenta um portfólio de serviços especializados em logística, transporte, armazenagem, distribuição física, courier expresso, formalidades aduaneiras, feiras e exposições.

A internacionalização da Rangel iniciou-se em 2007, com a abertura de uma filial em Angola, seguindo-se Moçambique em 2011, Brasil em 2013, e Cabo Verde em 2015 com o objetivo de criar um triângulo logístico entre América, África e Europa. As perspetivas apontam para a continuidade de expansão para outros países já em 2020. Com 2100 colaboradores, a Rangel registou, em 2019, um volume de faturação de €190M com 312.500 m2 de área logística.
 
 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 1 de março de 2021 – 18:47:15

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...