Autarquia avança com obras no edifício da antiga cadeia comarcã em Sintra

 

A Câmara Municipal de Sintra e os Escoteiros de Sintra assinaram esta terça-feira um protocolo para que a autarquia realize as obras no edifício da antiga cadeia comarcã em Sintra, sede dos escoteiros, que não reunia condições de segurança.

 

Com este protocolo a autarquia reconhece as obrigações decorrentes do acordo de cedência da antiga cadeia comarcã, assinado a 10 de agosto de 1984, mas agora passa a ter o enquadramento legal para realizar as obras, responsabilidade que a autarquia terá até 2034.

 

Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal de Sintra, referiu que “este protocolo vem reforçar a relação com os escoteiros, fazer obras na vossa sede demonstra a grande consideração pelos escoteiros, pelo trabalho que fazem no nosso concelho, é um trabalho reconhecido e temos um gosto muito grande reforçar esta ligação”.

 

Vamos fazer as obras para a vossa segurança, os escoteiros merecem uma sede renovada. Vamos começar as obras, acompanhadas por vocês e que espero que decorram com a máxima celeridade para que possam regressar à vossa sede” terminou o edil.

 

Recorde-se que uma vistoria, realizada a 11 de dezembro último, concluiu não estarem reunidas condições de segurança para utilização do edifício e determinou o encerramento do local.

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...